Lalá – 1959-1961

Published On 13/12/2015 | Ex-Atletas
Nome completo – Carlos Pierin (Lalá)
Período – 1959-1961
Posição – Goleiro
Nascimento –  28 de agosto de 1934, na Lapa, no sul do Paraná.
Jogos – 56
Gols – 00
Histórico – Lalá iniciou sua carreira futebolística aos 15 anos, na cidade de Lapa-PR. Seu primeiro clube profissional foi o Ferroviário-PR, onde ficou poucos anos.
Em 1959, indicado pelo ex-atleta santista Ferreira, foi contratado pelo Santos, para disputar a posição com Laércio e Manga. Bem servido de goleiros, o técnico Lula fazia um revezamento entre os três, e Lalá teve grandes atuações quando teve a oportunidade de ser o camisa 01.
Ficou na Vila Belmiro até 1961, e seguiu para o México. Atuou pelo Atlas/MEX, Atlante/MEX e em 1964 encerrou sua estadia na cidade mexicana no Zacatepec/MEX. Na Temporada de 1965 atuou pelo Lasalle Futebol Clube, da cidade de Caracas, capital da Venezuela.
Ainda em 1965, retornou para o Santos, onde realizou alguns amistosos com o “Santos B”, porém, não assinou contrato com o clube, e acertou sua ida para o Paulista de Jundiaí. Em 1968 atuou pela Portuguesa de Desportos, onde encerrou sua carreira no mesmo ano.
Com muito carisma, Lalá participa ativamente de festas do Santos, e fala com carinho e orgulho que foi goleiro do time nas décadas de 50 e 60.
ESTREIA
03/05/1959 – Palmeiras de Adamantina-SP 2 x 6 Santos
Gols: Coutinho [2], Afonsinho, Claudionor, Hélio e Zé Maria; Buim e Forte.
Local: Em Adamantina, São Paulo.
Competição: Amistoso
Renda: Cr$ 205.000,00
Árbitro: João Rela Filho
Palmeiras: Bonifácio; Farias e Amizor; José, Moacyr e Francisco; Nelson, Cícerto, Forte, Taparelli e Buím.
Santos: Lalá (Dilmar); Getúlio e Romero (Aírton); Fioti, Cortez e Darci (Claudionor); Hélio, Afonsinho, Coutinho, Guerra e Cacalo (Zé Maria). Técnico: China
O GRANDE JOGO DE LALÁ
28/06/1959 – Barcelona 1 x 5 Santos
Gols: Dorval aos 4min, Coutinho aos 10min e Evaristo de Macedo aos 15min do primeiro tempo; Pelé aos 11min e aos 26min e Dorval aos 19min do segundo tempo.
Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona, Espanha.
Competição: Amistoso
Público: aproximadamente 40.000 pessoas
Árbitro: Ramon Azon (Espanhol)
Santos: Lalá; Pavão (Formiga), Getúlio e Mourão; Ramiro e Zito; Dorval (Alfredinho), Jair Rosa Pinto (Álvaro), Coutinho, Pele (Afonsinho) e Pepe. Técnico: Lula
Barcelona: Larraz, Rife, Bartoli, Pinto (Martinez), Verges, Recaman, Villaverde (Hermes), Kocsis, Evaristo, Ribelles, Czibor.
• Total de Jogos:
1959 – 23 jogos
1960 – 10 jogos
1961 – 23 jogos
Total – 56 jogos
Fontes e Biografias:
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;
Jornal “Folha de São Paulo”;

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *