Pré-jogo histórico – Santos x Palmeiras

Published On 19/03/2017 | Pré-Jogo Histórico
Por Antônio Felipe
Santos, 19/03/2017

Neste domingo, às 18h30, na Vila Belmiro, o Santos enfrenta a equipe do Palmeiras pela nona rodada do Campeonato Paulista de 2017. O Peixe atualmente é o terceiro colocado do grupo D com 13 pontos, enquanto a o time alviverde detém a liderança do grupo B com 18.
O técnico santista Dorival Júnior deve mandar a campo a mesma equipe que derrotou o The Strongest na Vila na última quinta-feira pela Libertadores. O zagueiro Cléber segue de fora do time. A provável escalação tem Vladimir; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo  Zé Carlos; Thiago Maia, Renatinho, Lucas Lima e Vitor Bueno; Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Caso consiga uma vitória o Peixe assume a liderança do grupo D do Paulistão. Graças aos tropeços de Ponte Preta e Mirassol neste sábado, o Alvinegro da Vila pode respirar aliviado dentro do certame estadual. O Santos tem um ponto a menos que o Mirassol e dois atrás da líder Ponte Preta.”O Clássico da Saudade” tem sido marcado por grandes duelos e rivalidade muito acirrada e ambas as equipe devem entrar com o que tem de melhor.
Santos e Palmeiras se enfrentaram 186 vezes pelo Campeonato Paulista. Ao todo o Peixe conquistou 53 vitórias, com 43 empates e 90 triunfos da equipe da capital. O último confronto pelo estadual ocorreu na semifinal do ano passado, na Vila Belmiro, com o placar de 2×2 e vitória do Peixe nos pênaltis.

Quem já esteve do lado de cá
Arouca – Após passagem ruim pelo São Paulo, Arouca chegou ao Santos numa troca com o volante Rodrigo Souto. O negócio foi muito vantajoso para o Peixe, já que Arouca jogou o fino da bola pelo Alvinegro Praiano durante quatro anos. Ao fim de 2014, o volante deixou a equipe santista após acionar o clube na justiça devido a salários atrasados. Tudo isso fez com que gerasse um certo desconforto entre o jogador e a torcida santista. Arouca realizou 267 partidas pelo Peixe e marcou seis gols.
Edu Dracena – O defensor, revelado pelo Guarani, chegou ao Santos durante o ano de 2009 após passar pelo futebol turco. O zagueiro demorou a estrear pelo Peixe, pois se recuperava de contusão quando chegou. Apenas no final da temporada teve suas primeiras oportunidades. Nos anos seguintes teve papel fundamental na equipe santista ao lado do zagueiro Durval. Edu Dracena ganhou praticamente tudo pelo Santos e ficará marcado para sempre como o capitão que ergueu a taça de campeão da Libertadores de 2011.Edu deixou o Peixe no final de 2014 e pelo Alvinegro da Vila disputou 230 jogos e marcou 17 gols.

Show santista na Vila
Pela primeira fase do Paulista de 1959, o Peixe enfrentou a forte equipe do Palmeiras na Vila.Neste dia o Peixe foi avassalador e aplicou uma histórica goleada pelo placar de 7×3.  A equipe palestrina saiu na frente do marcador, mas o Alvinegro da Vila conseguiu uma fantástica virada com direito a um fenomenal show de gols. Abaixo a ficha técnica do confronto:
03/10/1959 – Santos 7 x 3 Palmeiras
Gols: Paulinho aos 14min, Pepe aos 15min, Dorval aos 18min, Dicão (c) aos 30min e Pelé aos 44min do primeiro tempo; Pepe (p) aos 7min, Pelé aos 10min e aos 27min, Romeiro aos 13min e Chinezinho aos 29min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Renda: Cr$ 1.468.400,00
Público aproximadamente em 27.000
Árbitro: Pedro Calil
SFC: Manga; Getúlio, Pavão e Mourão; Formiga e Zito; Dorval, Jair Rosa Pinto, Pagão, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
SEP: Anibal; Djalma Santos, Dicão e Geraldo; Ivan e Valdemar; Julinho, Romeiro, Paulinho, Ênio Andrade e Chinesinho. Técnico: Oswaldo Brandão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *