Pré-jogo histórico – Santos x Bahia

Published On 16/11/2017 | Pré-Jogo Histórico
Por Antônio Felipe,
Santos, 16/11/2017

Nesta quinta-feira, às 21h, na Fonte Nova, em Salvador, o Santos enfrenta a equipe do Bahia pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. O Peixe atualmente é o quarto colocado da competição com 56 pontos, enquanto o tricolor baiano a décima posição com 46.
O técnico santista, Elano, terá o retorno do atacante Bruno Henrique, que volta após cumprir suspensão. David Braz, após estar lesionado, é outro que deve retornar ao time. Com isso, a equipe deve ir a campo com Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo e Victor Ferraz; Alison, Renatinho, Lucas Lima e Bruno Henrique; Arthur Gomes e Ricardo Oliveira.
Com duas derrotas seguidas e com atuações pífias da equipe, o Santos passa a correr risco de não conseguir uma vaga direta para a Libertadores de 2018. OS quatro primeiros colocados, mais o Cruzeiro, como campeão da Copa do Brasil, garantem vagas diretas. Outras três equipes disputam a pré-Libertadores.
Santos e Bahia se enfrentaram em 43 oportunidades pelo Campeonato Brasileiro. O Alvinegro da Vila venceu em 21 ocasiões, com nove empates e 13 triunfos da equipe baiana. No primeiro turno deste ano, o Peixe derrotou o tricolor baiano pelo placar de 3×0, em partida disputada no estádio do Pacaembu, em São Paulo, com três gols marcados por Bruno Henrique.

Virada com chocolate histórico
O Santos enfrentou a equipe do Bahia pelo segundo turno do Brasileiro de 2003 no estádio da Fonte Nova, em Salvador. A equipe da casa começou melhor e abriu o placar logo aos nove minutos da primeira etapa com gol do atacante Didi. O Santos reagiu rápido e cinco minutos depois, Robinho acertou um belo chute do meio da rua que encobriu o goleiro Emerson. Um golaço! Dois minutos depois com Léo, o Peixe virou a partida.  Ainda no primeiro tempo, Didi e Robinho marcaram mais um para cada lado e Cícero empatou para o Bahia. O primeiro tempo acabou com incríveis 3×3. No segundo tempo, o panorama do jogo não mudou. Logo aos sete minutos, com falha do goleiro Fábio Costa, Preto Casagrande colocou o Bahia novamente na frente do placar com um gol de falta. A partir de então, só deu Santos. Dois gols de Diego, aos 19 e aos 21, deixou o Alvinegro Praiano na frente do placar mais uma vez. Ainda houve tempo para os gols de William e Fabiano para fechar o histórico resultado de 7×4 a favor do Peixe. Abaixo a ficha técnica do jogo de onze gols
22/10/2003 – Bahia 4 x 7 Santos
Gols: Didi aos 9min e aos 22min, Robinho aos 14min e aos 29min, Léo aos 15min e Cícero aos 37min do primeiro tempo; Preto Casagrande (f) aos 7min, Diego aos 19min e aos 21min, William aos 34min e Fabiano (p) aos 47min do segundo tempo.
Local: Estádio Fonte Nova, em Salvador, Bahia.
Renda: R$ 124.257,50
Público: 15.545
Árbitro: Jorge Fernando Rabelo
SFC: Fábio Costa; Neném (Reginaldo Araújo), André Luis, Alex e Leo; Paulo Almeida, Renato, Elano (William) e Diego; Robinho e Fabiano. Técnico: Emerson Leão.
ECB: Emerson; Guto (Paulinho), Accioly, Marcelo Souza e Chiquinho; Neto, Ramos, Preto Casagrande e Cícero (Danilo); Jean Carlos (Nonato) e Didi. Técnico: Lula Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *