Ijuí – 1986-1988/1990

Published On 24/06/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana
Santos, 24/06/2017

Nome completo – Gilberto Moacir Schubert
Período – 1986-1988/1990
Posição – Lateral-Direito
Nascimento – 8 de dezembro de 1961, em Ijuí, Rio Grande do Sul
Jogos – 117
Gols – 02

Histórico – Revelado pelo Internacional, Gilberto Moacir ficou conhecido no mundo do futebol pelo nome de sua cidade natal: Ijuí.
Antes de chegar ao Santos, além do Internacional, Ijuí passou pelo Caxias e pelo Aimoré, equipes também do estado do Rio Grande do Sul. Após boas partidas pelas equipes gaúchas, transferiu-se para o Fluminense. Não permaneceu por muito tempo, e no ano de 1985, foi atuar pelo XV de Piracicaba. Destacou-se pela equipe do interior de São Paulo, e chamou a atenção dos dirigentes santistas.
Contratado em 1986, por 300 mil cruzados, Ijuí chegou para disputar a posição de titular, com o badalado lateral Raul, contratado por 2 milhões junto ao Grêmio.
Com muita raça e disposição, Ijuí teve seu melhor ano com a camisa santista em 1987, quando atuou em 49 jogos. Conquistou o Torneio Cidade de Marseille, em uma excursão do Santos pela Europa.
Em 1989, foi emprestado a Catanduvense, retornando ao Santos no ano seguinte. Permaneceu nos primeiros meses de 1990, e rescindiu seu contrato com o time santista. Atuou ainda pelo Inter de Lages, em 1991.
Hoje Ijuí vive com a família em Porto Alegre, onde atua como professor em escolinhas de futebol.

ESTREIA
11/09/1986 – Santos 0 x 0 Vasco
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Competição: Campeonato Brasileiro
Público: 16.990 pagantes
Renda: Cz$ 377.830
Árbitro: Carlos Sérgio Rosa Martins
Santos: Rodolfo Rodriguez; Ijuí, Maurício, Pedro Paulo e Paulo Robson; Dunga, Ribamar e Junior; Serginho Dourado, Gerson e Carlos Alberto Borges. Técnico: Formiga
Vasco: Acácio; Paulo Roberto, Carlos Augusto, Fernando e Pedrinho; Donato, Mazinho (Vitor) e Geovani; Mauricinho, Roberto Dinamite e Romário (Tuíco). Técnico: Cláudio Garcia
ULTIMO JOGO
25/07/1990 – Santos 1 x 0 XV de Jaú
Gol: César Ferreira aos 16min do primeiro tempo.
Local: Zezinho Magalhães – Jaú (SP)
Competição: Campeonato Paulista
Renda: Cr$ 319.900
Público: 1.273
Árbitro: Paulo Eduardo Pereira Barjas
Expulso: Ijuí (SFC)
SFC: Sergio; Ijuí, Camilo, Luiz Carlos e Flavinho; Cesar Sampaio, Cesar Ferreira, Axel e Gilmar; Paulinho McLaren e Edson Ampola (Derval). Técnico: Pepe
ECXVN: Celso; Mario Passo, Ricardo, Tetila e Jorge; Ricardo Gaucho, Cesar e Adilson; Rodolfo (Angelo), Jefferson (Pongaí) e Antonio Carlos. Técnico: José Poy

• Jogos e gols:
1986 – 19 jogos e 00 gol;
1987 – 49 jogos e 01 gol;
1988 – 39 jogos e 01 gol;
1990 – 10 jogos e 00 gol;
Total: 117 jogos e 02 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Revista “Placar”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *