Pré-jogo histórico – Santos x Flamengo

Published On 28/06/2017 | Pré-Jogo Histórico
Por Antônio Felipe
Santos, 28/06/2017

Nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, o Santos enfrenta o Flamengo pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil de 2017.
O técnico santista, Levir Culpi, já esboçou a equipe titular. Thiago Maia não foi relacionado por conta de uma gastroenterocolite e provavelmente dará lugar a Leandro Donizete. Ricardo Oliveira e Zé Carlos ainda não retornam. O provável time que deve ir a campo é Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Leandro Donizete (Alison), Renatinho, Lucas Lima e Bruno Henrique; Copete e Kayke.
Após o fatídico jogo pelo Brasileirão no final de semana, o Alvinegro da Vila vira a página e tem pela frente o Flamengo pela Copa do Brasil. Para chegar a esta fase da competição, o Peixe passou pelo Paysandu nas oitavas. Vale lembrar que por disputar a Libertadores, o Santos já ingressou diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil.
Santos e Flamengo se enfrentaram duas vezes pela Copa do Brasil. Ambas foram disputadas pelo torneio de 2000 no qual o Peixe venceu nas duas oportunidades e eliminou o rival carioca nas quartas de final da competição. Na primeira partida, disputada fora de casa, o Peixe venceu o Rubro-Negro por 4×0 em pleno Maracanã. A partida de volta, na Vila Belmiro, o Alvinegro Praiano confirmou a classificação com uma bela vitória de 4×2.

Quem já esteve do lado de cá
Pará (Santos 2008-2012) – O polivalente jogador chegou ao Peixe durante o Campeonato Brasileiro de 2008 após se destacar pelo Santo André. O curinga permaneceu no Peixe até o início de 2012 e se transferiu para o Grêmio. Pará viveu altos e baixos na Vila Belmiro, tem em seu currículo muitos títulos com a camisa do Peixe: três paulistas (2010/2011/2012), uma Copa do Brasil (2010) e a Libertadores (2011). No Santos foram 187 jogos e três gols marcados.
Leandro Damião (Santos 2014) – Simplesmente a contratação mais cara da história do Santos, Leandro Damião, o “Bigode Grosso” , veio para resolver o problema de gols na Vila Belmiro. No Peixe, porém, os gols minguaram, várias atuações desastrosas e no final de ano o jogador acionou o clube na justiça por vencimentos atrasados.  Pelo Santos, Damião fez 44 jogos e marcou 11 gols.
Diego (Santos 2002-2004) – Revelado na base santista, Diego vestiu a camisa 10 do Peixe com apenas 17 anos e com Robinho formou uma dupla que conquistou o país. O titulo brasileiro em 2002 foi um divisor de águas na história do Santos. Em 2004, o Peixe conquistaria mais um Campeonato Brasileiro e Diego atuaria por algumas partidas no início da competição antes de se transferir para o futebol europeu. Pelo profissional do Santos, Diego fez 132 jogos e marcou 38 gols.

Goleada em pleno Maracanã
Pela Copa do Brasil de 2000, o Santos enfrentou a equipe do Flamengo pelas quartas de final da competição. O primeiro jogo ocorreu no Rio de Janeiro. Em pleno estádio do Maracanã, o Peixe tomou conta do jogo e aplicou uma sonora goleada de 4×0 com dois gols de Dodô e dois de Caio. Rincón ainda perdeu um pênalti. O Santos foi para o segundo jogo com a vaga na mão. Abaixo a ficha técnica do confronto:
21/06/2000 – Flamengo 0 x 4 Santos
Gols: Dodô aos 28min e aos 31min do primeiro tempo; Caio aos 9min e aos 22min do segundo tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro
Público: 9.551 pagantes
Árbitro: Oscar Roberto Godói.
Cartão Amarelo: Claudiomiro (SAN); Reinaldo e Juan (FLA)
Flamengo: Clêmer; Maurinho, Juan e Fabão; Mozart, Leandro Avíla, Rocha e Beto; Petkovic (Lucio), Reinaldo e Tuta (Rodrigo Mendes). Técnico: Carlinhos
Santos: Carlos Germano; Baiano, Claudiomiro (Márcio Santos), André Luis, Rubens Cardoso; Rincón, Anderson Luiz, Valdo e Robert (Piá); Dodô e Caio (Júlio César). Técnico: Giba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *