Melhores desempenhos ofensivos

Published On 29/09/2017 | Estatísticas
Por Kadw Gomes

Clube com mais gols na história do futebol mundial, o Santos também é o time com mais gols em uma edição de Campeonato Paulista (1958), Copa do Brasil (2010) e Campeonato Brasileiro (2004).
Além disso, o Alvinegro de Vila Belmiro é o clube que mais vezes teve o melhor ataque por edições do Campeonato Brasileiro (1961, 1964, 1968, 1973, 1974, 1995, 2002 e 2004) e da Copa Libertadores da América (1962, 1965, 2003, 2004*, 2007 e 2012). É ainda o único time a ter cinco jogadores ultrapassando a marca de 200 gols pelo clube e o único com 21 jogadores ultrapassando a marca de 100 gols.
Esses são apenas alguns dos recordes relevantes de forma geral. Contudo, existem marcas importantes estabelecidas dentro do próprio clube e que pouco são faladas ou ainda desconhecidas. Performances que acabam ficando no anonimato, mas que devem ser conhecidas e valorizadas.
Como as melhores médias de gols por ano:

ANOS COM MAIORES MÉDIAS DE GOLS MARCADOS

ANO   J    V   E    D   GM   GS   MGM  MGS    AP
1927  29  27  00  20  172   600  5,93  2,07  93,10%

1929  24  18  40  20  940   370  3,92  1,54  80,55%
1961  94  67  14  13  338   137  3,59  1,46  76,24%

1941  33  18  60  90  115   830  3,48  2,52  60,60%
1959  99  71  14  14  342   147  3,45  1,48  76,43%
1936  39  24  30  12  133   720  3,41  1,85  64,10%
1917  23  13  20  80  780   580  3,39  2,52  60,86%
1957  80  52  13  15  270   137  3,38  1,71  70,41%
1926  24  13  40  70  810   520  3,38  2,17  62,50%
1928  25  16  50  40  810   290  3,24  1,16  70,66%
1962  76  52  13  11  245   115  3,22  1,51  74,13%
1942  33  17  60  10  106   640  3,21  1,94  57,57%
1930  38  28  60  40  121   560  3,18  1,47  78,94%
1958  81  52  13  16  252   119  3,11  1,47  69,54%
1965  78  58  80  12  240   107  3,08  1,37  77,77%


Cabe destacar que, abordagem anual, é diferente de temporada. Uma temporada pode encerrar somente no ano seguinte. Portanto, nossos dados são estabelecidos Ano a Ano.
– Nos anos de 1913, 1914 e 1915 o Santos também ultrapassou, pelo menos, a marca de 3 gols/jogo. Porém, esses anos não foram considerados devido não apresentarem competições principais a nível de estado ou descontinuidade nas mesmas. Em 1913, por exemplo, o Santos fez 55 gols em 13 partidas, com média de 4, 23 gols/jogo.
Legendas: Ano; J – Jogos; V – Vitórias; E – Empates; D – Derrotas; GM – Gols marcados; GS – Gols sofridos; MGM – Média de gols marcados; MGS – média de gols sofridos; AP – aproveitamento anual. 

As equipes do final dos anos 20 encabeçam a lista com a melhor média de gols marcados na história do clube. A incrível média de gols dos Campeões da Técnica e da Disciplina, principalmente a de 1927 com 5,93 gols/jogo, parece ser uma marca inigualável. A formação ideal do Santos entre 1927-29 era com: Athiê; Bilú e David (Meira); Hugo (Marba), Júlio e Alfredo Pires; Omar (Sirirri), Camarão, Araken, Feitiço e Evangelista.
Abaixo vem anos esporádicos, com destaque para a equipe de 1959, formada em tese por Laércio, Urubatão (Ramiro/Feijó), Getúlio e Hélvio, Dalmo (Mourão); Formiga (Alvaro) e Zito; Dorval, Jair Rosa Pinto, Pelé, Pagão (Coutinho) e Pepe; que obteve recorde mundial de gols em um ano, total de 342 bolas na rede! Perto disso, a equipe que conquistou o primeiro Campeonato Brasileiro do Santos (Laércio; Lima, Mauro, Calvet e Dalmo; Zito, Tite ou Mengálvio; Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe), em 1961, com 338 gols assinalados. Ambas treinadas por Lula.

Os times de 1941, 1936, 1942 e 1930, nessa ordem, atingiram mais de 100 gols no ano e tem média superior a 3,10 gols/jogo. No começo dos anos 40, o Santos tinha um excepcional ataque (Antoninho, Gradim, Ruy Gomide e Cláudio eram alguns dos protagonistas), mas pecava muito na defesa. Enquanto os esquadrões de 1957, 1962, 1958 e 1965, também nessa ordem, passaram da marca dos 200 gols e obtiveram média superior a 3 gols/jogo.
Por média (3,45) e gols marcados (342), dificuldade em competições e desafios internacionais, a equipe de 1959 é a mais perfeita da história. Logo, em seguida, vêm o ano de 1957 com 270 gols e média de 3,38. Em terceiro, aquele que foi considerado o melhor time de todos os tempos (Gilmar; Lima, Mauro e Calvet, Dalmo; Zito e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe), em 1962, com 245 gols e média de 3,22. Fechando as quatro melhores a equipe de 1961.
Ao longo da história, por dezoito anos o Santos apresentou média de gols superior a 3 por jogo. Até onde se sabe um recorde entre as equipes do eixo Rio-São Paulo, tradicionalmente, com campeonatos mais competitivos.

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC (Guilherme Nascimento);
Centro de Memória e Estatística do Santos FC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *