Luiz Carlos Canhizares – 1988-1993

Published On 25/05/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo  Silva
Santos, 25/05/2017

Nome completo – Luiz Carlos Canhizares
Período – 1988-1993
Posição – Zagueiro
Nascimento – 21 de março de 1960, em Martinópolis, São Paulo
Jogos – 219
Gols – 08

Histórico – Iniciou sua carreira profissional no XV de Jaú, como meio-campista. Ao passar do tempo, foi recuado para a defesa, pelo técnico Cilinho.
Entre categoria de base e equipe profissional, permaneceu por 7 anos na equipe do interior paulista. Enquanto esteve lá, foi emprestado ao Bangu-RJ, por 6 meses. Após retornar ao XV, foi negociado com a Ponte Preta, a pedido do próprio Cilinho, que havia se transferido para a Ponte meses antes.
Permaneceu por quase 2 anos em Campinas. Durante esse período, foi emprestado ao Comercial-SP.
Atuou ainda pelo Londrina, e pelo Joinville, onde foi Campeão Catarinense, antes de acertar sua ida para o Santos, em 1988.
Realizou sua estreia com a camisa santista durante uma excursão pela Itália e San Marino. Em sua primeira temporada pelo Santos, atuou em apenas 16 partidas, e na maioria das vezes em que foi titular, formou a dupla de zaga com Davi.
No ano seguinte, realizou 50 partidas pela equipe santista, sendo seu melhor ano estatisticamente. Até a temporada de 1992, Luiz Carlos atuou em boa parte dos jogos do Santos no ano. Em 1992, foi o capitão da equipe em algumas partidas.
Zagueiro sério, que não costumava brincar, deixou a Vila Belmiro em 1993, quando acertou sua ida para o Goiás. Ainda atuou pelo Novorizontino-SP, onde encerrou sua carreira em 1995, aos 31 anos.
Após se aposentar, Luiz Carlos iniciou seu trabalho como funcionário da Secretaria Municipal de Esportes de Presidente Prudente (Semepp). Seu trabalho na Secretaria, foca principalmente jovens que sonham com um futuro melhor. Dirigiu também a equipe do Grêmio Prudente em 2013.

ESTREIA
09/08/1988 – FC Aosta/ITA 0 x 2 Santos
Gols: Giba e Cláudio José
Local: Estádio Mario Puchoz, em Aosta, Itália.
Competição: Amistoso
Público: 1.000 aproximadamente
Árbitro: Simondi Stefano
SFC: Nilton, Ijuí (Heraldo), Davi, Nildo e Luizinho (Luiz Carlos); César Ferreira, César Sampaio e Marco Antônio Cipó (Cláudio José); Giba (Essinho), Junior (Zimmerman) e Tuíco (Mendonça). Técnico: Carlos Gainete
AFC: Fabio Martinelli; Giovanni, Massimo, Luciano e Giammi; David, La Rocca, Giusepe e Gian Luca; Pascarella e Sergio Palermo. Técnico: Giovanni Sacco
PRIMEIRO GOL
14/08/1988 – Seleção de San Marino 0 x 2 Santos
Gols: César Sampaio e Luiz Carlos.
Local: Stadio Olimpico, em San Marino.
Competição: Amistoso
Árbitro: Mugnetti Maunrazio
SFC: Nilton; Heraldo, Nildo, Davi e Luiz Carlos; César Ferreira, César Sampaio e Mendonça; Giba (Ijuí), Claudio José (Essinho) e Zimmerman (Tuíco). Técnico: Carlos Gainete
SSM: Carlo; Luciano, Massimilliano, Oscar e Mau; Marco, Paolo, Luca e Paolo P.; Giorgio e Stefano.
ULTIMA PARTIDA
05/05/1993 – Santos 1 x 1 Ponte Preta
Gols: Gallo aos 35min do primeiro tempo; Nei Junior aos 17min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Renda: Cr$ 427.800.000
Público: 4.675
Árbitro: Dionísio Domingues
SFC: Gomes, Índio, Júnior, Luiz Carlos e Silva; Gallo, Darci, Cuca e Raniélli; Almir e Neizinho. Técnico: Evaristo de Macedo
AAPP: Andre Dias; Valmir, Sandro, Nei e Samarone; Serginho Carioca, Marcelo Prates, Alberto e Anderson Batista; Nei Junior e Claudinho. Técnico: Givanildo

• Jogos e gols:
1988 – 16 jogos e 01 gol;
1989 – 50 jogos e 00 gol;
1990 – 49 jogos e 02 gols;
1991 – 46 jogos e 03 gols;
1992 – 49 jogos e 02 gols;
1993 – 09 jogos e 00 gol;
Total – 219 jogos e 08 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Globo Esporte;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *