As equipes que fugiram do Santos!

Published On 10/07/2014 | Memória Santista
Por Gabriel Santana,
Santos, 10/07/2014
Atualizado, 27/05/2016

 • Real Madrid, em 1965: Quando os espanhóis souberam que os organizadores do Torneio de Buenos Aires convidaram o Santos para participar, avisaram que não enfrentariam o clube brasileiro, apenas os clubes argentinos, sem darem maiores explicações. E o desejo do clube madrilenho foi respeitado. Boca Juniors/ARG e River Plate/ARG enfrentaram o Real Madrid e o Santos, e o único duelo que não ocorreu, foi entre o time santista e os espanhóis.
O Alvinegro que não deu importância ao fato, e conquistou mais um título para a sua galeria, e a fama de fujão do Real Madrid se espalhou pelo mundo naquela época.
• Milan, em 1959: Na abertura do Troféu Teresa Herrera, estava programado que Santos e Milan fariam o jogo inicial. Ao tomar conhecimento das goleadas que o Alvinegro aplicava pelo mundo a fora, prontamente o Milan pediu aos organizadores que adiassem o confronto e mais tarde desistiriam. Os italianos ficaram com tanto medo de levar uma goleada histórica, que preferiram fugir do Glorioso Alvinegro.
Internazionale de Milão, em 1969: Após perder para o Santos no primeiro jogo da final da  Recopa Mundial, em Milão, os italianos se recusaram a vir para o Brasil para a disputa da segunda partida. Alegavam que não tinham datas disponíveis para o confronto, mesmo quando o Alvinegro se prontificou em disputar a partida novamente em solo italiano.
• Corinthians, em 1929 e 1934: No dia 14/07/1929, em um amistoso, Santos e Corinthians enfrentaram-se na Vila Belmiro. Até a metade do segundo tempo empatavam por 2×2, até que numa jogada comum, Feitiço dividiu com Tuffy, e o jogador corintiano levou a pior. Del Debbio veio correndo e agrediu Feitiço “de modo insólito e verdadeiramente estúpido” (segundo transcrição do jornal “A Tribuna”, de 15/07/29). Esse fato gerou enorme confusão, com invasão de campo por dirigentes, muita briga, bate boca e tumulto generalizado pelo estádio. Aproveitando a confusão, os jogadores do Corinthians abandonaram o campo faltando ainda 20 minutos, alegando falta de condições para continuar a partida.
E em 1934, pelo Torneio Extra, um caça-níquel, que foi interrompido antes do término da competição.
• Internacional, em 1992: Os jogadores do Internacional simularam contusões quando o Santos já vencia por 4×0 e a partida foi interrompida antes dos 90 minutos por falta de jogadores.
Associação Atlética São Bento (clube extinto da capital), em 1926;
• Coritiba, em 1989 (fato que causou o rebaixamento do clube paranaense);
• Fichas Técnicas:
14/07/1929 – Santos 2 x 2 Corinthians
Gols: Feitiço e Evangelista; Peres e Rato.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Expulso: Del Debbio (SCCP)
Santos: Athié; Amorim e David Pimenta; Oswaldo, Júlio e Alfredo; Siriri, Camarão, Feitiço, Holl e Evangelista.
Corinthians: Tuffy; Grané e Del Debbio; Nerino, Guimarães e Leone; Apparício, Peres, Gambinha, Rato e Rodrigues.
30/03/1992 – Santos 4 x 0 Internacional
Gols: Paulinho McLaren aos 18min do primeiro tempo; Cilinho aos 12min e aos 15min e Axel aos 25min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Brasileiro
Público: 7.491 pagantes
Renda: Cr$ 33.296.000
Árbitro: José Roberto Wright
Expulsões: Marquinhos, Gerson e Fernandez (INT);
Santos: Sérgio; Carlinhos (Guga), Pedro Paulo, Luís Carlos e Marcelo Veiga; Axel, Zé Renato e Sérgio Manoel; Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Cilinho. Técnico: Geninho
Internacional: Fernandez; Celio Lino, Célio Silva (Sandro), Norton e Canhoto; Elson, Marquinhos, Zinho (Maizena) e Lima; Julio e Gerson. Técnico: Antonio Lopes

2 Responses to As equipes que fugiram do Santos!

  1. O SANTOS É SEMPRE SANTOS OS OUTROS NÃO CONHEÇO

  2. Pingback: Medo Ou Respeito ? O dia que eles fugiram | LoucoPeloSantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *