David Pimenta – 1923-1929

Published On 03/10/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 03/10/2016

Nome completo – David Pimenta
Período – 1923-1929
Posição – Zagueiro
Nascimento – A confirmar
Jogos – 97
Gols – 06

Histórico – O zagueiro David, mais conhecido como David Pimenta, teve suas primeiras chances na equipe santista em 1923, mais precisamente no dia 27 de setembro.
A sua primeira aparição foi diante da Seleção Gaúcha, no empate em 2×2 na Vila Belmiro. O amistoso também marcou as estreias do goleiro sueco Agne, e dos atacantes Omar, Camarão e Siriri. Sob o comando de Urbano Caldeira, o Santos começava a montar um grande plantel.
Ao lado de Bilu, David Pimenta formou a dupla que mais atuou no período do amadorismo (pré-1933) pelo time santista. Ao todo, foram 82 partidas da dupla, que costumavam chegar firme nos adversários. Bilu era conhecido como o “Rei do Carrinho”, e David, constantemente era punido por faltas violentas.
Na partida diante do Corinthians, no dia 08 de junho de 1924, inconformados com a derrota, David e Alfredo Pires protagonizaram uma briga no campo corintiano, e foram punidos posteriormente pela APEA. O zagueiro não aceitava bem as derrotas.
Mesmo com o histórico violento, David se destacava nas marcações e principalmente nos desarmes, e em diversas ocasiões, foi capitão da equipe, e também convocado para defender a Seleção Paulista.
Ainda quando atuava, ao lado de Urbano Caldeira e de outros atletas do Santos, integrou o bloco carnavalesco “Flor do Ambiente”.
Em sua estadia na Vila Belmiro, David atuou ao lado de seu irmão, Renato Pimenta, de 1923-1928. Renato havia chegado um ano antes, em 1922, e David permaneceu um ano a mais, até 1929.
Em 1930, foi atuar pelo Fluminense, e foi recebido com grande festa nas Laranjeiras.
Após se aposentar, novamente ao lado de seu irmão, comandou o clube de pesca de Santos por vários anos, e também se dedicou a outros esportes. Era um exímio atleta de Remo do Clube de Regatas Tumiaru, e também se arriscava na Esgrima.

ESTREIA
27/09/1923 – Santos 2 x 2 Seleção do Rio Grande do Sul
Gols: Siriri [2]; Nenê [2].
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 864$200
Árbitro: Antonio Pedroso de Carvalho
SFC: Agne; David Pimenta e Bilu; Alfredo, Julio e Renato; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Hugo.
RS: Lara; Py e Esper; Ribeirão, Leão e Hugo; Mandarino, Nenê, Marcello, Genny e Ramão.
PRIMEIRO GOL
21/12/1924 – SC Sírio 2 x 2 Santos
Gols: David e Siriri – Emílio e Luiz Santos
Local: Campo da Floresta, em São Paulo.
Competição: Amistoso (Taça Jafet)
Árbitro: Anthero Molinaro
SFC: Agne; Bilu e David Pimenta; Rosa, Marba e Alfredo; Omar, Camarão, Siriri, Abel e Hugo.
SCS: Tuffy; Chicão e Artur; Pepe, Milanesi e Alvariza; Bisoca, Luis dos Santos, Emílio, Waldemar e Belline.
ULTIMA PARTIDA
29/09/1929 – Santos 6 x 1 Seleção de Santos
Gols: Feitiço (3), Cepo, Natinho e Camarão – Bedeco
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso (pró Casa Marcílio Dias)
Renda: R$ 4.250$000 (líquida)
Árbitro: Ascânio Bueno
SFC: Athiê; Aristides e David Pimenta; Osvaldo, Julio e Alfredo; Natinho, Camarão, Feitiço, Cepo e Evangelista. Técnico: Ramon Platero
ASEA: Aguinaldo; Nenucho e Pintanella; Nando, Eleutério (Benfica) e Nino; Valdemiro, Bedeco, Catitu, Lulu e Joca.

• Jogos e gols:
1923 – 01 jogo e 00 gol;
1924 – 23 jogos e 01 gol;
1925 – 24 jogos e 03 gols;
1926 – 18 jogos e 00 gol;
1927 – 17 jogos e 01 gol;
1928 – 03 jogos e 00 gol;
1929 – 11 jogos 01 gol;
Total: 97 jogos e 06 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;
Jornal “Mundo Esportivo”;
Jornal “Correio Paulistano”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *