Camarão – 1923-1934

Published On 06/07/2016 | Ex-Atletas, Ídolos
Por Gabriel Santana
Santos, 06/07/2016

Aníbal Torres de Andrade, ou somente Camarão, foi um dos primeiros grandes jogadores a atuar no Santos.
Santista de nascimento, carregava em seu futebol, toda a malemolência de um atleta de Santos, como descreveu o grande jornalista De Vaney: “Camarão, Aníbal Torres, santista do Mercado, era a encarnação, justaposta, do futebol praiano, manso mas positivo, sutil mas corpóreo, requebrado mas prático, malemolente mas rentável, fintoso mas gol.”
Atuava tanto na meia-direita, posição que o consagrou, como também na ponta-direita, sempre com elegância, eficiência e grande faro de gol.
Iniciou sua prática esportiva no Brasil FC, simpática equipe santista, e formava um poderoso ataque ao lado de Siriri, seu irmão, e Omar, que também foram contratados pelo Santos juntamente de Camarão, no ano de 1923, intermediados por José Caetano Munhoz, grande garimpeiro e especialista do futebol de várzea da época.
Formou no grandioso ataque dos 100 gols, em 1927, e foi certamente um dos principais atletas santistas da década de 20.
Foi também o autor do gol do Peixe, na inauguração dos refletores da Vila Belmiro, no jogo diante da Seleção Santista, no dia 21 de março de 1931.
Permaneceu na Vila Belmiro por 11 temporadas, no período de 1923-1934, e tornou-se um dos principais goleadores do Alvinegro, com 147 gols anotados, sendo o 11º maior artilheiro da história santista.
Ao pendurar a chuteiras, foi técnico do Santos no período entre 1937-1938.
Faleceu no dia 24 de maio de 1984, aos 84 anos.

• Jogos e gols:
1923 – 02 jogos e 01 gol;
1924 – 09 jogos e 07 gols;
1925 – 26 jogos e 16 gols;
1926 – 23 jogos e 19 gols;
1927 – 28 jogos e 22 gols;
1928 – 24 jogos e 14 gols;
1929 – 23 jogos e 15 gols;
1930 – 37 jogos  e 23 gols;
1931 – 43 jogos e 17 gols;
1932 – 21 jogos e 05 gols;
1933 – 29 jogos e 07 gols;
1934 – 08 jogos e 01 gol;
Total: 273 jogos e 147 gols.
Fichas Técnicas:
08/04/1923 – Santos 3 x 3 Brasil FC (Santos)
Gols: Constantino [2] e Martins; Omar (2) e Camarão
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso pró Asilo de órfãos
Árbitro: Vitorino e Pastore
Santos: Longobardi; Waldemar e Bilu; Nerino, Marba e Renato; Chico Massulo, Martins, Constantino, Claudino e Netinho.
BFC: Xisto; Nabor e Zeferino; Batista, Álvaro Motta e Dario; Omar, Camarão, Siriri, Pedrinho e Abel
– Destacou-se atuando pelo Brasil FC diante do Santos, e foi prontamente contratado.
27/09/1923 – Santos 2 x 2 Seleção do Rio Grande do Sul
Gols: Siriri [2]; Nenê [2].
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 864$200
Árbitro: Antonio Pedroso de Carvalho
Santos: Agne; Davi e Bilu; Alfredo, Julio e Renato; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Hugo.
RS: Lara; Py e Esper; Ribeirão, Leão e Hugo; Mandarino, Nenê, Marcello, Genny e Ramão.
– Estreia pelo Santos.
07/10/1923 – Santos 3 x 1 A.A. Palmeiras
Gols: Araken, Camarão e Siriri – Nock
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 517$100
Árbitro: Não Informado
Santos: Longobardi; Bilu e Oliva; Rosas, Alfredo e Renato Pimenta; Altamiro, Camarão, Araken, Siriri e Hugo.
AAP: Silva Pinto; Janeiro e Beirão; Carmo, Nondas e Bartine; Haldemar, Nunes, Nock, Brotero e Barros.
– Primeiros gols pelo time da Vila Belmiro.
11/03/1934 – Santos 3 x 2 Portuguesa
Gols: Camarão e Raul (2) – Juca e Teixeira
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Árbitro: Atilio Grimaldi (Ascânio Bueno)
SFC: Athiê, Arlindo e Hermes; Bisoca, Dino e Ramon; Daniel, Camarão (Armandinho), Raul (Negreiros), Logu e Victor Gonçalves
APE: Tadeu; Neves e Machado; Martelletti, Brandão e Gasperin; Teixeira, Nico, Juca, Alberto e Luna
– Ultimo gol pelo Alvinegro.
20/05/1934 – Santos 3 x 1 CA Ypiranga
Gols: Mario Seixas e Mendes (2) – Figueiredo
Local: Vila Belmiro – Santos (SP)
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Affonso Mesquita
SFC: Cyro; Arlindo e Badú; Bisoca, Dino e Alfredo; Mendes, Camarão (Paulinho), Mario Seixas, Moran e Logu.
CAY: Ratto; Rovay e Tito; Miro, Cuisse e Américo; Figueiredo, Lalá, Mauro, Vasconcelos e Corsatto.
– Última partida com a camisa do Santos.

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos;
Almanaque do Santos;
Livro “100 anos, 100 jogos e 100 ídolos”;

One Response to Camarão – 1923-1934

  1. Pingback: Acervo Histórico do Santos FC | As famílias do Santos Futebol Clube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *