Maurinho – 2002

Published On 19/12/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva,
Santos, 19/12/2017

Nome completo – Mauro Sérgio Viriato Mendes
Período – 2002
Posição – Lateral-Direito
Nascimento – 11 de outubro de 1977, em Fernandópolis, Brasil
Jogos – 30
Gols – 00

Histórico – O lateral-direito do inesquecível título brasileiro de 2002, iniciou sua trajetória em sua cidade natal, atuando pelo Fernandópolis FC, em 1997.
Até alcançar o reconhecimento nacional, Maurinho rodou pelo interior paulista: Rio Preto (1997), Capivariano (1998), Ituano (1998-1999), São Bento (1999), Sertãozinho (2000) e Etti Judiaí, hoje Paulista FC, (2001-2002).
Ao chegar no Santos, no 2º semestre de 2002, mesmo desconhecido, Maurinho era o principal nome para envergar a camisa 4 do time santista. E de fato, foi o que ocorreu. Tornou-se titular absoluto da ala direita.
Foi fundamental para a conquista do 7º Título Brasileiro do Santos. Incansável, tinha um exemplar vigor físico, além de ser um lateral extremamente ofensivo.
Permaneceu na Vila Belmiro até o fim de 2002, e mesmo com uma passagem curta, de apenas 6 meses, colocou seu nome na história do Santos.
Em 2003, por influência de Vanderlei Luxemburgo, Maurinho acertou sua transferência para o Cruzeiro, onde foi novamente Campeão Brasileiro. Nesse mesmo, recebeu suas primeiras convocações para a Seleção Brasileira.
Permaneceu até 2006, acertando sua ida ao São Paulo. Em 2007 atuou pelo Goiás, e no ano seguinte, retornou ao Cruzeiro, sem repetir as boas atuações. Atuou ainda pelo EC Pelotas, Uberaba SC, Grêmio Barueri e encerrou sua carreira pela mesma equipe que o projetou para o futebol, o Fernandópolis FC.

ESTREIA
23/06/2002 – Roma E Apucarana 0 x 1 Santos
Gol: William aos 12min do segundo tempo.
Local: Estádio Municipal Bom Jesus da Lapa – Apucarana (PR)
Competição: Amistoso
Árbitro: Nilo Neves Souza Junior
Expulsos: Paulo Almeida (SFC) e Julio (REA)
SFC: Matheus; Maurinho, Preto, André Luís (Marcão) e Léo (Alessandro); Paulo Almeida, Renato, Elano (Canindé) e Diego (Douglas); Robinho (Júlio César) e Bruno Moraes (William). Técnico: Leão
REA: Gleidson; Daniel, Tininho, Josildo e Maurício; Valter, Kel (Reinaldo), Cesar Baiano e Julio; Edunardo (Kazuo) e Neizinho.
ULTIMO JOGO
15/12/2002 – Corinthians 2 x 3 Santos
Gols: Robinho, aos 37min do primeiro tempo; Deivid, aos 30min, Ânderson, aos 40min, Elano, aos 43min, e Léo, aos 46min do segundo tempo
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Público: 74.586
Renda: R$ 1.152.809
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS)
Cartões amarelos: Fabinho, Fábio Luciano, Fabrício (C), Maurinho, Fábio Costa (S)
Corinthians: Doni; Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Kléber; Fabinho (Fabrício), Vampeta e Renato (Marcinho); Deivid, Guilherme (Leandro) e Gil. Técnico: Carlos Alberto Parreira
Santos: Fábio Costa; Maurinho, Alex, André Luís e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego (Robert)(Michel); Robinho e William (Alexandre). Técnico: Émerson Leão

• Jogos e gols:
2002 – 30 jogos e 00 gol;
Total – 30 jogos

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *