Mundial Interclubes – 1963

Published On 18/05/2014 | Mundial Interclubes, Títulos
Por Gabriel Santana
Santos, 18/05/2014
Atualizado, 16/11/2016

Foram precisos 03 confrontos diante do Milan/ITA, o Campeão Europeu de 1963, para que a equipe de Vila Belmiro conquistasse o 2º Título Mundial de sua história.
No primeiro jogo, derrota por 4×2 em Milão. Já na 2ª partida, sem poder contar com Calvet, Zito e Pelé, o Santos saiu atrás do marcador, e após estar perdendo por 2×0, virou o placar para 4×2.
Na decisão, ainda sem o trio machucado, o gol de pênalti marcado por Dalmo aos 34 minutos do primeiro, garantiu a conquista para o Santos.

• Trechos do Jornal Estadão, de São Paulo:
‘Por 1 a 0, resultante da cobrança, por Dalmo, de uma penalidade máxima cometida por Maldini sobre Almir, aos 30 minutos do primeiro tempo, o Santos venceu o Milan e conquistou o bicampeonato mundial interclubes.’ ‘No momento em que terminou a partida, serpentinas foram lançadas de todos os cantos do estádio, onde os espectadores faziam verdadeiro carnaval, agitando lenços brancos, soltando foguetes e cantando.

OS CAMPEÕES
Apenas na 1ª partida, o técnico Lula teve todo seu elenco a disposição. Na 2ª e 3ª partida, utilizou Haroldo, Ismael e Almir Pernambuqinho, para substituir Calvet, Zito e Pelé.
Os atletas Laércio, Olavo, Joel Camargo, Toninho, Batista e Rossi não atuaram em nenhuma das três partidas diante do Milan, porém, fizeram parte da suplência direta.
Goleiros: Gylmar e Laércio
Defensores: Lima, Mauro, Calvet, Olavo, Dalmo, Haroldo, Geraldino, Ismael e Joel Camargo
Meio-campistas: Zito, Pelé, Mengálvio e Almir
Atacantes: Dorval, Pepe, Coutinho, Toninho Guerreiro, Batista e Rossi

FINAIS
16/10 – Milan-ITA 4 x 2 Santos – Gols: Pelé [2]; San Siro
14/11 – Santos 4 x 2 Milan-ITA – Gols: Pepe [2], Almir e Lima; Maracanã
16/11 – Santos 1 x 0 Milan-ITA – Gol: Dalmo; Maracanã
Campanha:
Campeão – 03 jogos – 02 vitórias – 01 derrota – 07 GP – 06 GC – 01 SG
Artilheiros:
02 Gols: Pelé e Pepe
01 Gol: Almir, Lima e Dalmo

Fichas Técnicas: 
16/10/1963 – Milan-ITA 4 x 2 Santos
Gols: Trapattoni aos 3min e Amarildo aos 15min do primeiro tempo; Pelé aos 10min, Amarildo aos 23min, Mora aos 37min e Pelé de pênalti aos 39min do segundo tempo.
Local: Estádio San Siro, em Milão, Itália.
Público: 51.957 pagantes
Renda: Cr$ 280.000.000,00
Árbitro: Alfred Haberfellner (Áustria)
Milan: Ghezzi; David, Trapattoni, Maldini e Trebbi; Pelagalli e Rivera; Mora, Lodetti, Altafini e Amarildo. Técnico: Luis Carniglia
Santos: Gylmar; Lima, Haroldo, Calvet e Geraldino; Zito e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
14/11/1963 – Santos 4 x 2 Milan-ITA
Gols: Mazzola aos 12min e Mora aos 17min do primeiro tempo; Pepe (f) aos 5min e aos 22min, Almir aos 9min e Lima aos 18min do segundo tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 132.728 pagantes (150.000 pessoas)
Renda: Cr$ 98.075.500,00
Árbitro: Juan Brozzi (Argentina)
Santos: Gylmar; Ismael, Mauro, Haroldo e Dalmo; Lima e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Almir e Pepe. Técnico: Lula
Milan: Ghezzi; Davi, Maldini e Trebi; Trapattoni e Pelagalli; Mora, Lodetti, Rivera, Mazzola e Amarildo.Técnico: Luis Carniglia
16/11/1963 – Santos 1 x 0 Milan-ITA
Gol: Dalmo de pênalti aos 34min do primeiro tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 120.421 pagantes + 8.835 gratuitos (129.252)
Renda: Cr$ 91.546.000,00
Árbitro: Juan Brozzi (Argentina)
Expulsos: Maldini e Ismael
Santos: Gylmar; Ismael, Mauro, Haroldo e Dalmo; Lima e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Almir e Pepe. Técnico: Lula
Milan: Balzarini (Barluzzi); Davi, Maldini e Trebi; Trapattoni e Pelagalli; Mora, Lodetti, Fortunato, Mazzola e Amarildo. Técnico: Luis Carniglia
– Ocorrências: No primeiro tempo a partida esteve paralisada por dez minutos e meio, sendo três quanto a expulsão de Maldini e dois e meio na expulsão de Ismael, e, cindo devido a desentendimentos. Juan Brozzi descontou o tempo corretamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *