4 vira e 8 acaba

Published On 30/06/2017 | Jogos Históricos
Por Gabriel Santana,
Santos, 30/06/2017

No ano de 2000, o Santos enfrentou o Flamengo pelas quartas de finais da Copa do Brasil, e não teve nenhuma dificuldade em eliminar o time carioca.
No primeiro jogo, realizado no Maracanã, o Alvinegro triunfou por 4×0. Com a classificação praticamente garantida, o jogo de volta serviu apenas para cumprir tabela, porém, engano daqueles que imaginaram que o Santos amoleceria para o adversário.
O 2º jogo foi realizado no dia 24 de junho, e o resultado, foi mais uma aula de futebol do time santista.

PRIMEIRO TEMPO
Com a grande desvantagem no placar, o Flamengo iniciou a partida pressionando, tentando assinalar um gol logo nos primeiros minutos de jogo. As primeiras tentativas da clube do Rio de Janeiro, foram pelo setor de meio-campo, principalmente diante do volante Rincón.
A pressão não surtiu efeito, e a única chance clara de gol, foi nos pés do atacante Leandro Machado, que arrematou por cima do gol, aos 23 minutos.
Com o passar do tempo, a equipe carioca foi diminuindo a intensidade, dando mais espaços ao Santos.
Aos 31 minutos, em cobrança de escanteio de Robert, Caio desviou de cabeça, e o zagueiro Maurinho colocou para o fundo das redes, assinalando contra para o Santos. Com o gol santista, o Flamengo necessitava ao menos, marcar 5 gols.
De tanto insistir, o adversário santista chegou ao seu primeiro gol aos 43 minutos, em um chute de fora da área de Petkovic. O empate pouco mudava a situação do Flamengo.
SEGUNDO TEMPO
Com os nervos a flor da pele, o Flamengo voltou para o segundo tempo descontrolado. Logo aos 2 minutos de jogo, após perder uma divida para Rubens Cardoso, Maurinho é expulso de campo.
Aos 17 minutos, Caio fez uma linda jogada, e parou no goleiro Clemer, que espalmou para o meio da área. Livre de marcação, Dodô foi ágil, e após rebote, assinalou o segundo gol santista.
Alguns minutos depois, com reclamações sucessivas, e já prevendo a eliminação, o sérvio Petkovic também foi expulso de campo.
Com a vantagem no confronto e a vantagem numérica, o Alvinegro cadenciou a partida, e com grande facilidade, ampliou o marcador.
Dodô ampliou aos 36 minutos. Recebeu de Eduardo Marques, e estufou a rede flamenguista. Três minutos depois, Mozart, de cabeça, descontou para o Flamengo.
Antes de encerrar a partida, Dodô marcou seu terceiro gol, alcançando mais um “hat-trick” em sua carreira.
O 4º gol santista deu números finais a partida.
4 gols na ida, 4 gols na volta. O Santos totalizou 8 gols em dois jogos diante do Flamengo, e alcançou as semifinais da edição de 2000 da Copa do Brasil, com uma enorme tranquilidade.

Ficha técnica: 
24/06/2000 – Santos 4 x 2 Flamengo
Gols: Dodô [3] e Maurinho contra; Petkovic e Mozart
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 13.332 pagantes
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça.
Cartão Amarelo: Mozart, Lê e Leandro Machado (CRF)
Cartão Vermelho: Petkovic e Maurinho (CRF)
Flamengo: Clêmer; Maurinho, Luiz Alberto, Fabão, Leonardo Inácio; Mozart, Lúcio, Leandro Ávila, Lê (Rocha), Petkovic; Leandro Machado (Tuta). Técnico: Carlinhos
Santos: Carlos Germano; Baiano, Claudiomiro, André Luis e Rubens Cardoso; Rincón (Preto), Anderson Luiz, Valdo (Piá) e Robert (Eduardo Marques); Dodô e Caio. Técnico: Giba

Fontes e Referências:
Jornal “Folha de São Paulo”;
Jornal “Estadão”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *