Excursão pelas Américas – 1961

Published On 29/05/2014 | Excursões Internacionais
Em 1961, o Santos excursionou pelas Américas. Sul, Central e Norte, todas receberam o futebol arte do Alvinegro Praiano!
Foram 13 partidas disputadas, com a incrível marca de 9 vitórias e 45 gols marcados. Entre as vítimas, duas seleções nacionais e os principais times locais dos países visitados.
Além dos amistosos realizados, o time da Vila disputou e conquistou o Triangular da Costa Rica e o Pentagonal de Guadalajara, além de ter participado o também o Pentagonal do México.
• Países visitados: Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala e México.
• Cidades: Santiago, Cali, San José, Cidade de Guatemala, Cidade do México e Guadalajara.
• Total de partidas: 13 jogos; 09 vitórias; 03 empates; 01 derrota; 45 GP; 20 GC; 25 SG
• Jogos:
14/01 – Colo-Colo-CHI 1 x 3 Santos
18/01 – Seleção da Colômbia 1 x 2 Santos
22/01 – Saprissa-CRC 3 x 7 Santos
25/01 – Herediano-CRC 0 x 3 Santos
29/01 – Seleção da Guatemala 1 x 4 Santos
02/02 – Necaxa-MEX 4 x 3 Santos
09/02 – Chivas Guadalajara-MEX 0 x 0 Santos
12/02 – Oro Jalisco-MEX 2 x 2 Santos
16/02 – Independiente-ARG 1 x 4 Santos
19/02 – Chivas Guadalajara-MEX 2 x 6 Santos
22/02 – América-MEX 2 x 6 Santos
24/02 – Atlas-MEX 0 x 2 Santos
26/02 – América-RJ 3 x 3 Santos
Artilheiros da excursão:
11 Gols: Coutinho
10 Gols: Pelé
07 Gols: Pepe e Dorval
05 Gols: Pagão
02 Gols: Zito
01 Gol: Calvet, Mengálvio e Ney
Fichas Técnicas:
14/01/1961 – Colo-Colo-CHI 1 x 3 Santos
Gols: Pelé aos 34min do primeiro tempo; Dorval aos 16min, Bello aos 33min e Pelé aos 39min do segundo tempo.
Local: Estádio Nacional de Santiago, em Santiago, Chile.
Competição: Amistoso
Público: 42.518 + 3.487 sócios (46.005)
Renda: 45.224 escudos chilenos
Árbitro: Sérgio Bustamente
Colo-Colo: Escutti; Peña, Fernando Navarro e Montalva (Sérgio Navarro); Guevara e Ortiz; Moreno (Betta), Hormazabal, Soto (Alvarez), Toro e Bello.
Santos: Laércio; Mauro e Zé Carlos; Dalmo, Calvet (Fioti) e Zito; Dorval (Sormani), Mengálvio (Ney), Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
18/01/1961 – Seleção da Colômbia 1 x 2 Santos
Gols: Pelé [2]; Aceros.
Local: Estádio Pascual Guerreiro, em Cali, Colômbia.
Competição: Amistoso
Público: 25.003 pagantes
Renda: Cr$ 4.924.504,00
Árbitro: Salatiel Bonilla
Colômbia: Sanchez; Zuluega, Echeverri e Calle; Serrano e Silva; Arango (Carrillo), Tapias, Perez, Aceros e Arias.
Santos: Laércio; Mauro e Zé Carlos; Dalmo, Calvet (Fioti) e Zito; Dorval, Mengálvio (Sormani), Coutinho (Ney), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
22/01/1961 – Saprissa-CRC 3 x 7 Santos
Gols: Coutinho [4], Ney, Pagão e Pelé; Feo Rojas, Vivón Gaban e Catato.
Local: Estádio Nacional de San José (La Sabana), em San José, Costa Rica.
Competição: Triangular da Costa Rica.
Público: 32.500 aproximadamente
Renda: Cr$ 3.202.920,00
Árbitro: Carlos Luiz Monge
Saprissa: Flaco Perez; Giovanni, Catato e Alex; Cortez e Tulio (Hernandez); Vivón Gaban, Feo Rojas (Cuti Monge), Marvim, Quiroz e Ruben.
Santos: Laércio; Dalmo, Mauro e Zé Carlos; Fioti e Zito; Dorval (Sormani), Mengálvio (Pagão), Coutinho (Ney), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
25/01/1961 – Herediano-CRC 0 x 3 Santos
Gols: Pelé, Pagão e Dorval.
Local: Estádio Nacional de San José (La Sabana), em San José, Costa Rica.
Competição: Triangular da Costa Rica.
Público: 28.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 3.779.366,20
Árbitro: Staneley Monge
Herediano: Hernán; Chávez, Manelo e McDonald; Cayaca e Edgar; Carpio, Garita, Matamoros (Ferguson), Marinque e Cuico.
Santos: Laércio; Dalmo, Mauro e Zé Carlos; Fioti e Zito; Dorval, Mengálvio,
Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe.
29/01/1961 – Seleção da Guatemala 1 x 4 Santos
Gols: Pelé [2], Coutinho e Pepe; Gamboa II.
Local: Estádio Mateos Flores, na Cidade de Guatemala, em Guatemala.
Competição: Amistoso
Público: 13.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 1.892.406,25
Árbitro: Pablo Torrin Perez
Guatemala: Urriola (Gamboa I); Orte, Chales e Garcia; Posadas (Sanchez) e Casteneda; Contreras (Gamboa II), Roldan, Macela Pensamiento e Peña.
Santos: Laércio (Lalá); Mauro (Formiga) e Zé Carlos; Dalmo , Calvet e Zito (Fioti); Dorval (Sormani), Mengálvio (Ney), Coutinho (Pagão), Pelé (Tite) e Pepe.
Técnico: Lula
02/02/1961 – Necaxa-MEX 4 x 3 Santos
Gols: Dante Juarez aos 2min, Agustín Peniche aos 10min, Pepe aos 15min e Coutinho aos 31min do primeiro tempo; Ortiz aos 7min, Pepe aos 17min e Dante Juarez aos 23min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México, México.
Competição: Pentagonal do México
Público: 55.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 10.455.000,00
Árbitro: Ramiro Garcia
Necaxa: Jorge Morelos; González, Dellacha, Pedro Romero e Tomás Reynoso; Giacomini e Baeza; Evaristo (Noriega), Dante Juarez, Ortiz e Agustín Peniche.
Santos: Laércio; Dalmo, Mauro (Formiga) e Zé Carlos; Zito e Calvet; Dorval, Mengálvio (Ney), Coutinho, Pelé (Pagão) e Pepe. Técnico: Lula
09/02/1961 – Chivas Guadalajara-MEX 0 x 0 Santos
Local: Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México, México.
Competição: Pentagonal do México
Público: 50.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 9.860.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Chivas: Gomez; Chaires, Sepulveda e Villegas; Jasso e Panchito Florez; Diaz, Reyes, Gutierrez (Hernandes), Ponce e Jara (Arellano).
Santos: Laércio; Fioti, Mauro e Zé Carlos; Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pagão (Sormani) e Pepe. Técnico: Lula
12/02/1961 – Oro Jalisco-MEX 2 × 2 Santos
Gols: Pagão aos 16min, Mercado aos 18min e Calvet aos 30min do primeiro tempo; Mercado aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México, México.
Competição: Pentagonal do México
Público: 70.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 11.050.000,00
Árbitro: Juan Rodriguez
Oro: Mota; Pena, Colmenero e Chavira; Carlito e Ruvalcaba; Belmonte, Gamboa, Juraic, Neco e Mercado.
Santos: Laércio; Mauro, Calvet (Formiga) e Dalmo; Fioti e Zito; Dorval (Ney), Mengálvio, Pagão (Sormani), Coutinho e Pepe (Tite). Técnico: Lula
16/02/1961 – Independiente-ARG 1 x 4 Santos
Gols: Zito aos 14min do primeiro tempo; Coutinho aos 10min, Dorval aos 12min, Pagão aos 14min e Garro aos 37min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México, México.
Competição: Pentagonal do México
Público: 70.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 11.200.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Independiente: Toriani (Leiva); Acevedo, Navarro e Rolan; Mendez e Maldonado; Vasquez, D’Ascenso (Garro), Abelledo, Douksas e Gimenez.
Santos: Laércio (Lalá); Fioti, Mauro (Formiga) e Dalmo; Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio (Sormani), Pagão (Ney), Coutinho e Pepe (Tite). Técnico: Lula
19/02/1961 – Chivas Guadalajara-MEX 2 x 6 Santos
Gols: Mellone aos 4min, Mengálvio aos 8min, Coutinho aos 23min e Pepe aos 30min do primeiro tempo; Pagão aos 3min, Pepe (p) aos 7min, Dorval aos 18min e Hector Hernandez aos 19min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Público: 50.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 6.700.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Chivas Guadalajara: Gomez; Chairs, Sepuvelda e Viliegas; Jasso e Flores; Jara, Reyes, Mellone, Ponce e Arellano (Hector Hernandez). Técnico: Javier de La Torre
Santos: Laércio; Mauro (Ney), Dalmo e Zé Carlos; Zito (Formiga) e Fioti; Dorval
(Sormani), Mengálvio, Pagão (Pelé), Coutinho e Pepe (Tite). Técnico: Lula
22/02/1961 – América–MEX 2 x 6 Santos
Gols: Pepe aos 14min e Dorval aos 37min do primeiro tempo; Mercado aos 16min, Pelé aos 19min e aos 29min, Pavés aos 30min, Zito aos 37min e Coutinho aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.700,000,00
Árbitro: Franco Ramiro Garcia
Auxiliares: Juan Mena e Roberto Jiménez
América: Herta; Bosco, Portugal e Lemus; Schandlein e Najera; Valdés (Mercado), Piña (Gómez), Palmer (Pavés), Jasso (Leaky) e Quintanar.
Santos: Laércio (Lalá); Fioti, Mauro e Dalmo (Zé Carlos); Zito e Calvet (Formiga); Dorval, Ney (Mengálvio), Pagão (Pelé), Coutinho e Pepe. Técnico: Lula
24/02/1961 – Atlas-MEX 0 x 2 Santos
Gols: Dorval aos 20min e Coutinho aos 31min do primeiro tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.200.000,00
Árbitro: Rafael Valenzuela
Atlas: Marcelino; Farfán, Palmareño e Zárate (Del Muro); Flores, Del Aguila e Cisneros; Carlos González (Grillo Contreras), Pistache, Torres e Pisto Hermosillo.
Santos: Laércio; Mauro (Formiga), Dalmo (Zé Carlos) e Fioti; Zito e Calvet; Dorval
(Sormani), Mengálvio, Pagão (Pelé), Coutinho (Ney) e Pepe. Técnico: Lula
26/02/1961 – Santos 3 x 3 América-RJ
Gol: Quarentinha aos 18min, Antoninho aos 30min e Coutinho aos 43min do primeiro tempo; Quarentinha aos 2min, Pepe aos 25min e Dorval aos 35min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.590.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Santos: Laércio; Mauro, Dalmo (Zé Carlos)(Formiga) e Fioti; Zito e Calvet;
Dorval, Mengálvio, Coutinho (Sormani), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
América: Pompéia; Djalma Dias, Amaro e Jorge; Santos e Ivan; Nilo (Decio), Antoninho (Valencia), Quarentinha, João Carlos e Calazans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *