Evangelista – 1925-1931

Published On 09/02/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana,
Santos, 09/02/2017

Nome completo – João Evangelista dos Santos
Período – 1925-1931
Posição – Atacante (ponta-esquerda)
Nascimento – 28 de dezembro de 1902, em Mocambo, Sergipe
Jogos – 125
Gols – 54

Histórico – O excelente ponta Evangelista, iniciou sua carreira atuando pelo “Quadro B” da Portuguesa Santista, em 1923. Foi promovido à equipe principal em 1924, quando o titular da posição, Arnaldo, se contundiu gravemente.
Permaneceu na “Briosa” até o ano de 1925, quando o goleiro santista, Ballio, que o conhecia do Externato Santa Cruz, o convidou para realizar testes no Santos. Evangelista impressionou o comandante Urbano Caldeira, e em 15 dias, o ponteiro-esquerdo já estava atuando na equipe principal do Santos.
Sua estreia ocorreu diante da Associação Atlética das Palmeiras, uma das equipes mais respeitadas da época. E com todo respeito, o Alvinegro a goleou por 5×0, com dois gols do estreante.
Em 1927, Evangelista fez parte da famosa linha do “Ataque dos 100 Gols”, ao lado de Siriri, Omar, Camarão, Feitiço e Araken. Naquela temporada, o Alvinegro assinalou exatos 100 gols em 16 partidas pelo Campeonato Paulista. Evangelista, foi responsável por 12 gols naquele ano, além das inúmeras assistências.
Entre 1926-1929, era presença constante na Seleção Paulista, onde atuou 10 jogos e marcou 6 gols. Foi Campeão Brasileiro de Seleções em 1929, ao lado de Athié, Feitiço e Camarão, seus companheiros de Vila Belmiro.
Sua principal característica era a velocidade. Aproveitava esse atributo para avantajar-se, na corrida, ao seu marcador. Era difícil o alcançar, e quase sempre, Evangelista conseguia chegar até a linha de fundo para realizar o cruzamento. Para alertar seus companheiros sobre os cruzamentos , batia palmas, e pela intensidade das palmas, diferenciava quando o cruzamento era rasteiro ou pelo alto.
Permaneceu na equipe santista até o ano de 1931. Ao todo, marcou 54 gols pelo time santista.
“Foi, sem dúvida, João Evangelista, um dos mais completos ponteiros canhotos do Brasil” De Vaney, em “Os Imortais do nosso Futebol”.

ESTREIA E PRIMEIROS GOLS
22/03/1925 – Santos 5 x 0 A.A. Palmeiras
Gols: Evangelista [2], Hugo [2] e Batista.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos
Competição: Amistoso (Taça Prefeitura Municipal de Santos – em benefício aos flagelados do RJ)
Renda: R 2:848$000
Árbitro: Não informado
SFC: Agne; Bilu e David; Rosa, Alfredo e Batista; Omar, Camarão, Siriri, Evangelista e Hugo.
AAP: Não informado
ULTIMA PARTIDA
05/11/1931 – Santos 0 x 4 Hespanha FC
Gols: Negreiros (2), Juqueí e Carrera.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso (“melhor de três”)
Árbitros: Manoel Pires; Antonio Abelha; Edgard Marques
SFC: Victor Lovechio; Sylvio e Meira (Pinheiro); Osvaldo, Roberto e Julio; Victor Gonçalves, Camarão (Moran), Mario Seixas, Orlando e Evangelista (Strauss).
EFC: Raul; Dito e Pedro; Seleto, Dino e Frederico; Bonelli, Odino, Negreiros, Juquiá e Carrera.

• Jogos e gols:
1925 – 03 jogos e 02 gols;
1926 – 11 jogos e 07 gols;
1927 – 21 jogos e 12 gols;
1928 – 20 jogos e 08 gols;
1929 – 21 jogos e 15 gols;
1930 – 31 jogos e 08 gols;
1931 – 18 jogos e 02 gols;
Total – 125 jogos e 54 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Jornal “A Tribuna de Santos”;
“Os imortais do nosso Futebol”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *