Copa Conmebol – 1998

Published On 14/03/2014 | Copa Conmebol, Títulos
Por Gabriel Santana
Santos, em 14/03/2014
Atualizado, 21/10/2016

Devido ao título do Torneio Rio-São Paulo de 1997, o Santos ganhou o direito de disputar a 7ª edição da Copa Conmebol.
Foi a primeira e única vez que o time santista participou do torneio, e sob tiros e ameaças, o Santos conquistou mais um título internacional, na grande batalha de Rosário.

OITAVAS DE FINAIS
15/07 – Santos 2 x 1 Once Caldas-COL – Gols: Narciso e Viola; Vila Belmiro
21/07 – Once Caldas-COL 2 (2) x (3) 1 Santos – Gol: Jorginho; Palogrande
QUARTAS DE FINAIS
05/08 – LDU-EQU 2 x 2 Santos – Gols: Jorginho e Lúcio; Casa Blanca
11/08 – Santos 3 x 0 LDU-EQU – Gols: Claudiomiro e Viola [2]; Vila Belmiro
SEMIFINAIS
09/09 – Santos 0 x 0 Sampaio Corrêa-MA; Vila Belmiro
24/09 – Sampaio Corrêa-MA 1 x 5 Santos – Gols: Lúcio, Argel, Eduardo Marques, Adiel e Viola; Castelão
FINAIS
07/10 – Santos 1 x 0 Rosário Central-ARG – Gol: Claudiomiro; Vila Belmiro
21/10 – Rosário Central-ARG 0 x 0 Santos; Gigante Arroytio
Campanha:
CAMPEÃO; 08 jogos; 04 vitórias; 03 empates; 01 derrota; 14 GP; 06 GC
Artilheiros:
04 Gols: Viola
02 Gols: Jorginho, Lúcio e Claudiomiro
01 Gols: Narciso, Argel, Eduardo Marques e Adiel

FICHAS TÉCNICAS:
15/07/1998 – Santos 2 x 1 Once Caldas-COL
Gols: Narciso aos 5min do primeiro tempo; Valentierra aos 13min e Viola aos 21min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Cartões Amarelos: Foronda, Valencia, Valentierra; Jorginho, Claudiomiro e Athirson
Cartões Vermelhos: Viola e Valencia
Árbitro: Ricardo Grance (Paraguai)
Santos: Nando; Anderson, Argel, Jean e Athirson; Claudiomioro, Narciso, Jorginho (Fernandes), e Lúcio; Adiel e Viola. Técnico: Emerson Leão
Once Caldas: Henao; Cardona (Padilla), Villegas, Foronda, e Moreno, Valencia, Velásquez, Salcedo e Valentierra (Moreno); Galvan e Congo. Técnico: Javier Álvarez
21/07/1998 – Once Caldas-COL 2 (2) x (3) 1 Santos
Gols: Jorginho aos 9min e Valentierra aos 21min do primeiro tempo; Padilla ao 27min do segundo tempo.
Local: Estádio Palogrande, em Manizales, Colômbia.
Público: 20.311 presentes
Cartões Amarelos: Congo, Forondo; Argel, Arthison, Zetti, Jorginho, Elder e Jen
Árbitro: Paolo Borgosano (Venezuela)
Once Caldas: Henao; Lemus, Villegas, Foronda e Moreno; Padilla, Velásquez (Moreno), Salcedo (Quizena) e Valentierra ; Congo e Galván (Otero). Técnico: Javier Álvarez
Santos: Zetti; Anderson, Argel, Jean e Athirson; Claudiomiro (Elder), Narciso, Jorginho e Lúcio (Baez); Fernandes e Adiel (Alessandro). Técnico: Emerson Leão
05/08/1998 – LDU-EQU 2 x 2 Santos
Gols: Morales aos 19min e aos 24min e Jorginho aos 37min do primeiro tempo; Lúcio aos 28min do segundo tempo.
Local: Estádio Casa Blanca, em Quito, Equador.
Público: 20.000 aproximadamente
Cartões Amarelos: Anderson, Alessandro, Claudiomiro, Jean e Zetti; Carcelén, Hurado e Do Padro
Árbitro: Felipe Russi (Colômbia)
LDU: Espinosa, Tenorio, Do Padro, De La Cruz e Reasco; González (Obregón), Carcelén (Camargo), Gevara (Guamán) e Escobar; Hurtado e Morales. Técnico: Paulo Massa
Santos: Zetti; Anderson, Argel, Sandro (Jean) e Athirson; Claudiomiro, Marcos Bazillo, Jorginho e Alessandro (Adiel); Lúcio e Viola. Técnico: Emerson Leão
11/08/1998 – Santos 3 x 0 LDU-EQU
Gols: Claudiomiro aos 7min e Viola aos 24min e aos 37min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 4.731 pagantes
Cartões Amarelos: Claudiomiro, Viola e Anderson; Obregón, Tenório e Reasco
Cartão Vermelho: Morales
Árbitro: Rene Marcelo Ortube (Bolívia)
Santos: Zetti; Anderson, Argel, Sandro e Athirson (Adiel); Claudiomiro, Narciso (Elder), Jorginho e Lúcio; Alessandro (Fernandes) e Viola. Técnico: Emerson Leão
LDU: Espinoza, De La Cruz, Tenório, Rodrigo e Reasco; Carcelén, González, Obregón (Guamán) e Gevara (Denalcázar); Moralez e Hurtado (Flávio). Técnico: Paulo Massa
09/09/1998 – Santos 0 x 0 Sampaio Corrêa-MA
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 2.171 pagantes
Cartões Amarelos: Claudiomiro e Argel; Remerson, Refis e Macula
Cartão Vermelho: Regis
Árbitro: Luciano Almeida (DF)
Santos: Zetti; Anderson, Argel , Jean e Athirson; Claudiomiro, Narciso, Jorginho (Fernandes)(Fumagalli) e Lúcio; Adiel (Alessandro) e Viola. Técnico: Emerson Leão
Sampaio Corrêa: Carlos Alberto; Paulinho, Remerson (Oliveira), Nei e Ivan; Toninho, Regis, Massei e Adãozinho (Macula); Junior (Carlos Henrique) e Cal. Técnico: Julio César
24/09/1998 – Sampaio Corrêa-MA 1 x 5 Santos
Gols: Ivan aos 32min, Lúcio aos 39min, Argel aos 45min e Eduardo Marques aos 46min do primeiro tempo; Adiel aos 20min e Viola aos 24min do segundo tempo.
Local: Estádio Castelão, em São Luís, Maranhão.
Público: 95.720 presentes (Maior público da história do Maranhão, e 2º maior público da história da Região Nordeste).
Renda: R$ 957.200,00
Cartões Amarelos: Carlos Henrique, Eduardo Marques e Elder
Árbitro: Carlos Eugenio Simon (RS)
Sampaio Corrêa: Carlos Alberto; Paulinho, Remerson, Nei e Ivan; Toninho (Marcinho), Oliveira (Cal), Massei e Adãozinho; Junior (Carlos Henrique) e Paulo Roberto. Técnico: Julio César
Santos: Zetti; Anderson, Argel, Jean e Athirson (Gustavo Nery); Marco Bazilio, Narciso, Eduardo Marques (Elder), Lúcio (Adiel); Alessandro e Viola. Técnico: Emerson Leão
07/10/1998 – Santos 1 x 0 Rosário Central-ARG
Gol: Claudiomiro aos 28min do primeiro tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 14.175 pagantes
Cartões Amarelos: Anderson; Gerbaudo, Cappelletti, Marra, Daniele, Cuberas
Cartões Vermelhos: Viola e Jean; Carracedo e Bustos Montoya
Árbitro: José Luiz da Rosa (Uruguai)
Santos: Zetti; Anderson, Jean, Claudiomiro (Gustavo Nery) e Athirson; Marcos Bazillio, Narciso, Eduardo Marques (Fernandes) e Lúcio; Alessandro (Adiel) e Viola. Técnico: Emerson Leão
Rosário Central: Buljubasich; Marra, Gerbaudo, Cuberas e Jara; Hugo González, Daniele, Cappelletti (Villarreal) e Gaitán (Bustos Montoya); Carracedo e Scotto. Técnico: Edgardo Bauza
21/10/1998 – Rosário Central-ARG 0 x 0 Santos
Local: Estádio Gigante Arroytio, em Rosário, Argentina.
Público: 43.000 aproximadamente
Cartões Amarelos: Marra, Cappelletti, Cuberas e Flores; Sandro, Claudiomiro, Athirson, Bazillio e Narciso
Cartões Vermelhos: Daniele e Eduardo Marques
Árbitro: Ubaldo Aquino (Paraguai)
Rosário Central: Buljubasich; Marra (Cappelletti), Gerbaudo, Cuberas e Jara; Hugo González (Ezequiel González) Daniele, Rivarola e Gaintán; Flores e Maceraeis (Ruiz). Técnico: Edgardo Bauza
Santos: Zetti; Anderson, Sandro, Claudiomiro e Athirson; Marcos Bazilio, Elder. Narciso e Eduardo Marques; Fernandes (Baiano) e Alessandro (Adiel). Técnico: Emerson Leão
– Ocorrências: o Santos tinha apenas 16 jogadores com condições de jogo, sendo 3 goleiros.
– Trecho da matéria do jornal Folha da São Paulo:
“Em partida marcada por tiros da polícia argentina, ameaças de Leão não entrar em campo, brigas entre os jogadores e muitos objetos atirados contra os brasileiros, o Santos conquistou a Copa Conmebol.
A partida começou com 40 minutos de atrasos, porque os brasileiros temiam por sua segurança, depois de quase terem sido agredidos por torcedores argentinos ao chegarem ao estádio. Para conter a fúria da torcida do Rosário, policias tiveram que dar pelo menos 12 tiros, o que também serviu para assustar os santistas“

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *