Confrontos – Santos x Nacional

Published On 07/04/2016 | Confrontos Internacionais - Clubes
Santos x Nacional/URU
11 jogos – 03 vitórias do Santos – 06 empates – 02 vitórias do Nacional
21 gols marcados – 17 gols sofridos – saldo: +04
LISTA DE TODOS OS JOGOS:
22/03/1956 – Santos 5 x 0 Nacional – Vila Belmiro – Torneio Internacional da FPF
16/04/1956 – Nacional 3 x 1 Santos – Montevidéu – Amistoso
25/08/1961 – Nacional 1 x 0 Santos – Montevidéu – Amistoso
31/01/1962 – Nacional 2 x 3 Santos – Montevidéu – Amistoso
20/08/1968 – Santos 2 x 2 Nacional – Buenos Aires – Torneio Pentagonal
08/03/1983 – Nacional 1 x 2 Santos – Montevidéu – Copa Vencedores da América
15/06/1985 – Santos 1 x 1 Nacional – Juarez , México – Amistoso
28/05/1990 – Santos 1 (3) x (0) 1 Nacional – Kaohsiung, China – Supercopa Sulamericana
03/06/1990 – Santos 0 [1] x [1] 0 Nacional – Taipe, China – Supercopa Sulamericana
23/04/2003 – Nacional 4 x 4 Santos – Montevidéu – Taça Libertadores da América
07/05/2003 – Santos 2 (3) x (1) 2 Nacional – Vila Belmiro – Taça Libertadores da América
POR LOCALIDADES:
No Brasil – 02 jogos – 01 vitória – 01 empate – 00 derrota
No Uruguai – 05 jogos – 02 vitórias – 01 empate – 02 derrotas
Na China – 02 jogos – 00 vitória – 02 empates – 00 derrota
No México – 01 jogo – 00 vitória – 01 empate – 00 derrota
Na Argentina – 01 jogo – 00 vitória – 01 empate – 00 derrota
FICHAS TÉCNICAS:
22/03/1956 – Santos 5 x 0 Nacional/URU
Gols: Pagão [2], Alfredinho, Urubatão e Cantos (c).
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Torneio Internacional da FPF
Renda: Cr$ 34.750,00
Árbitro: Pedro Calil
Santos: Manga; Hélvio e Sarno (Feijó); Ramiro, Formiga e Zito (Urubatão); Tite (Alfredinho), Jair Rosa Pinto, Pagão, Vasconcelos e Pepe. Técnico: Lula
Nacional: Taibo; Santamaria e Leopardi; Marechal (Brussessi), Cantos e Grolla; Magana, Mendez (Barbado), Carballo, Ambrois e Romerito (Vilamides).
16/04/1956 – Nacional/URU 3 x 1 Santos
Gols: Jair Rosa Pinto; Caraballo [2] e Ambróis.
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Competição: Amistoso
Público: 30.000 aproximadamente
Árbitro: Washington Rodrigues
Nacional: Sosa; Santamaria e Leopardi; Marechal, Cantos e Ramos; Magnana (Messias), Julio Perez, Carballo, Ambrois e Romerito.
Santos: Manga; Hélvio e Ivan; Sarno, Ramiro e Urubatão; Alfredinho, Jair Rosa Pinto, Pagão (Del Vecchio), Vasconcelos e Pepe (Tite). Técnico: Lula
31/01/1962 – Nacional/URU 2 x 3 Santos
Gols: Dorval, Pelé e Pagão; Guagliaone e Olavo (c).
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Competição: Amistoso
Público: 35.276 pagantes
Renda: 380.087 pesos
Árbitro: Juan Carlos Armental
Expulsos: Dorval e Zito (Santos).
Nacional: Sosa; Troche, Eliseo e Mendez; Emilio Alvarez (Ruben Gonzalez) e Origone; Roberto Alvarez (Guagliaone), Ollabide (Vergara), JJ Rodriguez, Douksas e Escalada.
Santos: Laércio; Olavo e Décio Brito; Lima, Calvet (Formiga) e Zito; Dorval, Mengálvio (Tite), Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe (Getúlio). Técnico: Lula
20/08/1968 – Nacional/URU 2 x 2 Santos
Gols: Celio aos 15min, Perez aos 32min e Carlos Alberto aos 44min do primeiro tempo; Pelé aos 10min do segundo tempo.
Local: Estádio La Bombonera, em Buenos Aires, Argentina.
Competição: Pentagonal de Buenos Aires
Renda: 813.400 pesos
Árbitro: Miguel Angel Comesaña
Nacional: Manga; Cubillas, Ancheta, Emilio Alvarez e Mojica; Montero Castillo e Tejera; Esparrago, Prieto, Célio e Domingo Perez. Técnico: Zezé Moreira
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Oberdan e Rildo; Joel Camargo e Lima; Amauri, Toninho, Pelé e Pepe. Técnico: Antoninho
08/03/1983 – Nacional/URU 1 x 2 Santos
Gols: João Paulo e Serginho Dourado; Villazan
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Competição: Copa Vencedores da América
Renda: Cr$ 10.000.000,00.
Público: 25.000 aproximadamente
Árbitro: Luiz da Rosa
Nacional: Rodolfo Rodriguez; Aguirre, Bica, Morales e Moreira; Furtenbach (Cid), Luzardo e Ubaldi; Cabrera, Perdomo (Petrucci) e Villazan.
Santos: Marola; Toninho Oliveira, Joãozinho (Toninho Carlos), Márcio Rossini e Gilberto Sorriso; Dema, Paulo Isidoro e Pita (Toninho Silva); Serginho Dourado, Luque e João Paulo. Técnico: Chico Formiga
28/05/1990 – Santos 1 (3) x (0) 1 Nacional/URU
Gols: Axel aos 7min e José Garcia aos 40min do primeiro tempo
Local: Kaohsiung, Taiwan/República da China
Árbitro: Abnel Gnecco (ARG)
Pênaltis: Santos: César Ferreira, César Sampaio e Sergio Manoel; Sergio perdeu
Nacional: Venâncio Ramos, Lemos e Carlos Soca perderam
Santos: Sergio; César Ferreira, Marcio Rossini, Luiz Carlos e Marcelo Veiga (Flavinho); César Sampaio, Axel e Derval; Kazu (Edson), Zé Humberto e Sergio Manoel. Técnico: Pepe
Nacional: José Sere; Ailton Gomes, Mozo, Maristan e Cardaccio; Carlos Soca, Peña (Moran) e Lemos; Venâncio Ramos, Dely Valdez e José Garcia (Gutierrez).
03/06/1990 – Santos 0 x 0 Nacional/URU (1 × 1 prorrogação)
Gols: José Garcia aos 11min do primeiro tempo da prorrogação; Camilo aos 4min do segundo tempo da prorrogação.
Local: Chunqcheng Soccer Stadium – Tai Pei, Taiwan/República da China
Árbitro: Abnel Gnecco (ARG)
Santos: Sérgio; César Ferreira, Márcio Rossini, Luíz Carlos e Flavinho; César Sampaio, Axel e Derval (Camilo); Kazu, Zé Humberto e Sérgio Manoel (Mendonça). Técnico: Pepe
Nacional: José Sere; Ailton Gomes, Mozo, Maristan e Cardaccio; Carlos Soca, Peña (Silveira), Moran (Lemos) e Dely Valdez; Oliveira e Gutierrez (José Garcia).
– Ocorrências: Logo depois do gol de empate do Santos, cerca de 10 pessoas que estavam no banco de reservas do Nacional, invadiram o campo e investiram contra o árbitro, exigindo que consultasse o auxiliar, pois alegavam que tinha uma irregularidade no lance. Com isso os jogadores do Santos, com medo que o gol fosse anulado, também cercaram o árbitro, e começou um conflito generalizado. Abnel Gnecco ainda tentou reiniciar o jogo, mas como persistiram as pressões e ameaças, se refugiou no vestiário. Depois de longas reuniões, a partida se deu como encerrada, e o título foi dividido entre as duas equipes.
23/04/2003 – Nacional/URU 4 x 4 Santos
Gols: Alex aos 6min e Ricardo Oliveira aos 44min do primeiro tempo; Guerrero aos 12min, Robinho aos 20min, Peralta aos 26min, Scotti aos 36min, Ricardo Oliveira aos 39min e Benoit aos 51min do segundo tempo.
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Competição: Taça Libertadores da América
Árbitro: Horacio Elizondo (Argentina)
Auxiliares: Claudio Martin (Argentina) e Dario Garcia (Argentina)
Cartões amarelos: Eguren, Gustavo Alvez, Benoit e Juarez; André Luís, Elano e Diego (Santos).
Nacional: Munuá; Benoit, Lembo, Daniel Leites e Dadomo (Peralta); Vanzini, Eguren (Scotti), Morales e O’Neill; Guerrero (Juarez) e Gustavo Alvez. Técnico: Daniel Carreño
Santos: Fábio Costa; Reginaldo Araújo, Alex, André Luís e Léo (Rubens Cardoso); Paulo Almeida, Renato (Alexandre), Elano e Diego; Robinho e Ricardo Oliveira. Técnico: Emerson Leão
07/05/2003 – Santos 2 (3) x (1) 2 Nacional/URU
Gols: Ricardo Oliveira aos 9min, Eguren aos 38min e O’Neill aos 42min do primeiro tempo; André Luís aos 20min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Taça Libertadores da América
Árbitro: Héctor Baldassi (Argentina)
Auxiliares: Gabriel Brazenas (Argentina) e Alberto Barrientos (Argentina)
Cartões amarelos: André Luís, Alex, Elano, Ricardo Oliveira, Paulo Almeida (Santos); Eguren, Benoit, Machado, Curbello, Peralta (N)
Pênaltis: Ricardo Oliveira, Elano e Renato marcaram; Fábio Costa defendeu os chutes de Peralta, Morales e Juarez. Munúa fez o único do Nacional.
Santos: Fábio Costa; Elano, Alex, André Luís e Léo; Paulo Almeida, Renato, Nenê (Douglas) e Diego; Robinho e Ricardo Oliveira. Técnico: Emerson Leão
Nacional: Munúa; Benoit, Machado, Mendez e Curbello; Scotti, Vanzini (Juarez), Eguren e Morales; O’Neill (Mendez) e Alvez (Peralta). Técnico: Daniel Carreño

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *