Confrontos – Santos x Roma

Published On 16/01/2016 | Confrontos Internacionais - Clubes
Santos x Roma/ITA
06 jogos – 06 vitórias do Santos – 00 empate – 00 vitória da Roma
20 gols marcados – 08 gols sofridos – saldo: 12
LISTA DE TODOS OS JOGOS:
01/06/1960 – Roma 2 x 3 Santos – Roma – Troféu Giallorosso
21/06/1961 – Roma 0 x 5 Santos – Roma – Torneio Itália
15/06/1963 – Roma 3 x 4 Santos – Roma – Amistoso
29/06/1967 – Roma 1 x 3 Santos – Roma – Torneio Triangular de Florença
03/03/1972 – Roma 0 x 2 Santos – Roma – Amistoso
27/08/1998 – Roma 2 x 3 Santos – Roma – Amistoso
POR LOCALIDADES:
Na Itália – 06 jogos – 06 vitórias – 00 empate – 00 derrota
• Todos os jogos entre Santos e Roma foram realizados no Estádio Olímpico de Roma, casa do clube italiano. Sem tomar conhecimento, o Alvinegro venceu as seis oportunidades em que o enfrentou.
FICHAS TÉCNICAS:
01/06/1960 – Roma/ITA 2 x 3 Santos
Gols: Ghiggia aos 30min e Orlando aos 43min do primeiro tempo; Dorval aos 27min e aos 43min e Pelé aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, Roma, Itália.
Competição: Troféu Giallorosso
Público: 88.000
Renda: Cerca de Cr$ 12.000.000,00
Árbitro: Lo Bello (italiano)
Roma: Panetti; Zaglio (Giuliano), Griffith e Corsini; Losi e Guarnacco; Orlando, Pestrin, da Costa, Selmosson e Ghiggia (David).
Santos: Laércio; Mauro e Zé Carlos; Calvet, Formiga (Urubatão) e Zito; Sormani (Dorval), Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
21/06/1961 – Roma/ITA 0 x 5 Santos
Gols: Mengálvio aos 5min, Pelé aos 22min e aos 23min e Dorval aos 28min do primeiro tempo; Zito aos 16min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, Roma, na Itália.
Competição: Torneio Itália
Público: aproximadamente 100 mil pessoas.
Árbitro: Césarre Jonni
Santos: Laércio (Lalá); Mauro (Formiga) e Décio Brito; Getúlio, Lima e Dalmo; Dorval, Mengálvio (Zito), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Roma: Panetti (Labella); Montana e Corsni; Pestrin (Schiaffino), Losi e Giulano; Orlando (Menighelli), Lojacono (Ghiggia), Manfredini, Schiafino (Pestrin) e Senolssons.
15/06/1963 – Roma/ITA 3 x 4 Santos
Gols: Coutinho aos 15min e aos 42min, Pelé aos 21min e De Sisti aos 44min do primeiro tempo; Leonardi  aos 8min, Pelé aos 25min e Angelillo aos 44min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, Roma, na Itália.
Competição: Amistoso
Público: 60.000 aproximadamente
Árbitro: Ourevian (FRA)
Santos: Laércio (Silas); Mauro e Geraldino (Nenê); Dalmo, Calvet e Mengálvio; Dorval , Pagão (Haroldo), Coutinho, Pelé (Batista) e Pepe. Técnico: Lula
ASR: Mateucci; Fontana (Corzini), Losi e Berhmark; Pestrin e Casparnesi; Leonardi, Angelillo, Manfredini (Guarnachi), John Charles e Bisti.
29/06/1967 – Roma/ITA 1 x 3 Santos
Gols: Toninho aos 9min e Pelé aos 42min do primeiro tempo; Barzon aos 3min e Rildo aos 34min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, em Roma, Itália.
Torneio Triangular de Florença
Público: 35.000 aproximadamente
Árbitro: Mário Bernardis
Roma: Pizzamala (Ginulfi); Carpenetti, Oliveri, Sensibilli e Losi; Ossola e Colaussig; Peiró, Barizon, Carpanelli e Russo.
Santos: Cláudio; Carlos Alberto (Buglê), Joel Camargo, Orlando (Oberdan) e Geraldino (Rildo); Clodoaldo e Lima; Wilson (Edu), Toninho (Coutinho), Pelé e Abel (Pepe). Técnico: Antoninho
03/03/1972 – Roma/ITA 0 x 2 Santos
Gols: Oberdan aos 43min do primeiro tempo; Edu aos 32min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico de Roma, em Roma, Itália,
Público: 46.513 + 15.000 que entraram sem pagar (61.000 total)
Renda: Cr$ 500.000,00
Competição: Amistoso
Árbitro: Angonesi
Santos: Cejas (Edevar); Orlando Lelé, Paulo, Oberdan e Zé Carlos (Rildo); Léo Oliveira e Afonsinho (Nenê); Edu, Alcindo, Pelé e Ferreira. Técnico: Mauro Ramos de Oliveira
ASR: Ginulfi; Signori, Bet, Santarini e Petrelli; Saluatore, Del Sol e Vieri; Capellini (La Rosa), Zigon (Merotto depois Crosseti) e Franzoti (Pelegrini).
27/08/1998 – Roma/ITA 2 x 3 Santos
Gols: Anderson Lima aos 30min do primeiro tempo; Aristizábal aos 5min e aos 9min e Bartelt aos 12min e aos e 37min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico de Roma, em Roma, Itália,
Competição: Amistoso
Renda: 925.895.000 liras
Público: 61.509
Árbitro: Ceccarini di Livorno
Santos: Zetti; Anderson Lima (Gustavo Nery), Argel, Jean (Sandro) e Athirson (Élder); Claudiomiro, Narciso, Jorginho (Fernandes) e Lúcio (Alessandro); Aristizábal (Adiel) e Viola. Técnico: Émerson Leão.
ASR: Chimenti (Monsel); Candela, Antonio Carlos (Petruzzi), Aldair e Wome (Dal Moilo); Di Bagio (Conti), Di Francesco (Tomic), Alenitchen (Tomassi) e Gautieri (Paulo S.); Delvecchio (Barlet) e Totti (Frau).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *