No atual Século, Santos FC leva vantagem diante do Palmeiras; Neymar é o carrasco

Published On 02/02/2018 | Informações
Por Gabriel Santana
Santos, 02/02/2018

Neste domingo, mais um capítulo da centenária história entre Santos e Palmeiras será escrita.
O primeiro confronto entre as equipes, ocorreu no ano de 1915, quando na ocasião, a equipe santista derrotou o time da capital por 7×0. De lá pra cá, já foram realizados 319 jogos.

SÉCULO XXI
No atual século, já tivemos 52 embates deste grandioso duelo. O time da Vila Belmiro leva a melhor, e venceu 21 vezes. Ocorreram outros 13 empates, e 18 vitórias da equipe palmeirense. Ambas as equipes marcaram 73 gols cada.
Nos últimos anos, ocorreram diversas partidas decisivas entre os dois clubes. Com isso, a rivalidade também teve um grande ascendente nesse período. Relembre alguns:
2009 – Semifinais do Campeonato Paulista
Após vencer na Vila Belmiro, o Santos também venceu na casa palmeirense, e assegurou a vaga na final do Paulista daquele ano. Foi o primeiro Campeonato Paulista de Neymar.
Ficha técnica: 18/04/2009 – Palmeiras 1 x 2 Santos
Gols: Madson, aos 17min do primeiro tempo; Kleber Pereira, aos 6min e Pierre aos 29min do segundo tempo.
Local: Estádio Palestra Itália
Competição: Campeonato Paulista, Semifinal.
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Giovani Cesar Canzian (SP)
Público: 26.447 torcedores
Cartões amarelos: Maurício Ramos e Diego Souza; Roberto Brum, Fabão, Madson, Neymar
Cartões vermelhos: Maurício Ramos, Diego Souza e Domingos
SEP: Marcos; Fabinho Capixaba, Danilo, Maurício Ramos e Pablo Armero; Pierre, Jumar (Ortigoza), Evandro (Marcão) e Diego Souza; Lenny (Deyvid Sacconi) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
SFC: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Triguinho; Germano, Roberto Brum (Pará), Madson, Paulo Henrique Lima; Neymar (Domingos) e Kléber Pereira (Roni). Técnico: Vagner Mancini
2013 – Quartas de finais do Campeonato Paulista
Após ficar na frente praticamente a partida inteira, o time santista levou o empate no final do jogo, e a decisão na vaga da semifinal foi decidida nos penaltis. O goleiro Rafael foi decisivo, e o Alvinegro levou a melhor.
Ficha Técnica: 27/04/2013 – Santos 1 (4) x (2) 1 Palmeiras
Gols: Cícero aos 12min do primeiro tempo; Kléber aos 38min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 14.172 pagantes
Renda: R$ 443.755,00
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Maria Núbia Ferreira Leite (ambos de SP)
Cartões amarelos: Renê Júnior e Neto (Santos); Henrique, Márcio Araújo e Wesley (Palmeiras)
Pênaltis: Miralles, Cícero, Montillo e Renê Junior converteram para o Santos; Souza e Wesley converteram, e Kleber e Leandro desperdiçaram para o Palmeiras.
SFC: Rafael; Alan Santos (Neto), Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca (Marcos Assunção), Cícero e Montillo; Neymar e André (Miralles). Técnico: Muricy Ramalho
SEP: Bruno; Ayrton, Henrique, Mauricio Ramos e Marcelo Oliveira; Márcio Araújo (Souza), Léo Gago (Kleber), Charles e Wesley; Vinícius (Maikon Leite) e Leandro. Técnico: Gilson Kleina
2015 – Final do Campeonato Paulista
Com uma dose grande de emoção, o Santos conquistou seu 21º paulista diante do Palmeiras, em uma acirrada disputa de penaltis. Destaque para o goleiro Vladimir.
Ficha Técnica: 03/05/2015 – Santos 2 (4) x (2) 1 Palmeiras
Gols: David Braz aos 29min e Ricardo Oliveira aos 43min do primeiro tempo; Lucas aos 19min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 14.662 presentes
Renda: R$ 1.555.280,00
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro
Cartões amarelos: Valencia e David Braz (Santos); Valdivia, Gabriel e Lucas (Palmeiras)
Cartões vermelhos: Geuvânio (Santos); Dudu e Victor Ramos (Palmeiras)
Pênaltis: Palmeiras: Cleiton Xavier e Leandro Pereira converteram. Rafael Marques e Jackson desperdiçaram; Santos: David Braz, Gustavo Henrique, Victor Ferraz e Lucas Lima converteram. Vladimir realizou uma defesa.
SFC: Vladimir; Victor Ferraz, Werley (Gustavo Henrique), David Braz e Chiquinho; Valencia (Leandrinho), Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho (Cicinho) e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes
SEP: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Amaral) e Robinho (Cleiton Xavier); Rafael Marques, Valdivia (Jackson) e Dudu; Leandro Pereira. Técnico: Oswaldo de Oliveira
2016 – Semifinal do Campeonato Paulista
Em mais uma decisão de penaltis, o Santos levou a melhor. No tempo normal da partida, Gabriel assinalou os dois tentos santistas.
Ficha técnica: 24/04/2016 – Santos 2 x 2 Palmeiras
Gols: Gabriel (2) – Rafael Marques (2)
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Renda: R$ 688.235,00
Público: 13.690
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cartões amarelos: Egídio, Alecsandro, Gabriel, Thiago Martins, Matheus Sales, Vagner, Vitor Hugo (Palmeiras); Elano, Gabriel (Santos FC)
Pênaltis: David Braz, Zeca e Victor Ferraz marcaram. Lucas Lima errou; Cleito Xavier e Jean marcaram. Lucas Barrios, Rafael Marques e Fernado Prass erraram.
SFC: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia (Léo Cittadini), Vitor Bueno (Paulinho) e Lucas Lima; Gabriel (Alison) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior
SEP: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Matheus Sales, Robinho (Cleiton Xavier) e Roger Guedes; Alecsandro (Rafael Marques) e Gabriel Jesus (Lucas Barrios). Técnico: Cuca

ARTILHEIROS
Com 7 gols, Neymar é o maior goleador santista do confronto, no Século XXI. Gabriel e Ricardo Oliveira, com 6 gols cada, são os vice-artilheiros. Gabigol tem tudo para ultrapassar Neymar.
Gols de Neymar contra o Palmeiras:
(1) 11/04/2009 – Santos 2 x 1 Palmeiras – Paulista
(1) 14/03/2010 – Santos 3 x 4 Palmeiras – Paulista
(1) 05/02/2012 – Santos 1 x 2 Palmeiras – Paulista
(2) 25/08/2012 – Palmeiras 1 x 2 Santos – Brasileiro
(2) 01/12/2012 – Santos 3 x 1 Palmeiras – Brasileiro

Neymar marcou seu 1º gol diante do Palmeiras em 2009!


Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *