Atropelo pra cima do Grêmio!

Published On 05/12/2014 | 10 anos do Octacampeonato!
No antepenúltimo jogo da campanha vitoriosa que completa 10 anos no próximo dia 19, o Alvinegro não tomou conhecimento do Grêmio, e o goleou por 5×1, mais uma vez fora da Vila Belmiro, devido a punições extracampos. No jogo anterior, empate em Belém, com uma péssima atuação da arbitragem.
“Muito objetivo e em ritmo de treino, o Santos venceu com muita facilidade o já rebaixado Grêmio.”
Muito acuado, o time gaúcho ficou apenas se defendendo, e a marcação adiantada e a forte pressão do Alvinegro foram fundamentais para a goleada se concretizar.
Logo aos 4 minutos, Marcinho recebeu belo passe de Ricardinho e arriscou de fora de área, passando perto da meta adversária. Continuando a pressão, três minutos depois, de novo Marcinho, fez um milimétrico lançamento para Basílio, que devido a sua jogada de corpo, foi derrubado na área pela zaga gremista. Ricardinho foi para a cobrança de pênalti, cobrando a direita do goleiro Márcio, que mesmo tocando na bola, não foi o suficiente para evitar o primeiro gol santista.
O “abafa” do Santos continua, e aos 13 minutos após nova boa jogada de Marcinho, Ricardinho cobrou escanteio e Leonardo cabeceou para a defesa do goleiro, que rebateu a bola nos pés de Ávalos, que fuzilou a rede para marcar o segundo tento do Alvinegro.
Em uma desatenção da zaga, Cláudio Pitbull avançou pela ponta direita e cruzou para Baloy diminuir o placar. Nada que abalasse a confiança do Santos, porém, o cuidado era preciso, já que na rodada anterior o Grêmio havia arrancado um empate em 3×3 contra o concorrente Atlético-PR, após estar perdendo por 3×0.
Quatro minutos depois do gol da equipe gaúcha, o Santos novamente tranquilizou seu torcedor. Léo lançou Ricardinho, e com enorme categoria, matou a bola no peito e de primeira marcou o 3º gol santista.
Ainda se recuperando do terceiro baque, o Grêmio perdeu a bola rapidamente após a nova saída de jogo, e um minuto depois, Basílio em rápida jogada, driblou um zagueiro gremista e cruzou para Deivid marcar o 4º gol, em um belo voleio.
Com uma boa vantagem no placar, o Santos diminuiu o ritmo, e a única boa chance nos minutos finais do primeiro tempo, foi o belo chute de média distância de Preto Casagrande, que fez o goleiro Márcio se esticar para evitar o 5º gol.
Mesmo com a grande desvantagem no placar, o Grêmio recuou ainda mais seu time, com medo de tomar uma goleada ainda maior.
Devido ao forte calor na cidade interiorana, o ritmo da partida no segundo tempo diminuiu, e as equipes abusaram na questão dos passes errados.
Aos 21 minutos, o gremista Alex Xavier reclamou arduamente com o árbitro, e em um gesto de agressividade, empurrou Basílio ao chão. Seis minutos depois, o atacante santista resolveu no seu melhor estilo. Após cobrança de escanteio, dominou a bola e encheu o pé para decretar o marcador final em 5×1.
Ainda dois pontos atrás do líder Atlético-PR, a próxima rodada será decisiva. O time paranaense enfrente o Vasco, em São Januário, que luta desesperadamente contra o rebaixamento. E o Santos duela contra o São Caetano, no Anacleto Campanella.
FICHA TÉCNICA
05/12/2004 – Santos 5 x 1 Grêmio
Gols: Ricardinho, aos 7 e 26min, Ávalos, aos 12min, Baloy, aos 22min, e Deivid, aos 28min do primeiro tempo; Basílio, aos 26min do segundo tempo
Estádio: Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP)
Público: 12.620
Renda: R$ 179.571,00
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ)
Auxiliares: Élson Passos Sena Filho (RJ) e João Luís Ribeiro Magalhães (RJ)
Cartões Amarelos: Alex Xavier (G), Baloy (G), Luciano Martins (G)
Santos: Mauro; Paulo César, Ávalos, Leonardo e Léo; Fabinho, Preto Casagrande (Zé Elias), Marcinho e Ricardinho (Bóvio); Deivid (Luizinho) e Basílio. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Grêmio: Márcio; Luciano Martins, Baloy, Alex Xavier e Douglas; Cocito, Luciano Santos e Bruno Coutinho (Renato); Marcelinho (Yan), Roberto Santos e Claudio Pitbull (Anderson). Técnico: Claudio Duarte
– Referências: 
Jornal “O Estado de São Paulo”
Jornal “Folha de São Paulo”
Jornal “A Tribuna”

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *