Centroavantes ídolos da década de 90, são os destaques do histórico diante do Ituano

Published On 28/01/2018 | Informações
Por Gabriel Santana
Santos, 28/01/2018

Mesmo tendo 70 anos de história, apenas em 1990, que o Ituano conseguiu enfim disputar a primeira divisão do Campeonato Paulista. E por conta disso, apenas a partir desta data, que os confrontos entre o time santista e o time de Itu, passaram a ter uma grande frequência.
Em 1988, em jogo de caráter amistoso, as equipes se enfrentaram pela primeira vez, quando o Ituano ainda era conhecido como Ferroviário Ituano. A partida terminou empatada sem gols, sendo disputado no Estádio Novelli Júnior.

PRINCIPAIS VITÓRIAS
Duas goleadas santistas são marcantes. No ano de 1993, no Estádio da Vila Belmiro, o time santista goleou a equipe de Itu por 5×1, com dois gols do artilheiro Guga:
09/05/1993 – Santos 5 x 1 Ituano FC
Gols: Gallo, Marcelo Passos, Serginho Fraldinha e Guga (2) – Juninho
Local: Vila Belmiro – Santos (SP)
Competição: Campeonato Paulista
Renda: Cr$ 218.450.000
Público: 4.735
Árbitro: Roberto Peraci
Expulsos: Neguinho e Carlão (IFC)
SFC: Maurício, Dinho, Júnior, Gallo e Índio; Rogério, Cuca (Serginho Fraldinha), Darci e Marcelo Passos (Zé Renato); Cilinho e Guga. Técnico: Evaristo de Macedo
IFC: Maizena; Mauro, Orlando, Carlão e Amadeu; Roberto Ramos, Celso, Derval (Antonio Carlos) e Juninho; Romeu e Neguinho. Técnico: Carbone
 Já em 2010, no Estádio do Pacaembu, o Alvinegro aplicou uma de suas maiores goleadas recentes de sua história. Mesmo sem Neymar, a equipe santista não tomou conhecimento de seu adversário, e aplicou um sonoro 9×1:
21/03/2010 – Santos 9 x 1 Ituano FC
Gols: João Leonardo a 1min, André aos 14min e aos 39min, Paulo Henrique aos 28min e Madson aos 45min do primeiro tempo; Madson aos 8min, Maikon Leite aos 15min, Paulo Henrique aos 28min, Zé Eduardo aos 41min e André aos 46min do segundo tempo.
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Robério Pereira Pires
Assistentes: Alex Alexandrino e Caio Mesquita de Almeida
Cartões amarelos: Paulo Henrique Ganso, Wesley, Carlos Eduardo e Marcel
Cartões vermelhos: Wesley, Carlos Eduardo, Luiz Eduardo e Saulo
Santos: Felipe; Wesley, Edu Dracena (Roberto Brum), Durval e Pará (Zé Eduardo); Rodrigo Mancha, Arouca (Maikon Leite), Marquinhos e Paulo Henrique Ganso; Madson e André. Técnico: Dorival Júnior
Ituano: Saulo; Rodrigão, Roque Júnior (Anderson Sales) e João Leonardo; Rissutt, Carlos Eduardo, Sandro, Juninho Paulista e Luiz Eduardo; Marcel (Jean Pablo) e Welton. Técnico: Mazola Júnior

ARTILHEIROS
Acostumados com gols e a serem artilheiros, os centroavantes ídolos da década de 90, Guga e Paulinho McLaren, são os principais goleadores santistas do confronto diante do Ituano. O “matador de gambás” assinalou 6 gols, já Paulinho, marcou outros 4 tentos.

Guga em um dos duelos diante do Ituano! (Foto/Gazeta)


Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
Almanaque do Santos;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *