Pré-jogo histórico – Santos x Ponte Preta

Published On 10/04/2017 | Pré-Jogo Histórico
Por Antônio Felipe
Santos, 10/04/2017

Nesta segunda-feira, às 20h, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, o Santos enfrenta a equipe da Ponte Preta pelo segundo jogo das quartas de final do Paulistão 2017. A partida definirá o último classificado para as semifinais do certame estadual. Caso avance, o Alvinegro da Vila enfrentará o Palmeiras na próxima fase. Para se classificar, o Peixe deve vencer por pelo menos dois gols de diferença. Uma vitória pela vantagem mínima levará a partida para os pênaltis.
Após a derrota por 1×0 na primeira partida diante da Ponte, o técnico Dorival Júnior poderá fazer algumas mudanças na equipe. O meia-atacante Vitor Bueno deve ser mantido na equipe, mas caso haja alguma mudança pode dar lugar a Copete ou Hernández. O lateral esquerdo Zé Carlos à disposição tem retorno garantido. O provável time que vai a campo: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Zé Carlos; Thiago Maia, Renatinho, Lucas Lima e Vitor Bueno (Copete ou Hernández); Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Por decisão da direção do Peixe, o jogo decisivo será no estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, onde a equipe mantém uma sequência de 17 vitórias consecutivas. A torcida do Alvinegro da Vila deve estar em bom número para empurrar o Santos rumo à vitória, que é o único resultado que interessa.
Santos e Ponte Preta já se enfrentaram 90 vezes pelo Paulistão. O Peixe venceu em 54 oportunidades, com 15 empates e 21 triunfos da Macaca. No estádio do Pacaembu será apenas o segundo jogo pelo estadual na história. O único confronto ocorreu em 1979 com vitória do Santos por 2×0 em partida que teve a Ponte como mandante.

Quem já esteve do lado de cá
Wendel (Santos 2005-2006) – O curinga jogou em praticamente todas as posições no Santos, inclusive de goleiro numa partida contra o Rio Branco na Vila Belmiro na campanha vitoriosa no Paulistão de 2006. Após deixar o Santos foi atuar no futebol europeu. Wendel atuou em 47 partidas e fez três gols.
Aranha (Santos 2011-2014) – O goleiro chegou ao Peixe no início de 2011 e foi reserva de Rafael até a metade de 2013, quando o titular foi jogar no futebol europeu. Aranha teve boa participação na meta santista durante um bom tempo. No fim de 2014 deixou a equipe para defender o rival Palmeiras. O arqueiro conquistou pelo Santos os Paulistas de 2011 e 2012, a Libertadores de 2011 e a Recopa Sulamericana em 2012. Ao todo foram 125 partidas pelo Alvinegro da Vila e 118 gols tomados.

Vitória no Pacaembu rumo ao título
Em 1979, mas ainda pelo longo Campeonato Paulista de 1978, o Santos enfrentou a forte equipe da Ponte Preta no Pacaembu em um dos confrontos da terceira fase. A mandante da partida foi a Macaca. Com gols de Juary e um belíssimo tento de falta marcado por Ailton Lira o Alvinegro Praiano saiu vitorioso e seguiu forte rumo ao título da competição que seria conquistado 21 dias depois. Abaixo a ficha técnica do confronto:
07/06/1979 – Santos 2 x 0 Ponte Preta
Gols: Juary aos 44min do primeiro tempo; Ailton Lira aos 42min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 41.346 pagantes + 4.697 menores (46.043 pessoas)
Renda: Cr$ 1.675.630,00
Árbitro: João Leopoldo Aieta
Santos: Vitor; Nelsinho Batista, Joãozinho, Neto e Gilberto Sorriso; Toninho Vieira, Pita e Ailton Lira; Nilton Batata, Juary e João Paulo. Técnico: Formiga
Ponte Preta: Carlos; Toninho, Oscar, Eugênio e Toninho Costa; Humberto, Marco Aurélio (Wilsinho) e Dicá; Lucio, Osvaldo e João Paulo. Técnico: Cilinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *