Warning: Illegal string offset 'grids' in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 568

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 568

Warning: Illegal string offset 'grid_cells' in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 577

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 577

Warning: Illegal string offset 'widgets' in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 585

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/acerv524/public_html/wp-content/plugins/siteorigin-panels/inc/renderer.php on line 585

Clássicos e Rivalidades


“Clássico é Clássico e vice-versa”. São jogos diferenciados, para muitos campeonatos a parte, fazem o vencido e o vencedor mudar sua postura, ego, ânimo e clima interno. Para o Santos FC é a confirmação de sua vitória, tanto geográfica e principalmente política.
Na vida do SFC muitas foram, as belíssimas e vitoriosas histórias as quais o Santos FC estabeleceu contra os seus chamados “Rivais” de estado (Trio de Ferro), além de seus grandes adversários Internacionais, claro que, muitas vezes saiu derrotado também, mais o fato é que o Santos FC, é um grande vencedor de Guerras (decisões) e não de Batalhas (jogos de meio de tabela).
O Santos não é um clube da capital de SP, é de Santos (litoral paulista), no amadorismo sempre ficou longe das decisões políticas e, muitas vezes foi prejudicado, as partidas entre o Santos e os times da capital passaram a receber título de clássicos em 1955, um detalhe importante: a rivalidade não é Santos x Corinthians, Santos x São Paulo e Santos x Palmeiras, dos rivais para com o Santos. A rivalidade é Santos FC x Trio de Ferro! Já a divisão de cada jogo em si, é o Clássico: Alvinegro, da Saudade e San-São.
Ora, o Santos FC é o intruso, o que entrou sem ser convidado para a festa, o que sobressaiu-se de todas as dificuldades (políticas e geográficas) e se transformou num gigante, que incomoda e muito, não se limitou a duelos nacionais, não, escreveu grandes e vitoriosos confrontos internacionais também. Estas histórias vitoriosas nos clássicos, são abordadas no Acervo Histórico do SFC, abaixo:

•   Títulos disputados – Santos x Trio da capital;
•   Comparação dos goleadores – Santos x Trio da capital;
•   Clássicos no Século XXI;


Santos x Corinthians

•  O primeiro clássico Alvinegro – (1913);
•  Superioridade técnica na primeira década – (1913-1920)
•  A Taça das Taças é nossa! (1927);
•  O Corinthians fugiu de campo – (1929)
•  O eterno 7×1 – (1932);
•  Campeão na casa alheia! – (1935);
•  Freguês de decisões por Títulos – (1935/1984/2011);
•  11 anos de tabu – (1957-1968);
•  A fila de 23 anos do Corinthians – (1954-1977);
•  A maior vítima de Pelé! – (1956-1974)
•  Vitória e título contra a Democracia Corinthiana – (1984);
•  Surge o “matador de gambás” – (1992);
•  O título brasileiro e as oito pedaladas – (2002);
•  Um show jamais será apagado – (2005);
•  O Campeão da América vence o Campeão Brasileiro – (2011)
•  Humilhando o Corinthians de Tite! (2015);


Santos x São Paulo

•  Taça San-São – (Torneio disputado em 1956);
•  O gol 500 de Pelé – (1962)
•  Reforma do Morumbi? A “culpa” foi do Santos! (1957-1970);
•  O Santos fugiu de Armando Marques – (1963);
•  A virada para o 1º bicampeonato paulista – (Santos x São Paulo, em 1957);
•  A importância do São Paulo nos Tricampeonatos – (1960-1962/1967-1969/2010-2012);
•  Os Meninos da Vila triunfam diante do Campeão Brasileiro – (1978);
•  Silêncio no Morumbi – (2002);
•  O freguês das decisões – (2002-2015);
•  A vingança internacional – (2004);
•  Hat-trick de Neymar e a vaga na final – (2012);
•  A ultima ajoelhada – (2015);


Santos x Palmeiras

•  Goleada no primeiro clássico – (1915);
•  Um confronto extraordinário – (1958);
•  Santos de Pelé x Palmeiras de Ademir da Guia – (1964-1965);
•  O troféu mais valioso do futebol brasileiro – (1965);
•  Triunfo para o título Brasileiro – (1968);
•  Prometeu e cumpriu – (1982);
•  A vitória diante da Parmalat! – (1997);
•  A fisgada na hora certa – (2000);
•  Exterminador de clássicos – (2006);
•  O dia que o Palmeiras vibrou com o Santos – (2014);
•  100 anos de Santos x Palmeiras – (2015);