Mourão – 1957-1959

Published On 15/08/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 15/08/2017

Nome completo – Manoel da Rocha Mourão
Período – 1957-1959
Posição – Zagueiro/Lateral-esquerdo
Nascimento – 09 de outubro de 1933, em Maceió, Alagoas
Jogos – 104
Gols – 01

Histórico – Alagoano de nascimento, Mourão iniciou sua trajetória no futebol nas categorias de base do CRB-AL. Na equipe principal, atuou entre 1952-1953. No ano de 1954, foi negociado com o América de Recife.
Após boa passagem pela equipe pernambucana, Mourão foi contratado pelo Santos, em 1957.
Em sua primeira temporada pelo time santista, atuou em 32 partidas, e marcou seu único gol com a camisa do Alvinegro. No ano seguinte, foi emprestado ao Grêmio, em uma troca envolvendo Airton Pavilhão, e retornou com status de titular.
Das 99 partidas realizadas no ano pelo Santos, atuou em 69. Na grandiosa Excursão para a Europa, de 1959, Mourão foi titular em praticamente todas as partidas. Destaque para o embate diante do Botafogo, em jogo válido pelo Troféu Teresa Herrera. Na ocasião, o locutor esportivo Fiori Gigliotti desceu das cabines de rádio para cumprimenta-lo por anular Garrincha.
Mourão era um excelente zagueiro, e tinha a fama de “chegar firme” na marcação. Quando necessário, também atuava pelo lado esquerdo da zaga santista.
Ao sair do Santos, em 1959, acertou sua transferência para o Sport. Logo na sequência, retornou ao Grêmio, e encerrou sua carreira no Newells Old Boys/ARG.
Nos dias atuais, Mourão reside em Recife, aos 83 anos.

ESTREIA
11/05/1957 – Santos 5 x 1 Botafogo
Gols: Tite [2] e Dorval [3]; Paulo Valentim
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Renda: Cr$ 326.390,00
Árbitro: Eunápio de Queiroz
Santos: Manga; Getúlio e Mourão; Fioti, Ramiro e Urubatão; Dorval, Álvaro, Pagão (Del Vecchio), Pelé e Tite (Pepe). Técnico: Lula
Botafogo: Amauri; Domicio e Nilton Santos; Beto, Bauer (Ronald) e Pampolini; Garrincha, Didi, Paulinho, Quarentinha e João Carlos (Amoroso). Técnico: Geninho
ÚNICO GOL
28/07/1957 – Arapongas 1 x 3 Santos
Gols: Mourão, Pepe e Zito – Sanford
Local: Estádio Gigante de Madeira – Arapongas (PR)
Competição: Amistoso
Renda: Cr$ 200.000,00
Árbitro: Francisco Moreno
SFC: Laércio; Hélvio, Mourão (Ivan), Feijó e Urubatão; Zito (Fioti) e Álvaro; Alfredinho, Pelé, Jair Rosa Pinto (Dorval) e Pepe (Tite). Técnico: Lula
SERA: Costinha; Noca e Dun; Aiala (Tide), Degola e Frangão; Amauri, Sanford, Acosta (Nereu), Procopio e Haroldo.
ULTIMO JOGO
20/12/1959 – Guarani 3 x 2 Santos
Gols: Carlão (c) e Coutinho; Ferrari (2) e Rodrigo.
Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Renda: Cr$ 599.275,00
Árbitro: Stefan Walter Glanz
SFC: Laércio; Pavão e Mourão; Urubatão, Formiga e Zito; Dorval, Jair Rosa Pinto, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
GFC: Nicanor; Benê II e Ditinho; Bombinha, Carlão e Valter; Fifi, Leal, Rodrigo, Benê I e Ferrari. Técnico: João Avelino

• Jogos e gols:
1957 – 32 jogos e 01 gol;
1958 – 03 jogos e 00 gol;
1959 – 69 jogos e 00 gol;
Total – 104 jogos e 01 gol

Fontes e Referências:
Jornal “A Gazeta Esportiva”;
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
ASSOPHIS (Associação dos Pesquisadores e Historiadores do Santos FC);

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *