Confrontos Internacionais


O Santos Futebol Clube é um dos poucos clubes do futebol mundial a jogar em todos os continentes possíveis do globo terrestre: Américas (Norte, Central e Sul), Europa, Ásia, África e Oceania. É também o clube que mais excursionou na história do futebol mundial, até então, foram 75 países diferentes visitados pelo clube, ao longo da história.
Além desses feitos históricos citados, ao qual conseguiu, difundindo-se seu magnífico futebol pelo mundo, é também, o clube que mais enfrentou Seleções estrangeiras diferentes no futebol mundial, são ao todo 42 Seleções enfrentadas pelo alvinegro em seu histórico internacional. Vários também, foram os confrontos, duelos, grandes jogos ao qual o Santos FC enfrentou contra os mais fortes times e selecionados de todo o mundo, sendo por competições oficiais ou oficiosas, amistosos em geral.
No decorrer dessas excursões internacionais, o “Santos FC Globetrotters” se transformou no grande embaixador do futebol brasileiro e, toda essa história, a qual construiu através de excursões pelo mundo, se deve pela grandeza que adquiriu ao longo da história, através de seus feitos históricos e apresentações memoráveis. A grandiosidade do clube se depara com a paralisação de guerras (duas guerras paralisadas em 10 dias para o Santos jogar) e enfrentamento de ditaduras. O Santos FC é o clube brasileiro mais conhecido no exterior, conta com um dos canais de TV mais assistidos do mundo, é também o clube brasileiro com mais fãs em todo o mundo, sendo o clube com mais adeptos e seguidores internacionais.
O Santos já enfrentou 75 países, representados por clubes, combinados ou seleções nacionais e locais! O Alvinegro é a equipe brasileira que mais enfrentou estrangeiros em toda a história, sendo a primeiro partida em 1917, contra o Dublin-URU.
A Argentina é o país que o Alvinegro mais enfrentou, com 100 jogos disputados. A Itália vem em segundo, com 58 jogos. Abaixo, confira detalhadamente as listas de cada país, e as equipes que o Santos confrontou:

TODOS OS ADVERSÁRIOS INTERNACIONAIS:
AlemanhaArminia Bielefeld, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Borussia Moench, Eintracht Frankfurt, Fortuna, Hamburger SV, Hannover, Herta Berlim, Karlsruhe, Nuremberg, Saarbruken, Schalke 04, Stuttgart, T.S.V Munchen 1860, Wolsfburg, Combinado Nuremberg/Bayern, Seleção de Hamburgo, Seleção de Niedersachen e Seleção da Alemanha Oriental.
Antilhas Holandesas: Seleção das Antilhas Holandesas.
Arábia Saudita: Seleção sub-20 de Ryad.
Argélia: Seleção da Argélia.
ArgentinaArgentinos Juniors, Boca Juniors, Colón, Deportivo Barracas, Estudiantes, Gimnasia y Esgrima, Godoy Cruz, Huracán, Independiente, Newell’s Old Boys, Racing Club, River Plate, Rosário Central, San Lorenzo, San Martin, Sarmiento, Talleres, Tucumán, Veléz Sarsfield, Combinado Juventud/Gimasia Iburra, Combinado Talleres/Belgrano, Combinado San Martín/Tucumán e Seleção de Mar del Plata.
AustráliaSeleção da Austrália e Victory.
Áustria: FK Austria Wien.
Bahrein: Seleção do Bahrein.
BélgicaAnderlecht, La Gantoise Club, Royal Beerschot, Royal Standard Liége e Seleção da Antuérpia.
BolíviaBlooming, Bolívar, Deportivo Municipal, Jorge Wilsterman, Oriente Petrolero, San José, The Strongest, Seleção de Cochabamba e Seleção da Bolívia.
Bulgária: Seleção “B” da Bulgária e Seleção da Bulgária.
Camarões: Seleção de Camarões.
CanadáToronto Metros e Combinado de Vancouver.
ChileClub Naval, Colo-Colo, Deportes Concepcion, Everton, Fernandez Vial, Universidad Católica, Universidad de Chile e Seleção do Chile.
ChinaPrimeiro de Agosto, Seleção de Foshan, Seleção de Guangzhou, Seleção de Guangdong, Seleção de Hubei, Seleção de Pequim, Seleção de Shangai, Seleção de Sichuan, Seleção de Tianjian, Shenyang Liaoning, Seleção da China sub-23 e Seleção da China.
ColômbiaAmérica de Cali, Atlético Nacional, Deportivo Cúcuta, Deportivo Cali, Deportivo Pasto, Independente de Medellín, Junior Barranquilla, Millionários, Once Caldas, Santa Fé, Seleção sub-23 da Colômbia e Seleção da Colômbia.
Congo: Seleção de Pointe-Noire e Seleção do Congo.
Coreia do SulIlhwa Chunma e Seleção da Coreia do Sul.
Costa do MarfimStade d’Abidjan e Seleção da Costa do Marfim.
Costa RicaAlajuela, Herediano, Saprissa e Seleção da Costa Rica.
Curação: Seleção de Willemstad.
Egito: Al-Ahly Sporting.
El SalvadorAllianza e Atlético Marte.
Emirados Árabes: Al Nasr Club.
EquadorAucas, Barcelona de Guayaquil, El Nacional, Emelec e LDU.
Escócia: Rangers Football Club.
EspanhaAthletic Bilbao, Atlético de Madrid, Barcelona, Betis, Cádiz, Espanyol, Málaga, Osasuña, Racing Santander, Real Madrid, Sevilla, Valência e Zaragoza.
Estados UnidosAll Stars, Astro Jetz Boston, Atlanta Chiefs, Baltimore Bays, Benfica de Houston, Boston Beacons, Boston Stars, Cleveland Stokers, Kansas City Spurs, Miami Toros, New York Cosmos, New York General’s, New York Red Bull, Oakland Clippers, Rochester Lancers, Saint Loius Stars, F.C. Seattle, Sounders Club, Washington Darts, Washington Whips e Seleção dos Estados Unidos.
FrançaBordeaux, Lyon, Racing Paris, Olimpique de Marseille, Saint Étienne, Stade de Reims, Toulouse e Seleção da França.
Gabão: Seleção do Gabão.
Gana: Hearts of Oak.
GréciaAEK, Olympiakos, Panathinaikos e PAOK Salonick.
Guadalupe: Seleção de Guadalupe.
GuatemalaAurora, Comunicaciones, Deportivo Guatemala e Seleção da Guatemala.
Haiti: Seleção do Haiti.
Hong KongCaroline Hill, Double Flower, South China, Syu Fong e Seleção de Hong Kong.
HungriaVasas Sport Club.
HolandaAjax, Feyenoord e Seleção de Enschede.
HondurasClub Deportivo España, Deportivo Olímpia, Marathon e Motagua.
Ilhas Cayman: Seleção das Ilhas Cayman.
Indonésia: Seleção sub-23 da Indonésia e Seleção da Indonésia.
InglaterraAston Vila, Barnsley, Bradford City, Chelsea, Coventry City, Everton, Fulham, Newcastle, Porthsmouth, Plymouth Argyle, Sheffield Wednesday, Stoke City, West Ham e Wolverhampton Wanderes.
Irã: Esteghlal Tehran (Taj Tehran)
Irlanda: Combinado Bohemian/Drumcondra FC.
Israel: Seleção de Israel.
ItáliaAlessandria, Aosta, Bologna, Cagliari, Casale Monferrato, Catanzaro, Chioggia Sotto, Fiorentina, Gênoa, Internazionale, Juventus, Lazio, Lecce, Mantova, Milan, Napoli, Novara, Parma, Roma, Ternana, Udinese, Veneza e Combinado Gênoa/Sampdoria.
Iugoslávia (Croácia, Bósnia e Sérvia): Dínamo de Zagreb, Estrela Vermelha, Partizan, Radnicki e Zeljeznicar.
Jamaica: Seleção da Jamaica.
JapãoBellmare Hiratsuka, Cerezo Osaka, Kashiwa Reysol, P.J.M. Futures, Shimizu, Yamaha Yomiure e Seleção do Japão.
Kuwait: Al Kadisiah.
Malásia: Seleção sub-23 da Malásia.
Martinica: Seleção da Martinica.
MéxicoAmérica, Atlante, Atlas, Chivas Guadalajara, Cruz Azul, Jalisco, León, Monterrey, Necaxa, Oro, Santos Laguna, Tampico Madeiro, Toluca, Universidad del México, Universidad Nuevo Leon, Universidad Guadalajara e Seleção do México.
Nigéria: Seleção do Meio Oeste e Seleção da Nigéria.
Noruega: Rosenborg Ballklub.
Paraguai12 de Octubre, Cerro Porteño, Guaraní, Libertad, Olímpia e Seleção do Paraguai.
PortugalBenfica, Belenenses, Sporting e Vitória de Setúbal.
Qatar: Combinado de Doha.
República do Congo: Seleção “B” da República do Congo e Seleção da República do Congo.
PeruAlianza Lima, Cienciano, Deportivo Municipal, Juan Aurich, Melgar, Pierola, Sport Boys, Sporting Cristal, Universitário e Seleção do Peru.
Polônia: Seleção da Polônia.
Romênia: Seleção da Romênia.
San Marino: Seleção de San Marino.
Senegal: Seleção de Senegal.
Sudão: Al-Hilal Omdurman.
Suécia: AIK Fotboll.
SuíçaBasel, Grasshoppers Club, Servette e Zurich.
Suriname: Sport Vereniging Transvaal.
Tailândia: Seleção de Bangkok.
Tchecoslováquia (República Tcheca): Uda Dukla e Seleção da Tchecoslováquia
Trinidad e Tobago: Seleção de Trinidad e Tobago.
TurquiaGalatassaray e Fenerbahce.
União Soviética (Rússia): Seleção da União Soviética.
UruguaiBella Vista, Cerro, Danúbio, Defensor Sporting, Dublin, Nacional, Peñarol, Rampla Juniors, Sud América, Combinado Nacional/Wanderes, Seleção do Uruguai e Seleção do Uruguai “B”.
VenezuelaCaracas, Deportivo Español, Deportivo Galícia, Deportivo Táchira, Seleção da Liga Venezuelana e Seleção da Venezuela.