Baiano – 1996-1998/2000/2007

Published On 01/05/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana
Santos, 01/05/2017

Nome completo – Dermival de Almeida Lima
Período – 1996-1998/2000/2007
Posição – Lateral-Direito/Volante
Nascimento – 28 de junho de 1978, em Capim Grosso, Bahia.
Jogos – 172
Gols – 06

Histórico – Antes de se envolver com o futebol, Baiano teve uma infância e adolescência complicada. Em sua terra natal, chegou a ser vendedor, antes dos 15 anos. Saiu de Capim Grosso, e foi tentar a sorte na cidade de Santos, trabalhando como camelô.
No ano de 1993, teve sua primeira chance no Infantil do Santos. Foi Campeão Paulista em 1994, e após perder os pais no ano de 1995, quase tirou a própria vida. Deu a volta por cima em 1996, quando teve sua primeira chance na equipe principal.
Em seus primeiros jogos, atuou como volante, mas sua aptidão para a lateral-direita também era destaque. Reveza-se nessas duas funções.
O ano de 1997 foi a melhor temporada de Baiano com a camisa santista. Além de conquistar o Título do Torneio Rio-São Paulo, atuou em 64 partidas, dos 82 jogos do Santos no ano. No ano seguinte, também participou da conquista do Título da Copa Conmebol.
Em 1999, foi emprestado a Matonense-SP e ao Vitória. Na equipe baiana, também teve grande destaque, chegando as semifinais do Brasileiro. Retornou no início 2000, com grande notoriedade nacional. Foi convocado para as Olímpiadas de 2000, mas antes de embarcar para a Sydney, acertou sua transferência para o Las Palmas/ESP.
Em 2002, retornou ao Brasil, para atuar pelo Atlético-MG.
No ano de 2007, Baiano retornou ao Santos, porém, só atuou em 11 partidas, e no ano seguinte, se desligou da equipe da Vila Belmiro.
Atuou ainda pelos seguintes clubes: Palmeiras (2003, 2004 e 2006), Boca Juniors/ARG (2005 e 2006), Rubin Kazan/RÚS (2006-2007), Náutico (2007), Fortaleza (2008), Vasco (2008), Atlético Nacional/COL (2009), Paulista-SP (2010-2011), Guarani (2010), Red Bull Brasil-SP (2011-2012), Brasiliense (2012-2014) Gama (2015/2017) Vila Nova-GO (2015) Brasília (2016) Ceilândia (2016) e atualmente ainda está em atividade, pelo Luziânia-GO.

ESTREIA
22/01/1996 – Santos 2 (3) x (0) 2 Grêmio
Gols: Macedo aos 7 minutos, e Silvio aos 25 minutos do primeiro tempo. Silvio aos 14 e Jean aos 36 minutos do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Torneio de Verão
Público: 3.686 pagantes
Renda: R$ 30.280,00
Horário: 21:00
Árbitro: João Paulo Araújo
Cartões Amarelos: Camanducaia (S) – Negretti e Paulo Nunes (G)
Pênaltis: Gallo, Ronaldo Marconato e Carlinhos converteram para o Santos; Dininho, Negretti e Paulo Nunes desperdiçaram para o Grêmio, Edinho defendeu duas cobranças.
SFC: Edinho; Baiano (Cerezo), Jean, Ronaldo e Marcos Adriano; Gallo, Carlinhos e Marcelo Passos (Welliton); Camanducaia , Macedo (Arthur) e Kennedy. Técnico: Candinho
GFPA: Murilo; Arce (Carlos Alberto), Rivarola, Adilson e Roger; Dinho, Goiano, Emerson (Alessandro) e Negretti; Silvio e Paulo Nunes. Técnico: Luís Felipe Scolari
PRIMEIRO GOL
02/05/1996 – GE Novorizontino 2 x 1 Santos
Gols: Baiano aos 6min e Ney Junior aos 31min do primeiro tempo; Elder aos 42min do segundo tempo.
Local: Estádio José Alfredo Luis Jorge, em Catanduva, São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Renda: R$ 28.016
Público: 5.755
Árbitro: Dionísio Roberto Domingos
SFC: Edinho; Cláudio, Ronaldo Marconato, Sandro e Marcos Adriano; Gallo (Camanducaia), Baiano (Marcelo Passos), Vágner e Jamelli; Macedo e Giovanni. Técnico: Orlando Lelé
GEN: Alex; Jamur, China, Rodrigo e Paulo; Elder, Genílson, Geraldo (Pereira) e Carlos Zara; Alcino (Ricardo) e Nei Junior. Técnico: Ernesto Paulo
RETORNO
09/08/2007 – Santos 2 x 0 Paraná
Gols: Marcos Aurélio, aos 43min do primeiro tempo; Kléber Pereira, aos 47min do segundo tempo.
Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Marcos Tadeu Peniche Nunes e Wagner de Almeida Santos (RJ)
Cartões amarelos: Kléber, Adriano, Josiel, Daniel Marques, Everton e Joélson
SFC: Fábio Costa; Baiano, Domingos, Adaílton e Carlinhos; Dionísio (Adriano), Rodrigo Souto, Kléber e Pedrinho (Petkovic); Marcos Aurélio (Rodrigo Tabata) e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
PC: Flávio; Daniel Marques, Nem (Everton) e Luís Henrique; Léo Mattos, Adriano (Joélson), Beto, Vandinho e Serginho (Márcio Careca); Vinícius Pacheco e Josiel. Técnico: Gilson Kleina
ULTIMO JOGO
04/11/2007 – Santos 2 x 2 Atlético-MG
Gols: Marcelo (c) aos 8min do primeiro tempo; Kléber Pereira aos 6min e aos 31min e Eduardo aos 33min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Brasileiro
Público: 7.063 pagantes
Renda: R$ 71.735,00
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva/RS (Fifa)
Auxiliares: Altemir Hausmann/RS e Aristeu Leonardo Tavares/RJ
Cartões amarelos: Domingos (Santos), Vinícius e Marquinhos (Atlético)
Cartão vermelho: Marquinhos
SFC: Felipe; Baiano, Marcelo, Domingos e Kléber; Dionísio (Vítor Júnior), Adriano, Petkovic (Renatinho) e Pedrinho; Marcos Aurélio (Wesley) e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
CAM: Juninho; Coelho, Leandro Almeida, Vinícius e Thiago Feltri (Eduardo); Serginho, Xaves, Marcinho (Marquinhos) e Renan; Éder Luís e Vanderlei. Técnico: Émerson Leão

• Jogos e gols:
1996 – 35 jogos e 01 gol;
1997 – 64 jogos e 02 gols;
1998 – 32 jogos e 01 gol;
2000 – 30 jogos e 02 gols;
2007 – 11 jogos e 00 gol;
Total – 172 jogos e 06 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Site do SE Gama;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *