Omar – 1923-1932

Published On 16/02/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva,
Santos, 16/02/2017

Nome completo – Omar Pupo de Moraes
Período – 1923-1932
Posição – Atacante (ponta-direita)
Nascimento – A confirmar
Jogos – 145
Gols – 23

Histórico – Contratado junto ao Brasil FC, simpática equipe de Santos, ao lado de Camarão, Siriri, Nabor e Batista, Omar chegou ao Alvinegro contrariando sua família.
Ponta direita rápido e habilidoso, e oriundo de uma família com uma boa condição financeira, Omar preferiu dedicar-se ao futebol, e principalmente ao Santos, em uma época que não havia profissionalismo, e, portanto, sem os grandes salários de hoje em dia, e automaticamente, abdicando de sua confortável situação financeira.
Quando chegou à Vila Belmiro, em 1923, logo assumiu a titularidade da equipe, e a manteve por longas temporadas.
Fez parte do incrível ataque dos 100 gols, em 1927, ao lado de Feitiço, Araken, Camarão, Siriri e Evangelista. Omar não marcou tantos gols como seus companheiros de ataque, porém, não se incomodava com isso. Preferia realizar uma assistência, do que assinalar um gol.
Permaneceu na Vila Belmiro por 10 temporadas, e ao deixar o Alvinegro, não atuou mais nenhum clube.
Após a aposentadoria, prestou serviços ao Santos. Em 1943, quando foi inaugurada sede na cidade de São Paulo, respondia pelos expedientes da sede na capital, além de cuidar e administrar os registros dos contratos do clube na Federação Paulista de Futebol.
Omar serviu ao time santista como administrador da sede de São Paulo por 40 anos, até o seu afastamento em definitivo, após o encerramento das atividades da sede em 1983.
Em homenagem a Omar, a sala de administração da nova Sub-Sede do Santos em São Paulo, chama-se Omar Pupo de Moraes.

ESTREIA
27/09/1923 – Santos 2 x 2 Seleção do Rio Grande do Sul
Gols: Siriri [2]; Nenê [2].
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Renda: R 864$200
Árbitro: Antonio Pedroso de Carvalho
SFC: Agne; David Pimenta e Bilu; Alfredo, Julio e Renato; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Hugo.
RS: Lara; Py e Esper; Ribeirão, Leão e Hugo; Mandarino, Nenê, Marcello, Genny e Ramão.
PRIMEIRO GOL
01/06/1924 – Santos 4 x 1 Braz Atlético
Gols: Omar, Siriri [2] e Constantino; De Vitto.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Renda: R 1:017$000
Árbitro: Antonio Chinaglia
Santos: Randolpho; Bilu e David; Rosa , Alfredo e Renato; Omar, Constantino, Araken, Siriri e Hugo.
BAC: Hermes; Soares e Brasileiro; Américo, Coca e Mariano; Sylvestre, De Vitto, Petronilho, Garcia e Sorrentino.
Obs: Omar assinalou seu primeiro gol com a camisa santista aos 23 segundos de jogo, sendo o gol mais rápido da época.
ULTIMA PARTIDA
20/11/1932 – CA Ypiranga 3 x 2 Santos
Gols: Mario Seixas e Logu – Paulinho (p), Nello e Apra
Local: Campo da AA São Bento, em São Paulo.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: José Folker
SFC: Athiê; Amorim e Bompeixe; Floriano, Agostinho e Alfredo; Omar, Camarão, Victor Gonçalves, Mario Seixas e Logu.
CAY: Rato; Rovay e Gallet; Nilo, Santos e Américo; Figueiredo, Nello, Apprá, Lalá e Paulinho.

• Jogos e gols:
1923 – 01 jogo e 00 gol;
1924 – 22 jogos e 01 gol;
1925 – 23 jogos e 03 gols;
1926 – 22 jogos e 05 gols;
1927 – 27 jogos e 09 gols;
1928 – 16 jogos e 02 gols;
1929 – 05 jogos e 00 gol;
1930 – 26 jogos e 03 gols;
1931 – 02 jogos e 00 gol;
1932 – 01 jogo e 00 gol;
Total – 145 jogos e 23 gols

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Jornal “A Tribuna de Santos”;
“Os imortais do nosso Futebol”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *