Orlando Peçanha – 1965-1968

Published On 03/07/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 03/07/2017

Nome completo – Orlando Peçanha de Carvalho
Período – 1965-1968
Posição – Zagueiro
Nascimento – 20 de setembro de 1935, Rio de Janeiro
Jogos – 136
Gols – 00

Histórico – Iniciou sua paixão pelo futebol nos campos de terra batida do Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. Com o passar do tempo, começou a atuar em equipes amadoras, até chegar no Fonseca AC, da cidade de Niterói.
No final de 1951, foi realizar um teste no Vasco. Não foi aprovado de imediato, devido a seu corpo franzino, porém, suas atuações no Fonseca AC, convenceram o treinador Carlos Volante, então técnico dos juvenis, a dar uma oportunidade a Orlando. Em pouco tempo, já estava entre os titulares do time juvenil, que conquistou o título da categoria em 1954.
No ano de 1955, teve suas primeiras chances no profissional, e tomou conta da posição. Sua primeira convocação para a Seleção Brasileira ocorreu em 1958. No mesmo ano, conquistou o título mundial com a seleção canarinho, na Suécia.
Após diversas conquistas com o Vasco, transferiu-se para o Boca Juniors/ARG em 1960.
Em Buenos Aires, recebeu da imprensa o apelido de “O Senhor do Futebol”.
Na equipe argentina, foi Campeão Nacional em 1962, 1964 e 1965, além do vice-campeonato na Taça Libertadores da América de 1963, perdendo para o próprio Santos. Tornou-se ídolo, porém, desperdiçou a chance de disputar a Copa de 1962. Atletas que atuavam fora do Brasil, ao contrário de hoje, tinham pouco espaço na Seleção.
Retornou ao Brasil em 1965, quando acertou com a equipe de Vila Belmiro. Para chegar ao Santos, rejeitou uma proposta de Cr$ 70 milhões, para renovar com o Boca Juniors.
No Santos, chegou com status de titular, e de provável substituo de Calvet. Sua classe em desarmar, era um de seus principais atributos.
Com a camisa santista, conquistou os Títulos Paulistas de 1965, 1967 e 1968, além do Campeonato Brasileiro de 1965. Enquanto esteve no Santos, atuou 14 vezes pela Seleção Brasileira, e representou o Alvinegro na Copa do Mundo de 1966.
Sua melhor temporada estatística, foi no ano de 1967, quando atuou em 44 partidas.
Permaneceu no Santos até 1968, quando retornou ao Vasco, para encerrar a carreira, em 1969.
Ao se aposentar, iniciou como treinador. Sua primeira equipe, foi o CSA-AL, em 1977. Dirigiu também Fluminense-BA, Joinvile, Vitória, entre outros.
Sua última atividade profissional foi como presidente da A.B.T.F (Associação Brasileira de Treinadores de Futebol).
Faleceu no dia 10 de fevereiro de 2010, aos 74 anos, vítima de ataque cardíaco.
Orlando Peçanha foi um dos grandes zagueiros brasileiros da história do futebol.

ESTREIA
11/07/1965 – Santos 3 x 1 América
Gols: Coutinho aos 3min e Lima aos 8min do primeiro tempo; Ladeira aos 21min e Coutinho aos 25min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Airton Vieira de Morais.
Público: 13.861 pagantes
Renda: Cr$ 11.921.500,00
Expulso: Tarciso (América)
Santos: Gylmar; Carlos Alberto, Mauro, Orlando e Lima; Zito e Salomão; Peixinho, Coutinho, Toninho Guerreiro e Abel. Técnico: Lula
America: Reis: Nelson, Tarciso, Tuba e Ambrosio: Mota e Celino; Cuca, Ladeira, Cardoso e Caravetti, Técnico: Rubens Francisco Minelli.
ULTIMA PARTIDA
01/09/1968 – Benfica/POR 3 x 3 Santos
Gols: Carlos Alberto, Edu e Toninho; Jacinto, Zé Augusto e Eusébio.
Local: Yankee Stadium, em New York, Estados Unidos.
Competição: Amistoso
Público: 36.904 pagantes
Benfica: Nascimento; Jacinto, Raul, Humberto e Cruz; J. Graça e Coluna; Zé Augusto, Torres, Eusébio e Simões.
Santos: Cláudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel Camargo e Rildo; Lima (Orlando) e Negreiros; Edu, Toninho, Pelé e Pepe. Técnico: Antoninho

• Jogos e gols:
1965 – 38 jogos e 00 gol;
1966 – 32 jogos e 00 gol;
1967 – 44 jogos e 00 gol;
1968 – 22 jogos e 00 gol;
Total – 136 jogos e 00 gol

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Site “Tardes de Pacaembu”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *