Kazu – 1986/1990

Published On 25/11/2015 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana
Santos, 25/11/2015
Atualizado, 06/03/2017

Nome completo – Kazuyoshi Miura (Kazu)
Período – 1986/1990
Posição – Atacante
Nascimento – 26 de fevereiro de 1967, em Shinzuoka, no Japão.
Jogos – 35
Gols – 04

Histórico – Kazu foi o primeiro jogador japonês a atuar no futebol brasileiro. Curiosamente, profissionalizou-se no Juventus, e não no Japão. Deixou seu país em 1982, para fazer testes nas categorias de base do Juventus, e subiu para o profissional aos 18 anos, em 1986. No mesmo ano, foi contratado pelo Santos, chamando a atenção da imprensa.
Atuou em poucos jogos no primeiro semestre, e sem espaço, foi emprestado ao Palmeiras e ao Matsubara-PR, para realizar amistosos pelo Japão com ambas as equipes.
Em 1987 e 1988, foi atuar pelo CRB-AL e pelo XV de Jaú, respectivamente. No ano seguinte, teve boa passagem pelo Coritiba, e conquistou seu 1º título na carreira, o de Campeão Paranaense de 1989.
Em 1990, retorna ao Santos aos 23 anos, e com grande carisma, conquista a torcida santista. Ganhou o apelido de “O exterminador verde” após uma boa atuação diante do Palmeiras.
Voltou ao Japão no mesmo ano, e três anos depois foi campeão nacional com o Verdy, e eleito o melhor jogador do campeonato. Atuou também na Europa, tornando-se o primeiro japonês a atuar na elite do futebol italiano, no Genoa. Ainda passou por clubes como Dínamo de Zagreb/CRO e Sydney/AUS, onde também foi pioneiro ao disputar o Mundial de Clubes da Fifa, em 2005. É um dos principais jogadores da história do Japão.
Kazu Miura tornou-se o jogador mais velho a disputar uma partida profissional na história do futebol, ao entrar em campo no dia 05 de março de 2017, defendendo as cores do Yokohama FC, com exatos 50 anos e 7 dias. O feito de Kazu foi celebrado pela Fifa.

REESTREIA
07/02/1990 – Santos 1 x 1 XV de Jaú
Gols: Paulinho McLaren aos 19min e Ricardo Gaúcho aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Público: 3.559 + 152 (3.711)
Renda: NCz$ 184.400
Árbitro: Nilson Carlos Busnello
Santos: Sérgio; Índio, Camilo, Luiz Carlos e Marcelo Veiga; César Sampaio, Derval, Axel (Zé Humberto) e Gilmar; Serginho Chulapa (Kazu) e Paulinho McLaren. Técnico: Pepe
XV de Jaú: Jair; Leonardo, Ricardo, Tetila e Toninho Paraná; Mário, Basso, Ricardo Gaúcho e César; Rodolfo (Angelo), Neto (Nilton) e Antônio Carlos. Técnico: José Poy
PRIMEIRO GOL
29/04/1990 – Palmeiras 1 x 2 Santos
Gols: Kazu aos 12min, Roger aos 18min e Paulinho McLaren aos 41min do segundo tempo.
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Público: 24.768 + 116 (24.884)
Renda: Cr$ 2.924.6000
Árbitro: João Paulo Araújo
Palmeiras: Ivan; Édson Boaro, Toninho Cecílio, Marco Antônio e Dida; Júnior, Betinho e Bandeira
(Serginho Fraldinha); Careca Bianchesi, Roger e João Paulo (Paulinho Carioca). Técnico: Jair Pereira.
Santos: Sérgio; Ijuí, Camilo, Luiz Carlos e Marcelo Veiga; César Sampaio, Axel e Gilmar; Kazu,
Paulinho McLaren e Sérgio Manoel. Técnico: Pepe.

Fontes e Referências:
Jornal “O Estado de São Paulo”;
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *