Logu – 1931-1935

Published On 13/09/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 13/09/2016

Nome completo – Luis Lopreto
Período – 1931-1935
Posição – Atacante (ponta-esquerda)
Nascimento – 14 de agosto de 1911, em Ariranha, São Paulo
Jogos – 109
Gols – 56

Histórico – Iniciou sua trajetória no futebol em sua cidade natal, jogando pelo Ariranha FC. Após boas atuações, foi atuar no Santa Aldeia, ainda muito jovem, onde permaneceu por seis anos.
Logu comentou em uma entrevista, que atuava de graça na equipe, e recebia apenas dinheiro da condução e um jantar todos os domingos.
Certa vez foi atuar pela equipe de Jaboticabal, em uma disputa de Taça, diante do Monte Alto. Um senhor denominado como “Gastão”, o viu jogar, e o convidou para treinar no Santos.
Antes de realizar seus primeiros treinos na equipe santista, Logu trabalhou em uma firma de Café, e recebeu seus primeiros salários. Meses depois, integrou-se ao elenco do Santos, e logo se destacou pelo seu poderio ofensivo.
Estreou no dia 07 de junho de 1931, em partida válida pelo Campeonato Paulista, diante do Juventus. Goleada santista por 4×0.
O excelente ponta-esquerda, ficou conhecido como o “Jogador do Sem Pulo”, devido aos seus excelentes chutes de primeira, sem deixar a bola pingar no chão. Era um ponta ligeiro, e possuía uma incrível facilidade de realizar cruzamentos.
Fez parte da campanha vitoriosa do título paulista de 1935, onde atuou em 5 partidas, assinalando 2 gols.
No dia 29 de setembro, em disputa do mesmo Campeonato, Logu sofreu uma grave lesão no joelho, e ficou fora dos gramados por um ano, e não atuou mais pelo time santista.
Jogou ainda pelo Jabaquara por pouco tempo, e encerrou a carreira na Portuguesa Santista, onde permaneceu por 4 anos.
Com 56 gols marcados, atualmente figura na 46º posição entre os maiores artilheiros do Santos.
Ao se aposentar, voltou pra sua terra natal, e como treinador, comandou a equipe que o projetou.
Em 1995, Logu recebeu uma homenagem da diretoria santista, em comemoração aos 60 anos do Título Paulista de 1935. Foi presenteado com uma placa de prata, pelo então presidente Samir, antes da partida entre Santos x Vasco, válida pelo Campeonato Brasileiro. Foi cumprimentado pelos atletas Marcelo Passos e Gallo, e pelo ídolo Clodoaldo, que estava presenta também na Vila Belmiro.
Logu faleceu em sua amada cidade, Ariranha, no dia 30 de março de 2004, aos 92 anos.

ESTREIA
07/06/1931 – Santos 4 x 0 Juventus
Gols: Victor Gonçalves aos 21min, Osvaldo aos 26min e Camarão aos 34min do primeiro tempo; Feitiço aos 2min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Victório Sylvestre
Renda: R$ 4:345$000
SFC: Athiê; Pinheiro e Meira; Oswaldo, Julio e Alfredo; Vitor Gonçalves, Camarão, Feitiço, Mario Seixas e Logu.
Técnico: Platero
CAJ: José; Ruiz e Segalla; Joãozinho, Brandão e Rafa; Vazio, Nico, Xinda, Raul e Euvaldo.
PRIMEIRO GOLS
14/06/1931 – Santos 7 x 0 A.A. São Bento
Gols: Feitiço (3), Logu (2), Camarão e Mario Seixas
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Victório Sylvestre
Renda: R$ 2:066$000
SFC: Athiê; Sylvio Hoffman e Meira; Roberto, Floriano e Alfredo; Vitor Gonçalves, Camarão, Feitiço, Mario Seixas e Logu. Técnico: Platero
AASB: Joel; Patinho e Mesquita; Ruiz, Paco e Rubens; Comenale, Moura, Barrilotte, Fidé e Amleto.
ULTIMO JOGO
29/09/1935 – Palestra Itália 0 x 0 Santos
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Thomaz Cardoso de Almeida
Palestra Itália: Jurandyr; Carnera e Junqueira; Dula, Gustavo e Tuffy; Avelino, Luizinho, Elysio, Rolando e Imparato
Santos: Cyro; Neves e Meira; Ferreira, Marteletti e Jango; Sacy, Mario Pereira, Delso, Araken e Logu.

• Jogos e gols:
1931 – 24 jogos e 17 gols;
1932 – 23 jogos e 11 gols;
1933 – 27 jogos e 09 gols;
1934 – 21 jogos e 09 gols;
1935 – 14 jogos e 10 gols;
Total: 109 jogos e 56 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;
Jornal Mundo Esportivo;
Revista “Delso, um artilheiro entre nós”

One Response to Logu – 1931-1935

  1. Beto says:

    Conheci ele em Ariranha… Uma grande pessoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *