Moran – 1931-1940

Published On 09/08/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana,
Santos, 09/08/2016

Nome completo – Nicolau Moran Vilar
Período – 1931-1940
Posição – Meia-direita
Nascimento – 25 de setembro de 1913, em Santos
Jogos – 140
Gols – 27

Histórico – Com apenas 17 anos, Moran teve sua primeira chance com a camisa do Santos, atuando pelo “Quadro B” santista. Apenas em 1933, se firmou na equipe principal, e marcou seus primeiros gols pelo Alvinegro.
Meia direita rápido e habilidoso, ganhou o apelido de “Fininho”, devido a sua agilidade e forma física.
Em 1935, fez parte da grandiosa conquista do 1º título paulista, onde atuou nas três primeiras partidas. Na temporada seguinte, no 2º semestre, realiza uma rápida passagem pelo Fluminense, e fatura o título de campeão carioca.
Retornou em 1937, e garantiu de vez sua vaga entre os onze santista.
Atuou pela ultima vez com a camisa do Santos no ano de 1940, ao se transferir para o Jabaquara.
Comentário do renomado cronista de De Vaney, sobre Moran: (obra Os Imortais de Nosso Futebol, pag. 458): “Temperou seu futebol no Santos F.C. surgindo logo, como um eficiente meia direita. De tipo altamente técnico parecia um vendedor de jóias raras, que terminava dando-as de graça: os passes e seus companheiros. A retenção da bola a serviço de seu controle era algo de impressionante. E também sabia atirar ao arco com igual perfeição. Embora de apelido “Fininho” jamais teve receio de defesas, por mais pesadas que elas fossem. MORAN que ausentara-se do Santos para disputar o campeonato carioca pelo Fluminense, onde foi campeão, nunca deixou de ter seu espírito e em sua alma o Santos F.C.”
Ao aposentar-se, assumiu cargos na direção do Santos ao longo dos anos 60, principalmente como chefe de delegação. Ao lado de Athié e Modesto Roma, foi um dos responsáveis pela montagem das grandes equipes da Década de Ouro. Moran foi um grande abnegado, e honrou a camisa do Santos dentro e fora dos gramados. Em 1968, enquanto o Santos disputava o Octogonal do Chile, Nicolau Moran veio a falecer no dia 02 de fevereiro, e em sua homenagem, o troféu do torneio conquistado pelo Santos, passou a se chamar “Nicolau Moran”.
Depois de sua morte, ainda foi homenageado pelo clube que denominou de Nicolau Moran uma chácara de 60 mil metros quadrados na rodovia Anchieta, que serviu durante anos como concentração para os atletas santistas.

ESTREIA NO “QUADRO B”
14/06/1931 – Santos 6 x 2 AA São Bento
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato paulista 2º quadros
Arbitro: João Chiavone
SFC: Bruno; Bompeixe, Pasini; Francischini, Julio, Franco II; Prisco, Armandinho, Catitu, Amendoim e Veiga. (Ballio, J.Silva, Cesar, Franco II, Natinho, Moran e Alberto).
PRIMEIRO GOL
10/09/1933 – Santos 7 x 2 Hespanha FC
Gols: Catitu (2), Maroim (2), Camarão, Victor Gonçalves e Moran – David (p) e Ondino
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 3:102$000
Árbitro: Julio de Almeida
SFC: Fabio; Arlindo e Ary; Argemiro, Moacyr e Alfredo; Victor Gonçalves, Camarão, Catitu, Moran e Maroim. Técnico: Loureiro
EFC: Raul; Dito e Pedro; Fernado, Benito (Belido) e Frederico; Bonelli, Ondino, David, Bolacha e Raul
ULTIMO GOL
14/01/1940 – Santos 4 x 2 CA Ipiranga
Gols: Bazzoni, Raul (2) e Moran – De Maria e Baptista
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista 39
Árbitro: Antonio Janeiro
SFC: Talladas; Neves e Viana; Elesbão, Gradim e Laurindo; Bazzoni, Moran, Raul, Cavaco e Ruy.
CAI: Tuffy; Rovay e Bérgamo; Ruiz, Gogliardo e Sapólio; Peixe, Baptista, Miguel, Aldo e De Maria.

• Jogos e gols:
1931 – 01 jogo e 00 gol;
1932 – 01 jogo e 00 gol
1933 – 07 jogos e 03 gols;
1934 – 17 jogos e 01 gol;
1935 – 16 jogos e 03 gols;
1936 – 09 jogos e 01 gol;
1937 – 25 jogos e 08 gols;
1938 – 26 jogos e 03 gols;
1939 – 31 jogos e 07 gols;
1940 – 07 jogos e 01 gol;
Total: 140 jogos e 27 gols.

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;
Jornal Mundo Esportivo;

Jornal A Gazeta Esportiva;

2 Responses to Moran – 1931-1940

  1. Pingback: Acervo Histórico do Santos FC | Raul – 1933-1936/1939-1942

  2. Pingback: Acervo Histórico do Santos FC | Chácara Nicolau Moran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *