Excursão pelas Américas – 1971

Published On 19/03/2015 | Excursões Internacionais
Por Gabriel Santana
Santos, 19/03/2015
Atualizado, 10/02/2016

Logo no início de 1970, o Santos realizou uma produtiva Excursão, pela América do Sul, América Central e América do Norte. Em pouco mais de um mês, disputou 13 jogos, com 10 vitórias, 02 empates e apenas uma derrota!
Mais uma viagem bem sucedida, e o Alvinegro expandia seu futebol por áreas desconhecidas pelo futebol, como Panamá, Martinica, Guadalupe, Suriname e Haiti.
Durante a Excursão, o Santos disputou e venceu o Torneio de Kingston, diante da Seleção da Jamaica e do Chelsea/ING.

• Países visitados: Colômbia, Bolívia, Panamá, Martinica, Guadalupe, Suriname, Jamaica, El Salvador e Haiti.
• Cidades visitadas: Cochabamba, La Paz, Cidade do Panamá, Fort de France, Point-a-Pitre, Paramaribo, Kingston, Bogotá, Medellín, Cali, San Salvador e Port-au-Prince.
• Total de partidas: 13 jogos; 10 vitórias; 02 empates; 01 derrota; 31 GP; 13 GC;
• Jogos:
13/01 – Seleção de Cochabamba-COL 2 x 3 Santos
16/01 – Bolívar-BOL 0 x 4 Santos
19/01 – Atlético Marte-ES 1 x 1 Santos
23/01 – Seleção de Martinica 1 x 4 Santos
26/01 – Seleção de Guadalupe 1 x 2 Santos
28/01 – Transvaal-SUR 1 x 4 Santos
01/02 – Seleção da Jamaica 1 x 1 Santos
03/02 – Chelsea-ING 0 x 1 Santos
05/02 – Millonarios-COL 2 x 3 Santos
07/02 – Atlético Nacional-COL 1 x 3 Santos
11/02 – Deportivo Cali-COL 2 x 1 Santos
14/02 – Alianza-ES 1 x 2 Santos
18/02 – Seleção do Haiti 0 x 2 Santos
• Artilheiros da excursão:
10 gols: Pelé
08 gols: Edu
04 gols: Douglas
02 gols: Léo Oliveira e Picolé
01 gol: Nenê Belarmino, Abel, Árlem, Orlando e Lima
FICHAS TÉCNICAS:
13/01/1971 – Seleção de Cochabamba-COL 2 x 3 Santos
Gols: Léo Oliveira, Pelé e Nenê; Balcazar e Revolto.
Local: Estádio Felix Capriles, em Cochabamba, Colômbia.
Competição: Amistoso
Público: 18.000 aproximadamente
Árbitro: Alberto Dasza
Seleção: Issa; Oliveira, Perez, Valdívia e Molina; Jimenez e Balcazar; Lopoes (Rimazza), Cabrera, Rocha e Revolto.
Santos: Cejas (Edevar); Lima, Ramos Delgado (Paulo), Orlando Lelé (Oberdan) e Rildo (Turcão); Léo Oliveira e Nenê (Marçal); Árlem, Picolé (Douglas), Pelé e Edu (Abel). Técnico: Antoninho
16/01/1971 – Bolívar-BOL 0 x 4 Santos
Gols: Pelé aos 20min e aos 26min do primeiro tempo; Douglas aos 31min e Edu aos 35min do segundo tempo.
Local: Estádio Hernan Siles, em La Paz, Bolívia.
Competição: Amistoso
Público: 20.000 aproximadamente
Árbitro: Oscar Ortube
Bolívar: Calarza; Cayo, Jujan, Achi e Gojas; Costa e Rada (Raez); Blacutt, Gonzales, Coutinho (Garay) e Gomes.
Santos: Cejas (Edevar); Lima, Ramos Delgado (Paulo), Orlando Lelé (Oberdan) e Rildo (Turcão); Léo Oliveira (Marçal) e Nenê; Árlem (Abel), Picolé (Douglas), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
19/01/1971 – Atlético Marte-ES 1 x 1 Santos
Gol: Picolé aos 32min e Elenílson aos 46min do primeiro tempo;
Local: Estádio La Revolutión, em Cidade do Panamá, Panamá.
Competição: Amistoso (Troféu Comemorativo)
Público: 30.000 aproximadamente
Árbitro: José Moran
Atlético: Magaña; Mejia, Baello, Castro e Castillo; Avila (Lenzina) e Condomi; Tapia (Jacques), Mendez (Espinoza), Elenílson e Aparicio.
Santos: Cejas; Lima, Ramos Delgado, Orlando Lelé e Rildo; Léo Oliveira e Nenê (Marçal); Árlem (Abel), Picolé (Douglas), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
– Ocorrências: O Santos recebeu um troféu de 1,5 m de altura, por ter marcado o 1º gol da temporada do Panamá.
23/01/1971 – Santos 4 x 1 Seleção de Martinica
Gols: Abel, Douglas, Edu e Pelé; Aurella
Local: Fort de France, Martinica.
Competição: Amistoso
Árbitro: Messagé
Santos: Cejas (Edevar); Lima, Ramos Delgado (Paulo), Orlando Lelé (Oberdan) e Rildo; Léo Oliveira (Marçal) e Nenê (Turcão); Árlem (Abel), Picolé (Douglas), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
Martinica: Mardaye (Dechavigny); Lutbert, Chevron, Girondin e Jean (Bourdar); Jean-Noel (Beppo) e Lassource; Laposte, Andre, Cayol e Aurella.
26/01/1971 – Santos 2 x 1 Seleção de Guadalupe
Gols: Pelé e Douglas; Rilcy
Local: Point-a-Pitre, Guadalupe.
Competição: Amistoso
Público: 13.000 aproximadamente
Árbitro: Gaydu
Santos: Cejas; Lima (Marçal), Ramos Delgado (Paulo), Orlando Lelé (Oberdan) e Rildo; Léo Oliveira e Nenê (Turcão); Árlem (Abel), Picolé (Douglas), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
Guadalupe: Koury (Galas); Nestor, Mancliere, Pinson e Jospiter; Beratout e Marierose (Bouzon); Birman (Roland), Heren (Chalus), Rilcy e Hippodan.
28/01/1971 – Transvaal-SUR 1 x 4 Santos
Gols: Edu [2], Árlem e Pelé (p); Reumel;
Local: Suriname Stadion, em Paramaribo, em Suriname.
Competição: Amistoso (Promovido pelo Lions Clube, para construção de um viaduto, Troféu Banco do Suriname)
Público: 13.000 aproximadamente
Árbitro: Schakot
Transvaal: Baronmm; Norlan, Gesser, Sordan e Boschman; Klimpsop, Lagadu e Reumel; Van Bur, Achal e Bramerloo (Sing).
Santos: Cejas (Edevar); Lima, Ramos Delgado, Orlando Lelé e Rildo; Léo Oliveira e Nenê (Turcão); Árlem (Abel), Picolé (Douglas), Pelé (Marçal) e Edu. Técnico: Antoninho
01/02/1971 – Seleção da Jamaica 1 x 1 Santos
Gols: Edu aos 19min e Allan Cole aos 42min do segundo tempo.
Local: National Stadium, em Kingston, Jamaica.
Competição: Triangular de Kingston
Público: 32.000 aproximadamente
Árbitro: Ocar Lawrence
Santos: Cejas; Turcão (Oberdan), Ramos Delgado (Paulo), Orlando Lelé e Rildo; Léo Oliveira e Nenê (Picolé); Edu, Douglas, Pelé (Lima) e Abel. Técnico: Antoninho
Jamaica: Constantine: Barrete, Dawkins, Cameron e Stewart; Scott e Oxford (Ziadie); Allan Cole, Hamilton, Well e Blair (Largio).
03/02/1971 – Chelsea-ING 0 x 1 Santos
Gol: Douglas aos 42min do Segundo tempo.
Local: National Stadium, em Kingston, Jamaica.
Competição: Triangular de Kingston
Público: 33.000 aproximadamente
Árbitro: Ocar Lawrence
Santos: Cejas; Turcão, Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Léo Oliveira e Lima; Edu, Douglas, Pelé e Abel (Nenê). Técnico: Antoninho
Chelsea: Bonetti; McCredie, Sonthers, Lempsey e Ron Harris; Collins e Webb; Weller, Hudson, Hutchinson e Houseman.
– Ocorrências: A torcida invadiu o campo após o gol de Douglas, causando o encerramento da partida.
05/02/1971 – Millonarios-COL 2 x 3 Santos
Gols: Pelé [2] e Edu; Marçal (c) e Subiat.
Local: El Campin, em Bogotá, Colômbia.
Competição: Amistoso
Público: 25.000 aproximadamente
Árbitro: Omar Delgado
Millonarios: Nanon; Castro, Vilano, Hernandez e Gonzalez; Garcia e Caviria; Brand, Lavezzi, Muggione e Subiat (Mura).
Santos: Cejas; Turcão (Orlando Lelé), Ramos Delgado (Paulo), Marçal e Rildo; Léo Oliveira e Lima; Edu, Douglas, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
07/02/1971 – Atlético Nacional-COL 1 x 3 Santos
Gols: Edu, Pelé e Léo Oliveira
Local: Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, Colômbia.
Competição: Amistoso
Público: 15.387 pagantes
Árbitro: Omar Delgado
Atlético: Navarro; Moncada, Calice, Campos e Osorio; Gomez e Alvarez; Santana, Tamayo (Lallana), Fernandez (Guzman) e Hurtado.
Santos: Cejas (Edevar); Turcão, Ramos Delgado (Oberdan), Marçal (Paulo) e Rildo (Orlando Lelé); Léo Oliveira e Lima; Edu, Douglas, Pelé e Abel (Nenê). Técnico: Antoninho
11/02/1971 – Deportivo Cali-COL 2 x 1 Santos
Gol: Pelé; Mesa e Oviedo.
Local: Estádio Pascoal Guerrero, em Cali, Colômbia.
Competição: Amistoso
Público: 61.000 aproximadamente
Árbitro: Mário Canessa (CHI)
Deportivo: Zape; Bautista, Viáfra, Wanche (Rodrigues) e Arboleda; Oviedo e Escobar; Mesa, Mosquera, Gallero e Rueda.
Santos: Cejas; Turcão (Orlando Lelé), Ramos Delgado, Marçal (Oberdan) e Rildo; Léo Oliveira e Lima (Nenê); Edu, Douglas, Pelé (Picolé) e Abel. Técnico: Antoninho
14/02/1971 – Alianza-ES 1 x 2 Santos
Gols: Edu e Orlando Lelé; Tanese.
Local: Estádio Flor Blanca, em San Salvador, El Salvador.
Competição: Amistoso
Árbitro: Clemente Rugioro Calles
Alianza: Albert; Angel, Moriona, Guido e Osorio; Virgilio e Franco; Pachin (Rivas), Tanese, Rodarte e Postillo (Flores).
Santos: Cejas; Orlando Lelé, Ramos Delgado (Paulo), Oberdan e Rildo; Léo Oliveira e Lima; Edu, Douglas, Pelé (Picolé) e Abel. Técnico: Antoninho
18/02/1971 – Santos 2 x 0 Seleção do Haiti
Gols: Lima e Picolé.
Local: Stade Sylvio Cator, em Port-au-Prince, Haiti.
Competição: Amistoso
Público: 30.000 aproximadamente
Santos: Cejas (Edevar); Orlando Lelé, Ramos Delgado (Paulo), Oberdan (Marçal) e Rildo (Turcão); Léo Oliveira e Lima; Edu, Picolé, Pelé (Douglas) e Abel (Nenê). Técnico: Antoninho
Haiti: Francillon; Nazare, Jacosti, Joseph e Formose; Bagorme e Domingue; Bartelamy, Pouce, Sormon e François.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *