A ultima ajoelhada!

Published On 29/10/2015 | Clássicos e Rivalidades
Por Gabriel Santana
Santos, 29/10/2015
Atualizado, 15/02/2017

O ex-goleiro são paulino e atual treinador, Rogério Ceni, certamente não têm boas recordações do Santos.
Em 2015, seu último ano de carreira, foi eliminado duas vezes pelo Alvinegro, inclusive, perdeu a chance de conquistar um título que não tinha em sua trajetória, a Copa do Brasil.
Juntamente de seu clube, Rogério acostumou-se a perder para o Santos e os Meninos da Vila, principalmente, em ser eliminado pelo Alvinegro. Em jogos decisivos, perdeu praticamente todos. Saiu vitorioso apenas em 2000, e foi derrotado 7 vezes consecutivas!
No geral, o Santos enfrentou o São Paulo com o Rogério no gol, em 65 jogos, sendo 26 vitórias do Santos, 17 empates e outras 22 vitórias do São Paulo. O Alvinegro marcou 94 tentos no arqueiro, enquanto Rogério anotou apenas 5 gols no Santos, em mais de 100 gols ao longo de sua carreira, cobrando faltas e pênaltis.

• Em confrontos eliminatórios, o ídolo são paulino deve ter grandes pesadelos com o Alvinegro:
2000 – São Paulo elimina Santos na final do Campeonato Paulista;
2002 – Santos elimina o São Paulo nas oitavas de finais do Campeonato Brasileiro;
2004 – Santos elimina o São Paulo na fase classificatória da Copa Sul-Americana;
2010 – Santos elimina o São Paulo nas semifinais do Campeonato Paulista;
2011 – Santos elimina o São Paulo nas semifinais do Campeonato Paulista;
2015 – Santos elimina o São Paulo nas semifinais do Campeonato Paulista;
2015 – Santos elimina o São Paulo nas semifinais da Copa do Brasil;
Total: 07 confrontos – 06 vitórias santistas – 01 vitória do São Paulo.
Como são confrontos apenas com Rogério no gol, a semifinal do Paulista de 2012 não entrou na contagem, pois Rogério não atuou nessa partida, e sim, o goleiro Dênis. Se não, seria mais um dado negativo ao ídolo são paulino.
• Os artilheiros santistas contra o São Paulo com Rogério no gol:
07 gols: Ricardo Oliveira
06 gols: Dodô
04 gols: Neymar e Elano
03 gols: Caíco, Diego e Paulo Henrique Ganso

Sofreu nos pés de Diego, Robinho, Léo, Elano, Geílson, Neymar, Ganso, Geuvânio, Gabriel e Ricardo Oliveira:
Diego - 2002-11-28 - São Paulo 1 x 2 Santos (16)

Diego anotou 3 gols no arqueiro são paulino, e deu a classificação santista para as semifinais do Brasileiro de 2002.

2005-10-22 - São Paulo 1 x 2 Santos (3)
Em 2005, pelo Campeonato Brasileiro, ao cobrar uma falta na barreira, o Santos armou rápido contra-ataque com Luciano Henrique, e Rogério teve que voltar rapidamente ao seu gol, para defender sua meta que estava resguardada apenas pelos zagueiros.
Todo o esforço do goleiro não resultou em nada. Basílio recebeu de Luciano, que rapidamente tocou para Geílson, que arrematou forte, para desespero do camisa 1.
Neymar - São Paulo x Santos (34)

Em 2010, Neymar anotou seus primeiros gols diante do São Paulo, uma de suas vítimas favoritas!

 

Na volta ao Santos, Robinho reestreou com categoria, e colocou Rogério de joelhos!

Na volta ao Santos, Robinho reestreou com categoria, e colocou Rogério de joelhos!

 

Elano - Santos x São Paulo [15]

Elano anotou 4 diante do São Paulo de Rogério, e foi mais um a ajoelhar o goleiro.

Era só mais uma eliminação para o Santos. Rogério acostumou-se a tal fato.

Geuvânio - 2015-04-19 - Santos 2 x 1 São Paulo (7)

 

Geuvânio também fez o goleiro de vítima, e anotou um golaço pela semifinal do Campeonato Paulista de 2015.

 

 

 

Gabriel - 2015-10-21 - São Paulo 1 x 3 Santos (9)

Gabriel abriu o placar nas semifinais da Copa do Brasil, dando início a classificação santista.

Ricardo Oliveira - 2015-10-28 - Santos 3 x 1 São Paulo (18)

Ricardo Oliveira sacramentou a ultima ajoelhada de Rogério Ceni para o Santos, de inúmeras ao longo de sua carreira.

Rogério Ceni, obrigado por todas alegrias e ajoelhadas.
Saudações Santistas!





Fontes e Biografias:
Pesquisador Wesley Miranda;
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *