Goleadas e marcantes jogos: o histórico do confronto diante da Ponte Preta!

Published On 25/01/2018 | Informações
Por Gabriel Santana,
Santos, 25/01/2018

Santos e Ponte Preta constituem um histórico de 137 jogos. A primeira partida realizada entre as equipes, ocorreu no ano de 1926, quando na ocasião, se enfrentaram em um amistoso, no Estádio da Vila Belmiro.
Em competições oficiais, o primeiro embate ocorreu apenas em 1951, quando enfim, a equipe de Campinas conseguiu disputar a primeira divisão do Campeonato Paulista.

JOGOS DECISIVOS
No ano de 1978, quando o Santos conquistou o seu 14º título paulista, a Ponte Preta foi personagem por duas ocasiões, na grandiosa campanha santista. No primeiro turno do certame, as equipes se enfrentaram na fase semifinal, e com um gol de Aílton Lira, o Alvinegro Praiano qualificou-se para a final. Já no segundo turno, nas quartas de finais, a Ponte levou a melhor, porém, nada que atrapalhasse a conquista santista:
22/11/1978 – Santos 1 x 0 Ponte Preta
Gol: Ailton Lira aos 19min do primeiro tempo.
Local: Estádio do Morumbi
Competição: Campeonato Paulista, semifinais do primeiro turno.
Público: 33.355
Renda: Cr$ 1.303.890,00
Árbitro: Roberto Nunes Morgado
Cartões Amarelos: Polozzi, Marco Aurelio e Ailton Lira
Santos: Vitor; Nelson, Joãozinho, Neto e Gilberto; Clodoaldo, Ailton Lira e Pita; Nilton Batata, Claudinho (Celio) e João Paulo. Técnico: Formiga
Ponte Preta: Carlos; Toninho, Oscar, Polozzi e Odirlei; Vanderlei e Marco Aurelio (Mirandinha); Lola, Osvaldo, Dicá e Tuta.
Em 2011, na fase de quartas de finais do Campeonato Paulista, o Santos eliminou a Ponte Preta no Estádio da Vila Belmiro, com um lindo gol de Neymar:
23/04/2011 – Santos 1 x 0 Ponte Preta
Gol: Neymar aos 20min do primeiro tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 11.225 pagantes
Renda: R$ 402.740, 00
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Fábio Luiz Freire
Santos: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval, Léo (Alex Sandro); Arouca, Danilo, Elano (Adriano), Paulo Henrique Ganso; Neymar, Zé Eduardo (Keirrison). Técnico: Muricy Ramalho
Ponte Preta: Bruno; Guilherme (Eduardo Arroz), Leandro Silva, Ferrón e João Paulo; Mancuso (Renan), Josimar, Gil e Válber; Renatinho e Márcio Diogo (Rômulo). Técnico: Gilson Kleina

Neymar assinalou o tento da vitória, em 2011! (Foto/Flickr Santos FC)


A MAIOR GOLEADA
A maior goleada da história do Santos registra um placar incomum de 12×1. Esse resultado foi repetido duas vezes, em 1927 diante do Ypiranga, e em 1959, diante da Ponte Preta. Contra o clube de Campinas, a partida foi realizada na Vila Belmiro, e sem Pelé em campo. Coutinho, Pepe e Aguinaldo Secco, foram os autores da façanha santista:
19/11/1959 – Santos 12 x 1 Ponte Preta
Gols: Coutinho a 1min e aos 44min e Pepe aos 12min e aos 16min do primeiro tempo; Coutinho aos 10min, aos 27min e aos 30min, Pepe aos 13min e aos 28min, Célio aos 22min, Aguinaldo aos 26min e aos 32min e Domingos (c) aos 30min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Renda: Cr$ 166.720,00
Público: aproximadamente em 3.700
Árbitro: Telêmaco Pascoal
SFC: Manga; Dalmo e Pavão; Formiga, Mourão e Zito; Dorval, Jair Rosa Pinto, Coutinho, Aguinaldo e Pepe. Técnico: Lula
AAPP: Walter; Mingão e Derém; Wilse, Pitico e Brade; Nivaldo, Paulinho, Célio, Jansen e Dinho. Técnico: Carlito Roberto

O MAIOR GOLEADOR
O eterno Canhão da Vila, Pepe, é o maior goleador santista do confronto diante da Ponte Preta. Ao todo, ele marcou 15 gols diante da equipe campineira, seguido por Pelé, com 12 tentos assinalados.

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
Almanaque do Santos;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *