Lino – 1983-1985

Published On 06/01/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana
Santos, 06/01/2016
Atualizado, 07/12/2016

Nome completo – Joselino Martins de Jesus
Período – 1983-1985
Posição – Volante
Nascimento – 7 de dezembro de 1957, em Salvador, Bahia.
Jogos – 150
Gols – 29

Histórico – Após excelente passagem pelo Atlético-PR, Lino foi contratado pelo Santos em 1983, com status de craque, como afirmava a Revista Placar na época. Devido a sua versatilidade, atuava em qualquer posição do meio de campo quando necessário. Volante de origem, era um implacável marcador, com uma enorme categoria ao armar as jogadas.
Com o time santista, foi Vice-Campeão Brasileiro de 1983 e Campeão Paulista de 1984, ao lado de Serginho Chulapa, Dema, Rodolfo Rodríguez, Paulo Isidoro e companhia. Foi vice-artilheiro da grandiosa campanha, com 7 gols marcados.
Em janeiro de 1986, se transferiu para o Palmeiras, ao ser envolvido em uma negociação com o meia Carlos Alberto Borges.




ESTREIA
17/04/1983 – Santos 1 x 0 Vasco
Gols: Célio (contra) aos 18min do primeiro tempo.
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo.
Competição: Campeonato Brasileiro – 3ª fase
Público: 58.930 + 2.298 (61.228)
Renda: Cr$ 38.827.500,00
Árbitro: Carlos Sérgio Rosa Martins
Santos: Marolla; Toninho Oliveira, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Toninho Silva, Pita e Paulo Isidoro; Serginho Secundino (Camargo), Serginho Chulapa (Lino) e João Paulo. Técnico: Chico Formiga
CRVG: Acácio; Galvão, Orlando Fumaça, Celso e Pedrinho; Geovani, Serginho e Elói; Ernâni, Roberto Dinamite e Marquinho. Técnico: Antonio Lopes.
PRIMEIRO GOL
22/06/1983 – Santos 1 x 1 CA Taquaritinga
Gols: Lino aos 31min do primeiro tempo; Carlinhos Maracanã aos 26min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Público: 3.577 + 541 (4.118)
Renda: Cr$ 2.437.400,00
Árbitro: Nilson Cardoso Bilha
Santos: Marolla; Toninho Oliveira, Davi, Fernando e Gilberto Sorriso; Dema, Edson e Lino; Batistote (Serginho Secundino)(Nílson Dias), Serginho Chulapa e Careca. Técnico: Chico Formiga
CAT: Itamar; Toninho Ipeúna, Estêvão, Eugênio e Toninho Costa; Carlos Alberto, Amado e Carlinhos Maracanã; Carlinhos, Pedro Paranhos (Bittencourt) e Edvaldo. Técnico: Tonho
ULTIMA PARTIDA
23/11/1985 – Santos 2 x 0 Paulista FC
Gols: Mario Sergio e Paulo Leme.
Local: Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Público: 4.938 + 667 (5.605)
Renda: Cr$ 51.540.000
Árbitro: Nilson Cardoso Bilha
Santos: Rodolfo Rodriguez; Paulo Roberto, Pedro Paulo, Toninho Carlos e Paulo Robson; Lino (Mario Sergio), Mazinho (Flavio) e Humberto; Gersinho, Paulo Leme e Zé Sergio. Técnico: Carlos Castilho.
PFC: Luis Fernando; Alexandre (Edu), Luisinho, Zé Carlos e Mario; Gerson Andreotti, Gil e Renato; Tata, Ricardo e Tuíco (André). Técnico: Vail Mota

• Jogos e gols marcados:
1983 – 48 jogos e 10 gols
1984 – 60 jogos e 15 gols
1985 – 42 jogos e 04 gols
Total – 150 jogos e 29 gols

Fontes e Biografias:
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;
Revista Placar;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *