Júlio – 1923-1924/1926-1932

Published On 08/12/2016 | Ex-Atletas
Por Ronaldo Silva e Gabriel Santana
Santos, 08/12/2016
Atualizado em 24/01/2017

Nome completo  Julio de Almeida
Período – 1923-1924/1926-1932
Posição  Centromédio
Nascimento – 21 de janeiro de 1903, local a confirmar
Jogos  126
Gols  06

Histórico – Iniciou sua trajetória no futebol atuando no Lusitano E.C, clube participante da Liga Santista (ASEA).
Júlio em pouco tempo devido a sua qualidade técnica, impressionou o público santista e passou a ser cobiçado pelos demais clubes da cidade. Foi emprestado ao Santos para reforçar a equipe em alguns amistosos em 1923-24. Esteve muito próximo de se transferir para a Portuguesa Santista, em 1924, mas foi convencido por seu tio que era diretor do Lusitano a não trocar de equipe. Tornou-se capitão do Lusitano e se estabeleceu como uma das grandes figuras do futebol santista.
Convidado novamente, no final de 1926, pelo Santos para disputar alguns amistosos, nos quais conseguiu demonstrar sua categoria e foi contratado em definitivo pelo clube do seu coração.
Foi titular indiscutível do famoso time santista caracterizado pelo “Ataque de 100 gols”,  era o pivô da equipe com papel importante no centro da linha média com sua constante eficiência e ascendência dentro daquela história equipe. Compartilhou o seu setor ao lado de bons nomes da época como Osvaldo Macedo, Alfredo Pires e Floriano. Sua regularidade no quadro alvinegro levou Júlio a integrar a Seleção Paulista em 1929 atuando ao lado de diversos jogadores santistas, mas faltou propaganda para este excelente centro-médio de maneira silenciosa alcançar os mais altos degraus da fama.
Em 1932, decidiu encerrar sua carreira no futebol atuando pelo Santos, porém seguiu dentro das quatro linhas como árbitro pelos campos paulistas, inclusive, arbitrou algumas partidas do time santista.
No ano de 1997, em uma edição especial da Revista Jovem Santos, Júlio fazia parte da lista de melhores volantes da história do Santos. Faleceu em Santos, no dia 14 de Maio de 1974.

ESTREIA
27/09/1923 – Santos 2 x 2 Seleção do Rio Grande do Sul
Gols: Siriri [2] – Nenê [2]
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos
Competição: Amistoso
Renda: R864$200
Árbitro: Antônio Pedroso de Carvalho
SFC: Agne; David Pimenta e Bilu; Alfredo, Júlio e Renato; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Hugo
RS: Lara; Py e Esper; Ribeirão, Leão e Hugo; Mandarino, Nenê, Marcello, Genny e Ramão
PRIMEIRO GOL
15/05/1927 – Santos 7 x 1 A.A. Barra Funda
Gols: Feitiço [4], Araken [2] e Júlio – Perrini
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos
Competição: Amistoso
Renda: R 1:432$300
Árbitro: Agostinho Marba
SFC: Tuffy; Bilu e Américo; Hugo, Júlio e Alfredo; Omar, Camarão, Feitiço, Araken e Siriri
AABF: José; Lulu e Amílcar; Malavasi, Casemiro e Açúcar; Perrini, Coronato, Médice, André e Chico
ÚLTIMO JOGO
03/01/1932 – Portuguesa 2 x 2 Santos
Gols: Salles 5 min e 37 min do primeiro tempo; Victor Gonçalves 7 min e Alfredo 34 min do segundo tempo
Local: Estádio da Rua Cesário Ramalho, em São Paulo
Competição: Campeonato Paulista 1931
Árbitro: Victorio Sylvestre
SFC: Athiê; Pinheiro e Meira; Júlio, Floriano e Alfredo; Victor Gonçalves, Camarão, Feitiço, Mário Seixas e Logu
APE: Teixeira; Raposo e Machado; Barros, Duílio e Ramon; Dimas, Russo, Salles, Paschoalino e Carrapicho

• Jogos e gols:
1923 – 01 jogo e 00 gol;
1924 – 03 jogos e 00 gol;
1926 – 03 jogos e 00 gol;
1927 – 28 jogos e 01 gol;
1928 – 24 jogos e 01 gol;
1929 – 22 jogos e 02 gols;
1930 – 23 jogos e 02 gols;
1931 – 21 jogos e 00 gol;
1932 – 01 jogo e 00 gol;
Total: 126 jogos e 06 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Jornal “A Tribuna de Santos”;
Jornal “A Gazeta”;
Livro “Os Imortais do Nosso Futebol”, por De Vaney;
Revista Jovem Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *