Excursão para a América do Sul – 1960

Published On 27/05/2014 | Excursões Internacionais
Por Gabriel Santana
Santos, 27/05/2014
Atualizado, 17/02/2017

Antes de começar o Torneio Rio-São Paulo de 1960, o Santos aproveitou a folga no calendário, e realizou uma Excursão para a América do Sul.
A excursão durou praticamente um mês, e o Alvinegro Praiano realizou amistosos em três países, com novamente um grande desempenho.

• Países visitados: Peru, Colômbia e Equador.
Cidades visitadas: Lima, Medellín, Cali, Bogotá e Quito.
• Total de Partidas: 10 jogos; 06 vitórias; 02 empates; 02 derrotas; 24 GP; 14 GC;
• Artilheiros da excursão:
07 Gols: Dorval
06 Gols: Pepe
03 Gols: Ney
02 Gols: Pagão e Pelé
01 Gol: Zito, Mário, Urubatão e Afonsinho

JOGOS POR PAÍSES:
• Peru
16/02/1960 – Universitário 2 x 2 Santos – Gols: Ney e Pepe
18/02/1960 – Sporting Cristal 3 x 3 Santos – Gols: Pepe e Pagão [2]
24/02/1960 – Alianza Lima 1 x 2 Santos – Gols: Dorval e Pepe
26/02/1960 – Universitário 3 x 2 Santos – Gols: Dorval e Pepe
• Colômbia
06/03/1960 – Independiente Medelín 1 x 2 Santos – Gols: Pelé e Urubatão
09/03/1960 – América de Cali 0 x 1 Santos – Gol: Dorval
12/03/1960 – Milionários 2 x 1 Santos – Gol: Pepe
13/03/1960 – Deportivo Cali 0 x 4 Santos – Gols: Dorval [2], Zito e Pelé
16/03/1960 – América de Cali 0 x 1 Santos – Gols: Ney
• Equador
20/03/1960 – Aucas 2 x 6 Santos – Gols: Dorval [2], Pepe, Afonsinho, Ney e Mário

FICHAS TÉCNICAS:
16/02/1960 – Universitário 2 x 2 Santos
Gols: Ney e Pepe; Uribe e Jamie Ruiz
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima, no Peru.
Público: 55.000 aproximadamente
Árbitro: Alberto Tejada
Universitário: Zegarra; Soria, Fernandez e Salas; Arquedas e Calderón; Jaime Ruiz, Uribe, Marquez, Daniel Ruiz e Vilalba.
Santos: Laércio; Getúlio e Dalmo; Urubatão, Formiga e Zito; Dorval, Mário (Afonsinho), Ney, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
18/02/1960 – Sporting Cristal 3 x 3 Santos
Gols: Miguez aos 10min, Pepe aos 15min e Pasache aos 22min do primeiro tempo; Delgado aos 5min, Pagão aos 21min e aos 29min do segundo tempo.
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima, no Peru.
Público: 25.000 aproximadamente
Árbitro: Fritz Mayer
Sporting Cristal: Ascar; Campos, Ruiz e Carmona; Escati e Bertoli; Pasache (Zunino)(Gallardo), Nieri, Miguez (Lama), Terry e Delgado.
Santos: Laércio; Urubatão, Getúlio e Dalmo; Formiga e Zito; Dorval, Mário (Afonsinho), Ney, Pelé (Pagão) e Pepe. Técnico: Lula
24/02/1960 – Alianza Lima 1 x 2 Santos
Gols: Dorval aos 14min e Pepe aos 21min do primeiro tempo; Gallardo aos 39min do segundo tempo.
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima, no Peru.
Público: 25.000 aproximadamente
Árbitro: Erwin Hiegger
Alianza Lima: Riquelme; Alen, Donayre e Carmona; Benitez e De La Veja; Castillo, Vargas (Lavalle), Nakajata (Gallardo), Mosquera, Barbadillo e Quiñonez.
Santos: Laércio; Getúlio e Dalmo (Feijó); Urubatão, Formiga (Fioti) e Zito (Calvet); Dorval, Mário, Pagão (Ney), Pelé (Afonsinho) e Pepe. Técnico: Lula
26/02/1960 – Universitário 3 x 2 Santos
Gols: Dorval e Pepe; Uribe [2] e Daniel Ruiz
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima, no Peru.
Árbitro: Fritz Mayer
Universitário: Zegarra; Soria, Fernandez e Salas; Arquedas (Gutierrez) e Calderón; Jaime Ruiz, Iwasaki, Uribe, Daniel Ruiz e Vilalba.
Santos: Laércio; Urubatão, Getúlio e Dalmo (Feijó); Formiga (Fioti) e Zito; Dorval, Afonsinho, Pagão, Pelé (Ney) e Pepe. Técnico: Lula
06/03/1960 – Independiente Medelín 1 x 2 Santos
Gols: Arredondo aos 15min, Pelé aos 30min e Urubatão aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Atanásio Girardot, em Medellín, na Colômbia.
Público: 30.000 aproximadamente
Árbitro: Obdulio Galo
Independiente: Caimán; Castro, Canocho e Canino; Héctor, Fernandéz e Retamozo; Arredondo (Refuerzo), Marino (González), Lanza, Campillo (Guzmán).
Santos: Laércio; Getúlio e Dalmo; Fioti (Feijó), Urubatão e Zito; Dorval, Mário (Afonsinho), Pagão (Ney), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
09/03/1960 – América de Cali 0 x 1 Santos
Gol: Dorval aos 36min do segundo tempo.
Local: Estádio Pascual Guerrero, em Cali, na Colômbia.
Público: 17.800
Árbitro: Guilhermo Velazques
América: Mejia; Mousegne, Britos e Sanchez; Ruiz e Castronuovo; Rengifo, Vairo, Zanini (Cejas), Lopez e Shinola.
Santos: Laércio; Getúlio e Dalmo; Fioti (Feijó), Urubatão (Formiga) e Zito; Dorval (Afonsinho), Mário (Ney), Pagão (Tite), Pelé e Pepe. Técnico: Lula
12/03/1960 – Milionários 2 x 1 Santos
Gols: Pepe; Castro e Pizzaro
Local: Estádio El Campin, em Bogotá, na Colômbia.
Árbitro: Obdulio Galo
Milionários: Centurion; Moyano, Bolla e Diaz; Zuluaga e Gallego; Acevedo, Larraz, Klinger, Castro e Pizarro.
Santos: Laércio; Fioti, Getúlio e Dalmo (Feijó); Formiga (Zito) e Urubatão; Dorval, Mário (Ney), Pagão (Tite), Pelé (Afonsinho) e Pepe. Técnico: Lula
13/03/1960 – Deportivo Cali 0 x 4 Santos
Gols: Dorval aos 29min e Zito aos 32min do primeiro tempo; Pelé aos 7min e Dorval aos 20min do segundo tempo.
Local: Estádio Pascual Guerrero, em Cali, na Colômbia.
Público: 10.000 aproximadamente
Árbitro: Ovidio Orrego
Deportivo: Asciolo (Fernandez Sierra); Ayala, Tejada e Suarez; Rickens (Rolles) e Sierro; Arredondo, Muzzo, Marino, Home e Marcarian (Paleto).
Santos: Laércio (Lalá); Fioti, Getúlio e Feijó; Formiga (Urubatão) e Zito; Tite (Pagão), Mário (Ney), Dorval (Afonsinho), Pelé e Pepe. Técnico: Lula
16/03/1960 – América de Cali 0 x 1 Santos
Gol: Ney aos 34min do segundo tempo.
Local: Estádio Pascual Guerrero, em Cali, na Colômbia.
Renda: Cr$ 1.800.000,00
Árbitro: Carlos Lanao
América: Montaño; Sanchez, Brittos e Abadía; Ruiz e Castronovo; Rengifo, Vairo, Zazini (Cejas), Lopez e Shinoia.
Santos: Laércio; Urubatão, Getúlio e Feijó; Formiga e Zito (Fioti); Dorval (Afonsinho), Ney, Pagão (Tite), Pelé e Pepe (Mário). Técnico: Lula
20/03/1960 – Aucas 2 x 6 Santos
Gols: Pepe aos 15min, Dorval aos 29min, Ney aos 40min e Afonsinho aos 45min do primeiro tempo; Mayer aos 12min, Mário aos 41min, Ferrero aos 42min e Dorval aos 44min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, em Quito, no Equador.
Renda: Cr$ 2.175.760,00
Árbitro: Leonardo Hidalgo
Aucas: Reynoso (Rey); Guerrero, Bianco (Carrero) e Gongora (Paiela); Castillo e Arebas; Sevallos, Patriti, Mayer, Ferrero e Pozzo.
Santos: Laércio (Lalá); Fioti, Getúlio e Feijó; Zito (Urubatão) e Formiga; Dorval, Ney, Pagão (Afonsinho), Pelé (Mário) e Pepe (Tite). Técnico: Lula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *