Importância Histórica

Por Kadw Gomes

Pesquisando em algumas publicações (livros, documentários, jornais, revistas, sites, etc.) sobre clubes europeus, a fim de aprofundar conhecimentos sobre futebol e conhecer a cultura de parâmetro e valorização de aspectos históricos dos estrangeiros, passei a ter novos horizontes ao dimensionar um clube de futebol. Qualidades que no Brasil desconhecemos, mas que são muito relevantes no entendimento mundial.

Em um artigo no site Real Madrid (Espanha), por exemplo, alguns dos critérios que levaram o clube espanhol a ser condecorado o Maior do Século XX pela FIFA, não foram apenas títulos, craques, esquadrões ou mesmo estrutura, marca, torcida. Em texto – bastante esclarecedor – a matéria deixa claro que um clube não é apenas considerado um dos maiores do mundo e digno de todas as condecorações somente por sua grandeza, mas também por sua importância através de contribuições ao futebol.

Em outra matéria, publicada pelo italiano “Correio Dello Sport”, páginas dedicadas a Juventus, de Turim, falavam com fervor do clube ser muito importante para sua seleção nacional e, por isso, um dos maiores do mundo. Ou mesmo as equipes de Milão, ao qual o texto tratava de dignificar a importância do Milan por ser o primeiro campeão europeu italiano e da Inter com seu futebol “catenacio”. O mesmo ocorrente com o Bayern München, extremamente fundamental para a Seleção da Alemanha, num documentário da Pitch Internacional – algo parecido feito no globoesporte. Além disso, livros como o espanhol “Equipos de Leyendas”, mostrando porque o Barcelona é mais que um clube. Valorizando sua importância cultural e, principalmente, identidade futebolística.

O mesmo ocorrendo se pode ler nas inglesas “Four Four Two” e “Word Soccer”, as quais demonstram o impacto de futebol causado pelo Ajax de Cruyff ou pelo Honved dos Magiares, equipes que revolucionaram. Nessas publicações inglesas, italianas, espanholas, francesas, argentinas, entre outras, o Santos F.C. é o clube brasileiro mais falado – no Acervo Histórico você pode encontra algumas dessas matérias!

A verdade é que no futebol brasileiro muito se fala na grandeza de um clube. No entanto, existe outro componente de grande valor agregando uma magnitude de parâmetro vigente ao clube: A Importância Histórica. Muitas vezes passada despercebida pela mídia nacional. Está valorização mundial, ocorre através de contribuições ao futebol. Alguns parâmetros de Importância são:
– Um clube ser base da Seleção nacional campeã continental, olímpica ou do Mundo (exemplo: Juventus na Itália, Bayern na Alemanha, Ajax na Holanda, Botafogo no Brasil).
– Conquistas Internacionais que dimensionaram conceito de valor (exemplo: Milan primeiro italiano campeão europeu, Manchester United primeiro inglês campeão europeu – quando os ingleses desprestigiavam a competição. Ou mesmo no Brasil o Vasco primeiro campeão Sul-Americano e o Bicampeonato da Libertadores feito pelo São Paulo em 92-93).
– Identidade Futebolística ou impacto de jogo revolucionário ()
– Contribuições Estruturais (exemplo: o Real Madrid na Espanha, ou mesmo o Fluminense no Brasil na época Amadora, tanto que ambos foram condecorados com a Taça Olímpica da COI).
– Façanhas Internacionais.
– Popularização do futebol.
São Alguns dos fatores de contribuições que merecem a Meritocracia no futebol.

Muita gente, mesmo especialistas, dizem não entender porque o Botafogo foi um dos maiores clubes do século XX segundo a FIFA. A verdade é que o time da “Estrela Solitária” recebeu esse título por suas contribuições ao futebol, afinal, irrefutavelmente, é um dos clubes mais importantes do mundo! Obviamente os critérios dos maiores clubes do Século passado não foi apenas esse, mas, sem dúvidas, contou bastante. Ora, é um time que sempre foi base da Seleção Brasileira e tem uma história repleta de craques extraordinários (Garrincha, Didi, Jairzinho, Gérson, Amarildo, Nilton Santos e etc.). Contudo, vale deixar claro, grandeza e importância são diferentes, embora se interliguem. Por isso, no quesito grandeza o time de General Severiano deixa a desejar – Concorda? Mas em importância é um dos maiores.

É conhecendo a história que podemos entender a importância e grandeza de determinados clubes e o que eles representam e agregam ao longo do tempo. A opulência e pujança histórica de um clube são retratadas e compreendidas através de suas contribuições na história do futebol, para o desenvolvimento do mesmo.

Outro exemplo brasileiro é o Vasco da Gama. Primeiro clube campeão internacional e que contribuiu na difusão de raças, na Integração racial, um clube imensamente importante! O Fluminense como time que ajudou a Seleção Brasileira no processo patrimonial e estrutural no amadorismo, recebendo, por isso, a Taça Olímpica da COI. Estes são alguns exemplos de importância, de contribuições. Feitos que vão muito além de títulos, torcida e qualquer outro parâmetro… embora, em alguns casos, estes possam exercer importância quando envolve um todo.

Mas e o Santos F.C. nesse contexto? Bom, o time de Vila Belmiro é provavelmente o clube mais importante do futebol. Será que dá para mensurar o que seria do futebol sem o Santos? Será que teria a mesma proporção?

Confira, a Importância Histórica do Santos FC:

1912-1931 – Importância Histórica
1932-1957 – Importância Histórica
1958-1970 – Importância Histórica
1971-2000 – Importância Histórica
2001-2016 – Importância Histórica