Ismael – 1962-1965

Published On 22/11/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 22/11/2016

Nome completo – Ismael Mafra Cabral
Período – 1963-1965
Posição – Lateral-Direito
Nascimento – 07 de fevereiro de 1938, Águas da Prata, São Paulo
Jogos – 91
Gols – 00

Histórico – Ismael iniciou sua trajetória no futebol no simpático Juventus da Rua Javari. Na equipe paulista, ainda nas categorias amadoras, formava como centro-médio. Por pouco tempo, foi aproveitado na equipe de Aspirantes, uma especia de “Sub-20” de hoje em dia. Aconselhado pelo treinador, mudou de posição, e foi atuar na lateral-direita. Anos mais tarde, tornou-se um dos principais em sua posição.
Após prestar Serviço Militar, atuou pelo Juvenil do Palmeiras, onde se profissionalizou pouco depois. Ao subir para a equipe principal, jogou ao lado de Laércio, um dos grandes goleiros da história santista.
Foi emprestado ao XV de Piracicaba, e quando retornou do clube do interior, foi vendido em definitivo a Ferroviária.
Com o ótimo desempenho na equipe de Araraquara, Ismael foi contratado pelo Santos em 1962,  onde viveu seu melhor momento na carreira.
Mesmo disputando a posição com o coringa Lima, Ismael atuou em importantes jogos como titular. No Mundial de 1963, encontrou o auge, ao deter o poderio ofensivo da forte equipe do Milan/ITA, nas grandes finais. No ano de 1964, realizou sua melhor temporada estatisticamente, atuando em 56 jogos.
Em 1965, com a chegada de Carlos Alberto, Ismael se transferiu para o Fluminense, onde teve curta passagem. Ainda atuou pelo São Paulo, Prudentina-SP e Coritiba, quando pendurou as chuteiras, em 1969.
O saudoso lateral Ismael faleceu aos 70 anos de idade, no dia 15 de janeiro de 2009, em Santo André-SP, em razão de complicações da diabetes.

ESTREIA
23/09/1962 – Santos 5 x 2 Corinthians
Gols: Lima aos 5min, Bataglia aos 20min, Pelé aos 27min e Coutinho aos 38min do segundo tempo; Coutinho aos 4min, Zito aos 8min e Ferreirinha aos 34min do segundo tempo.
Local: Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Renda: Cr$ 2.646700,00
Árbitro: Anacleto Pietrobom.
Santos: Gylmar; Ismael, Mauro e Dalmo; Zito e Calvet; Dorval, Lima, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Corinthians: Aldo; Augusto, Eduardo e Ari; Cássio e Oreco; Bataglia, Silva, Nei, Rafael e Ferreirinha. Técnico: Fleitas Solich
ULTIMA PARTIDA
15/04/1965 – Santos 4 x 4 Corinthians
Gols: Pelé aos 45seg, aos 10min e aos 35min, Flávio aos 15 e aos 18min, Marcos aos 31min e Geraldo José aos 39min do primeiro tempo; Pelé aos 13min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Público: 50.782 pagantes
Renda: Cr$ 39.539.800,00
Árbitro: Olten Aires de Abreu
Corinthians: Heitor; Augusto, Cláudio, Clóvis e Edson; Dino e Rivelino (Luizinho); Marcos, Flávio, Nei e Geraldo. Técnico: Osvaldo Brandão
Santos: Laércio; Ismael (Mengálvio), Modesto e Geraldino; Lima e Haroldo; Dorval, Rossi, Toninho, Pelé e Gilson Porto (Pepe). Técnico: Lula

• Jogos e gols:
1962 – 07 jogos e 00 gol;
1963 – 12 jogos e 00 gol;
1964 – 56 jogos e 00 gol;
1965 – 16 jogos e 00 gol;
Total – 91 jogos e 00 gol

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Blog Tardes no Pacaembu;
Revista Placar;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *