No retorno à Vila pela Libertadores, Santos mantém invencibilidade

Published On 17/03/2017 | Informações, Taça Libertadores
Por Gabriel Santana
Santos, 17/03/2017

Após 5 anos, o Santos voltou a realizar um jogo pela Taça Libertadores na Vila Belmiro! Com gols dos experientes Ricardo Oliveira e Renato, o time santista venceu o The Strongest/BOL por 2×0, o mesmo placar do ultimo confronto entre as equipes.
Agora já são 5 partidas na história entre Santos e The Strongest/BOL, com ampla vantagem santista. Diante das equipes bolivianos, historicamente o time santista sempre se sobressaiu.
O capitão Ricardo Oliveira marcou seu primeiro gol na temporada, e o 81º com a camisa do Santos. O ídolo Renato também marcou seu primeiro gol no ano, e o seu 31º pelo Alvinegro. Os veteranos são os unicos do elenco atual, que já haviam defendido o Santos na Taça Libertadores.
O centroavante aliás, tem a oportunidade de se tornar o maior artilheiro santista na competição. Com 11 gols, ele está próximo dos artilheiros Pelé (16), Neymar (14), Robinho (14) e Coutinho (11). Se ele manter o mesmo número de gols de sua ultimar participação (9 gols), ele ultrapassa Pelé.

Renato marcou o 2º gol da partida! (Foto/Flickr Santos FC)

O jogo representou a 114ª partida do Santos na maior competição da América do Sul, além de manter uma longa invencibilidade. Desde 1984, o Alvinegro não perde para estrangeiros na Vila Belmiro em jogos pela Taça Libertadores. Já são 33 jogos, com 28 vitórias e 5 empates.

Ficha Técnica: 
16/03/2017 – Santos 2 x 0 The Strongest
Gols: Ricardo Oliveira aos 45min do primeiro tempo; Renato aos 38min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 13.132
Renda: R$ 381.290, 00
Árbitro: Nestor Pitana (ARG/FIFA);
Auxiliares: Hernan Maldana (ARG/FIFA) e Juan Pablo Belatti (ARG/FIFA);
Cartões amarelos: Thiago Maia (SFC); Pablo Escobar e Walter Veizaga (STR)
Cartão vermelho: Walter Veizaga (STR)
SFC: Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato (Leandro Donizete), Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno (Vladimir Hernández), Ricardo Oliveira e Bruno Henrique (Copete). Técnico: Dorival Júnior.
TSFC: Daniel Vaca; Diego Bejarano, Fernando Marteli, Luis Maldonado e Marvin Bejarano; Walter Veizaga, Raúl Castro e Agustín (Wayar); Alejandro Chumacero (Fabricio Pedrozo) e Pablo Escobar (Valverde) e Matías Alonso. Técnico: César Farias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *