Mário Pereira – 1935-1938

Published On 07/06/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana,
Santos, 07/06/2016

Nome completo – Mário Pereira
Período – 1935-1938
Posição – Meio-Campista (Meia-direita)
Nascimento – 04 de abril de 1914
Jogos – 39
Gols – 24

Histórico – O excelente meia-direita Mário Pereira, conhecido como “Perigo Loiro”, chegou ao Santos em 1935, para ser um dos principais nomes da 1º conquista de Título Paulista do Alvinegro.
Com apenas 21 anos, e ao lado de Araken Patusca, Junqueira, Cyro, Raul e Sacy, comandou a equipe santista na campanha vitoriosa do inesquecível título. Foi peça fundamental no jogo decisivo diante do Corinthians, no Estádio Parque São Jorge, no dia 17 de novembro de 1935. Sua foto aplicando um “sem pulo”, diante do zagueiro corintiano, ficou eternizada, e é um dos símbolos da conquista.
Atuou em alto nível até o fim de 1936, quando no início de 1937, sofreu uma entrada criminosa na partida diante do CA Estudantes, no dia 03 de janeiro, onde teve sua carreira abreviada.
Ficou parado por um ano, e após atuar em uma partida do ano de 1938, resolveu encerrar a carreira.
O carinho com o time santista se manteve até os últimos dias de sua vida, e justamente horas antes do ano de 2012 chegar, o ano em que o clube completou 100 anos, Mário faleceu, no dia 31/12/2011, aos 97 anos.

PRIMEIRO GOL
07/07/1935 – Santos 3 x 1 Portuguesa Santista
Gols: Junqueirinha, Logu e Mario Pereira – Tim
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Heitor Marcelino Domingues
SFC: Ciro; Neves e Badu; Jango, Ferreira e Marteleti; Sacy, Mario Pereira, Sandro, Logu e Junqueirinha. Técnico: Bilú
AAP: Rato; Virgílio e D’Aló; Del Popolo, Arquimedes e Argemiro; Palhinhas, Cruz, Nevercino, Tim e Gildo
A LESÃO
03/01/1937 – Santos 0 x 0 CA Estudantes
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: José Maestre
SFC: Victor Lovecchio, Neves e Bompeixe, Martelete, Gradim e Abreu; Sacy, Mário Pereira, Zé Carlos, Araken e Ítalo. Tecnico: Bilú.
CAE: Rêde, Campos e Iracino; Milton, Ponzonibio e Carlos; Caetano, Novo, Chiquinho, Paulo e Leme.
ULTIMO JOGO E ULTIMO GOL
10/02/1938 – Santos 2 x 0 Libertad/PAR
Gols: Mario Pereira e Ruy
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 11:000$000
Árbitro: Tomaz Cardoso de Almeida
SFC: Cyro; Neves e Wanderlino (Bompeixe); Figueira, Artigas (Marçal) e Abreu; Sacy, Aurélio, Gradim, Novo (Mario Pereira, depois Ari) e Ruy.
CL: Fernandez; Ferreira e Invernazzi; Ayala, M. Ortega e Benegas; Benitez, Caceres, Gustale, Ozório e Bernie.
• Jogos e gols:
1935 – 12 jogos e 05 gols;
1936 – 25 jogos e 18 gols;
1937 – 01 jogo e 00 gol;
1938 – 01 jogo e 01 gol;
Total: 39 jogos e 24 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *