Frustrantes reforços

Published On 27/12/2016 | Informações
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 27/12/2016

Em todo começo de temporada, a grande expectativa é por alguma grande reforço, um reforço “de nome”. Porém, muitas vezes a expectativa da torcida não é correspondida.
Ao longo da história, diversos jogadores renomados, e alguns deles com grandes passagens por nosso arquirrivais, chegaram sob certa desconfiança, porém, com a certeza de que se tratava de grandes jogadores.
Elaboramos uma lista com reforços que geraram grande repercussão na Vila Belmiro, e que não corresponderam dentro de campo. Confira abaixo:

FRUSTRANTES REFORÇOS
Marcelinho Carioca
Após se envolver em uma briga no seu antigo clube, Marcelinho Carioca acertou sua ida ao Santos no 2º semestre de 2001, e dividiu opiniões na Vila Belmiro. Os que criticavam, acertaram. Marcelinho não durou muito, e deixou a Vila no fim do ano.

Marcelinho Carioca foi uma das contratações mais polêmicas da história do Santos. (Foto/Arquivo Santos FC)

Neto
Contratado sob forte expectativa em 1994, Neto foi mais um ex-corintiano que não vingou na Vila Belmiro. Não completou sequer 20 partidas com a camisa santista.

Neto não vingou na Vila Belmiro (Foto/Arquivo Santos FC)

Leandro Damião
A contratação mais cara da história do Santos, até hoje rende más frutos ao time da Vila. Atuou toda a temporada de 2014, e não conseguiu convencer. Em 2015, foi emprestado ao Cruzeiro e Bétis/ESP.

A contratação mais cara da história do Santos. (Foto/Globo Esporte)

Luizão
O cobiçado centroavante Luizão, acertou sua ida ao Santos no 2º semestre de 2005, e conseguiu não marcar nenhum gol pelo time santista. Em um de seus poucos jogos, foi expulso diante do Corinthians, quando tinha acabado de entrar em campo. Foi dispensado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo em janeiro de 2006.

Luizão teve curta passagem na Vila (Foto/Arquivo Santos FC)

Odvan
O experiente zagueiro ex-Vasco foi contratado na mesma época de Oséas, e formou uma dupla “de peso” ao lado de Cléber na zaga santista. Pouco atuou, e retornou ao Vasco após o término do Torneio Rio-São Paulo.

Odvan comemora um de seus poucos gols pelo Santos (Foto/Arquivo Santos FC)

Valdir Bigode
Com boas passagens por Vasco e Atlético-MG, Valdir era a esperança de gols na Vila Belmiro em 2000. Foram apenas 5 com a camisa santista, e uma curta passagem no Santos.

Valdir comemora um de seus poucos gols pelo Santos (Foto/Arquivo Santos FC)

Oséas
Contratado no início de 2002, Oséas foi mais um centroavante que fracassou na Vila Belmiro. Atuou em exatamente 11 partidas, e assinalou dois gols. Rescindiu o contrato antes do Campeonato Brasileiro.

Oséas não repetiu suas boas atuações no Santos (Foto/Arquivo Santos FC)

Cléber
Outro experiente zagueiro que chegou no inicio dos anos 2000. Com um passado vitorioso no Palmeiras, Cléber precisava convencer a torcida do Santos que poderia demonstrar o mesmo futebol no time paulistano. Não deu certo. Atuou até o fim do Torneio Rio-São Paulo de 2002.

Cléber chegou a ser capitão em algumas partidas. (Foto/Arquivo Santos FC)

César Maluco
O experiente César Maluco foi contratado em 1976, aos 31 anos, e gerou uma grande expectativa na Vila Belmiro. Foram apenas 5 gols marcados, e mais uma decepção para a torcida.

A notícia de César Maluco no Santos movimentou a imprensa esportiva (Foto/Placar)

Amaral
Zagueiro titular da Seleção Brasileira de 1978, Amaral estava no Corinthians, e chegou como solução para a zaga santista, em 1981. Jogou exatamente 18 partidas, e durou até uma goleada sofrida para a Ponte Preta.

Amaral foi mais um que não vingou (Foto/Ronaldo Silva)

Nunes 
Renomado atacante do Flamengo, foi contratado para ser a solução de gols para o Campeonato Paulista de 1985. Assinalou apenas 5 gols, e foi mais um a não vingar na Vila Belmiro.

Nunes teve curta passagem na Vila (Foto/Arquivo Santos FC)

 


Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Revista Placar;
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *