Bruno Henrique se torna a 3ª contratação mais cara da história do Santos; veja a lista

Published On 23/01/2017 | Informações
Por Gabriel Santana
Santos, 23/01/2017

A diretoria santista, através do presidente Modesto Roma Júnior, confirmou nos últimos dias a contratação do atacante Bruno Henrique, que estava no Wolfsburg/ALE.
O Santos desembolou 4 milhões de euros (cerca de R$ 13,5 milhões), pelos direitos do atleta. Foi a contratação mais cara da gestão do atual mandatário santista. Anteriormente, o zagueiro Cléber Reis, havia sido o investimento mais alto de Modesto.
Bruno Henrique foi 6º reforço santista para a temporada, e provavelmente o último dessa janela de transferências. O zagueiro Cléber Reis, o lateral-direito Matheus Ribeiro, o volante Leandro Donizete e os atacantes Vladimir Hernández e Kayke, já haviam sido contratados.
Pelo alto valor investido, Bruno Henrique se tornou a 3ª contratação mais cara da história do Santos. Apenas a contratação de Leandro Damião, em 2014, e de Montillo, em 2013, superaram os valores.

MAIORES VALORES
Leandro Damião
O atacante custou R$ 41,6 milhões (€ 13 milhões). Foi a maior transação da história do Santos, e certamente a pior.
Walter Montillo
O argentino custou R$ 16,2 milhões (€ 6 milhões). Contratado com muita expectativa no início de 2013, o Santos ainda envolveu o volante Henrique na negociação.
Bruno Henrique
O “novato” desbancou outras contratações, e já figura na 3ª colocação das transações mais caras da história do Santos.

Bruno Henrique chega com moral na Vila Belmiro (Foto/Globo Esporte)

Ibson
Custou R$ 9 milhões (€ 4 milhões). Na época, em 2011, foi a contratação mais cara da história santista.
Thiago Ribeiro
O atacante custou R$ 8,8 milhões (€ 3 milhões). O Santos pagou pelos 100% dos direitos econômicos do atleta, e conta com ele para a temporada 2017.

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
Revista Placar;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *