Léo Oliveira – 1969-1976

Published On 09/02/2016 | Ex-Atletas
Nome completo – Roberto Oliveira
Período – 1969-1976
Posição – Volante
Nascimento – 29 de junho de 1949, em Santos.
Jogos – 425
Gols – 47
Histórico – Natural de Santos, Léo Oliveira atuou pelos profissionais pela primeira vez em 1969, e ficou por 8 temporadas vestindo a camisa santista. Mesmo nunca tendo sido titular absoluto da equipe, Léo Oliveira sempre estava presente nas escalações, ou substituindo alguém, ou entrando ao decorrer do jogo.
Foi Campeão Paulista em 1973, e teve a oportunidade de atuar na grande final diante da Portuguesa, ao lado de Clodoaldo. Marcou 47 gols pelo Alvinegro, e tornou-se o 2º volante com mais gols pelo clube, perdendo apenas para o Eterno Zito, que assinalou 57 gols. Com 425 partidas disputadas, é o 12º atleta que mais atuou pelo Santos.
Após deixar a Vila Belmiro, atuou também pelo Bahia, onde ganhou grande destaque.
ESTREIA
06/04/1969 – Dom Bosco-MT 1 x 4 Santos
Gols: Toninho Guerreiro [2], Manoel Maria e Douglas; Toninho
Local: Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá, Mato Grosso.
Renda: NCr$ 28.200,00
Árbitro: Albino Zanferrari
Dom Bosco: Saldanha; JK, Gonçalo, Dunga e Nenê; Luiz Carlos e Ferreira; Franklin, Toninho, Jaburu (Nelson Leão) e Sintrônio (Damasceno).
Santos: Gilmar (Peres); Oberdan, Ramos Delgado (Paulo), Marçal e Turcão; Lima e Mengálvio (Léo Oliveira); Manoel Maria, Douglas, Toninho Guerreiro (Patito) e Abel. Técnico: Antoninho
PRIMEIRO GOL
27/08/1969 – Uberaba SC 0 x 1 Santos
Gol: Leo Oliveira
Local: Estádio Dr. Doulanger Pucci, em Uberaba, Minas Gerais.
Competição: Amistoso
Renda: NCr$ 12.000,00
Árbitro: Wiltan Marinhas Silva Bandeiras
Expulsão: Nenê (SFC) expulso
Santos: Gylmar; Haroldo, Ramos Delgado, Oberdan e Turcão; Lima e Leo Oliveira; Patito (Gaspar), Coutinho, Nenê e Abel (Werneck). Técnico: Antoninho
Uberaba: Luiz; Sgob, Penacchio, Marcenal e Quincas; Fabinho e Marinho (Cunha); Silva (Cacaôlho), Valtinho, Herbert e Renê.
Jogos e gols:
1969 – 15 jogos e 02 gols
1970 – 70 jogos e 13 gols
1971 – 61 jogos e 05 gols
1972 – 76 jogos e 05 gols
1973 – 63 jogos e 07 gols
1974 – 64 jogos e 08 gols
1975 – 52 jogos e 05 gols
1976 – 24 jogos e 02 gols
Total: 425 jogos e 47 gols
Fontes e Referências:
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;
Historiador e Pesquisador Wesley Miranda; 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *