Confrontos – Santos x Racing Club

Published On 10/10/2015 | Confrontos Internacionais - Clubes
Santos x Racing Club/ARG
14 jogos – 07 vitórias do Santos – 03 empates – 04 vitórias do Boca Juniors
29 gols marcados – 23 gols sofridos – saldo: +06
LISTA DE TODOS OS JOGOS:
26/03/1961 – Racing 2 x 2 Santos – Buenos Aires – Amistoso
28/09/1961 – Racing 2 x 4 Santos – Buenos Aires – Amistoso
03/02/1962 – Racing 3 x 8 Santos – Buenos Aires – Torneio Triangular de Buenos Aires
07/05/1964 – Racing 1 x 2 Santos – Avellaneda – Amistoso
31/01/1968 – Santos 2 x 1 Racing – Santiago, Chile – Torneio Octogonal do Chile
19/11/1968 – Santos 2 x 0 Racing – Palestra Itália – Recopa Sul–Americana
16/04/1969 – Racing 2 x 3 Santos – Avellaneda– Recopa Sul–Americana
29/11/1969 – Racing 2 x 1 Santos – Mar del Plata – Recopa Sul–Americana
09/12/1969 – Santos 0 x 2 Racing – Vila Belmiro – Recopa Sul–Americana
03/12/1986 – Racing 2 x 0 Santos – Buenos Aires – Amistoso
24/02/1988 – Racing 2 x 0 Santos – Avellaneda – Amistoso
03/03/1988 – Santos 0 x 0 Racing – Vila Belmiro – Amistoso
25/09/1997 – Racing 2 x 2 Santos – Avellaneda – Supercopa da Libertadores
28/10/1997 – Santos 3 x 2 Racing – Vila Belmiro – Supercopa da Libertadores
POR LOCALIDADES:
Na Argentina – 09 jogos – 04 vitórias – 02 empates – 03 derrotas
No Brasil – 04 jogos – 02 vitórias – 01 empate – 01 derrota
No Chile – 01 jogo – 01 vitória – 00 empate – 00 derrota
FICHAS TÉCNICAS:
28/09/1961 – Racing-ARG 2 x 4 Santos
Gols: Sosa aos 4min, Pelé aos 22min, Bé aos 20min, Pizuti aos 32min e Dorval aos 38min do primeiro tempo; Pelé aos 42min do segundo tempo.
Local: Estádio Tomas A. Ducó, em Buenos Aires, Argentina.
Competição: Amistoso
Público: 45.000 aproximadamente
Renda: 3.022.410 pesos
Árbitro: Juan Brozi
Racing: Negri; Anido, Sachi e Messias; Peano e Bianco; Corbatta, Pizuti, Mansilla, Sosa e Belem.
Santos: Laércio; Mauro e Dalmo; Getúlio, Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio, Bé (Zague), Pelé e Tite. Técnico: Lula
03/02/1962 – Racing-ARG 3 x 8 Santos
Gols: Coutinho aos 2min e aos 9min, Pepe aos 11min, Cielinkski (c) aos 43min e Sosa aos 40min do primeiro tempo; Cardenas aos 4min, Belém aos 12min, Pelé aos 19min, Coutinho aos 23min, Pepe aos 33min e aos 42min do segundo tempo.
Local: Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, Argentina.
Competição: Triangular de Buenos Aires (Taça Racing)
Público: 50.000 aproximadamente
Renda: 3.933.360 pesos ou Cr$ 19.350.000,00
Árbitro: Juan Carlos Pradaude
Racing: Negri, Bianco (Silas), Anido (Cielinkski) e Messias; Peano (Marsetta) e Sacchi; Corbata, Pizutti, Mansilla (Cardenas), Sosa e Belém
Santos: Laércio (Gylmar); Lima, Olavo, Calvet e Décio Brito; Zito (Getúlio) e Mengálvio (Tite); Dorval, Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe. Técnico: Lula
07/05/1964 – Racing-ARG 1 x 2 Santos
Gols: Coutinho aos 26min do primeiro tempo; Menotti aos 38min e Pelé aos 45min do segundo tempo.
Local: Estádio Avellaneda, em Buenos Aires, Argentina.
Competição: Amistoso
Público: 80.000 aproximadamente
Árbitro: Aurélio Bozalino (ARG)
Expulsos: Almir (Santos); Martin (Racing)
Racing: Carrinzo; Martin, Sachi e Fernandez (Messias); Baejo e Anido (Pastoriza), Dorval, Servina, Menotti, Olianak e Belen.
Santos: Gylmar; Lima, Modesto, Joel Camargo e Geraldino; Zito e Almir; Peixinho (Gonçalo), Coutinho, Pelé e Pepe (Batista). Técnico: Lula
– Dorval havia sido vendido ao Racing.
31/01/1968 – Santos 2 x 1 Racing-ARG
Gols: Orlandinho aos 23min e Ramos Delgado (c) aos 25min do primeiro tempo; Toninho aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Nacional de Santiago, em Santiago, Chile.
Competição: Torneio Octogonal do Chile
Público: 30.000 aproximadamente
Árbitro: Rafael Hormazabal (Chile)
Expulso: Joel (SFC)
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Geraldino; Lima e Negreiros (Clodoaldo); Orlandinho (Wilson), Douglas (Oberdan), Toninho e Edu. Técnico: Antoninho
Racing: Cejas; Vilanoba, Chabal, Diaz e Ruli; Basile e Maschio; Craldu (Cardoso), Wolf, Cardenas e Salomone.
19/11/1968 – Santos 2 x 0 Racing-ARG
Gols: Pelé aos 35min do primeiro tempo; Edu aos 12min do segundo tempo.
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo.
Competição: Recopa Sul-Americana de 1968
Árbitro: Esteban Marino (Uruguai)
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Negreiros e Clodoaldo; Edu (Manoel Maria), Toninho, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
Racing Club: Cejas; Chabay, Perfumo, Basile, Rubén Díaz; Marcos Cominelli (Mori), Rulli, Maschio (Wolff); Chaldú, Cárdenas, Salomone. Técnico Juan José Pizzuti.
16/04/1969 – Racing-ARG 2 x 3 Santos
Gols: Machado da Silva aos 10min do primeiro tempo; Toninho aos 2min e aos 7min, Machado da Silva aos 42min e Negreiros aos 43min do segundo tempo.
Local: Estádio Presidente Perón, em Avellaneda, Argentina.
Competição: Recopa Sul-Americana de 1968
Árbitro: Armando Pena Rocha (Uruguai)
Expulsos: Rulli e Negreiros
Racing Club: Cejas; Raúl Cardozo, Perfumo, Basile, Cabay; Cominelli (Wolff), Rulli; Cárdenas (Juan C. Lamelza), Walter Machado da Silva, Salomone, Miguel A. Adorno. Técnico: Juan José Pizzuti.
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel, Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Manoel Maria, Toninho, Douglas, Edu. Técnico: Antoninho.
29/11/1969 – Racing-ARG 2 x 1 Santos
Gols: Machado da Silva a 1min do primeiro tempo; Edu aos 9min e Machado da Silva aos 11min do segundo tempo.
Local: Estádio General San Martin, na Argentina.
Competição: Recopa Sul-Americana de 1969
Árbitro: Pablo Varga (Uruguai)
Racing: Cejas; Chabay, Paolino, Basile, Díaz; Rulli, Aguirre, Wolff (Cominelli); Cárdenas, Machado da Silva, Salomone (Adorno). Técnico: Juan José Pizzuti.
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Clodoaldo e Negreiros (Lima); Manoel Maria, Edu, Pelé e Abel (Luiz Carlos). Técnico: Antoninho.
09/12/1969 – Santos 0 x 2 Racing-ARG
Gols: Adorno aos 11min e Cárdenas aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Recopa Sul-Americana de 1969
Árbitro: Arthur Coelho Filho (Brasil)
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Lima (Nenê) e Clodoaldo; Edu, Luiz Carlos, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho.
Racing: Cejas; Paolino, Perfumo, Basile, Chabay; Rulli, Aguirre, Cominelli; Adorno, Machado da Silva, Cárdenas. Tecnico: Juan José Pizzuti.
25/09/1997 – Racing-ARG 2 x 2 Santos
Gols: Centeno aos 9min do primeiro tempo; Vilallonga aos 8min, Baez aos 27min e Arinélson aos 41mi ndo segundo tempo.
Local: Estádio Avellaneda, em Buenos Aires, Argentina.
Competição: Supercopa da Libertadores
Árbitro: Jorge Nieves (URU)
Cartões Amarelos: Rogério Seves e Caíco (SFC); Navas (RCB)
Cartão Vermelho: Caio (SFC)
Santos: Zetti; Anderson, Jean, Narciso e Rogério Seves; Marcos Bazílio (João Santos), Baiano (Élder), Caíco e Alexandre (Arinélson); Caio e Baez. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Racing: Nacho González; Navas, Brusco, Galván e Mac Allister (Zanetti); Micheline, Centeno, Gastón Córdoba (Diéz) e Rubén Capria; Marcelo Delgado e Vilallonga. Técnico: Carlos Babington
28/10/1997 – Santos 3 x 2 Racing-ARG
Gols: Macedo aos 22min do primeiro tempo; Vilallonga aos 10min, Sandro aos 27min, Marcos Assunção aos 28min e Delgado aos 29min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Supercopa da Libertadores
Público: 1.593 pagantes
Renda: R$ 7.425,00
Cartões Amarelos: Rogério Seves, Marco Assunção, Cáceres, Facciuto, Brusco
Santos: Edinho; Baiano, Jean, Sandro e Rogério Seves (Cássio); Marcos Assunção, Elder (Marcos Bazílio), Alexandre e Arinelson (Baez); Macedo e Muller. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Racing: Cáceres; Navas, Brusco, Arce e Macallister; Garcia (Centeno), Michelini, Facciuto e Cápria; Delgado e Vilallonga. Técnico: Carlos Babington

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *