Bé – 1961-1963

Published On 07/10/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 07/10/2016

Nome completo – Roberto Bocaleri
Período – 1961-1963
Posição – Atacante
Nascimento – 26 de outubro de 1942, em Campina Grande, Paraíba
Jogos – 32
Gols – 06

Histórico – Revelado pelo Treze-PB, Bé ganhou grande destaque no Sport, e foi contratado pelo Santos no 1º semestre de 1961.
O paraibano possuía ótimos recursos com a bola no pé, era habilidoso, e sabia executar seus dribles nas horas certas.
O ano em que chegou a Vila, 1961, foi a temporada em que Bé mais atuou com a camisa do Santos. Mesmo sendo um bom jogador, era difícil garantir vaga entre os titulares, já que o time santista contava com os melhores jogadores do mundo.
Fez parte do elenco vitorioso de 1962, e estava presente em Lisboa, sendo um dos suplentes na grande final entre Santos e Benfica, pelo Mundial Interclubes.
Permaneceu até o início de 1963, quando foi contrato pelo Sporting/POR. Atuou também pelo Deportivo Italia/VEN, antes de encerrar sua carreira.
Atualmente, Bé mora em Santos, próximo de completar 74 anos de idade.

ESTREIA
16/05/1961 – Santos 3 x 2 Bayern Munich/ALE
Gols: Pepe, Coutinho e Sormani – Grosser e Milutovic
Local: Estádio Grunewalls, em Munique, Alemanha.
Competição: Amistoso
Árbitro: Joseph Kandelbinder (ALE)
SFC: Laércio; Getúlio, Mauro e Dalmo; Calvet (Formiga) e Zito; Dorval (Tite), Mengálvio, Coutinho, (Sormani) e Pepe.
Técnico: Luiz Alonso Perez, Lula
FCBM: Fazekas; Ostner, Giesemann e Wechselbaumer; Borutta e Wagenbauer (Werner); K. Peschen, Milutinovic, Froehlich (Schneider), Grosser e Kupferschimidt.
ULTIMA PARTIDA
09/01/1963 – Santos 3 x 2 Seleção de Sergipe
Gols: Pelé (2) e Pepe – Percival e Manoel
Local: Estádio João Hora de Oliveira, em Aracajú, Sergipe
Competição: Amistoso
Renda: Cr$ 5.717.000,00 (Recorde de renda em Sergipe)
Árbitro: Romualdo Arpi Filho
SFC: Gylmar (Laércio), Mauro (Olavo) e Hemílton; Dalmo, Calvet e Zito (Tite); Dorval (), Mengálvio, Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe. Técnico: Luiz Alonso Perez, o Lula
SE: Roberto; J. Carlos, Adílsone Durval; Didi e Brasilino; Percival, Luis Manoel (Thomaz), Ismael, Dequinha e Rivaldo.

Jogos e gols:

1961 – 20 jogos e 06 gols;
1962 – 11 jogos e 00 gol;
1963 – 01 jogo e 00 gol

Total: 32 jogos e 06 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;
Jornal “Mundo Esportivo”;
Jornal “Correio Paulistano”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *