Pré-jogo histórico – Santos x São Paulo

Published On 03/06/2015 | Pré-Jogo Histórico
Nesta quarta-feira, às 21h, no estádio do Morumbi, o Santos enfrenta o São Paulo pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Será o terceiro clássico San-São do ano. Até agora foram dois confrontos neste ano, com uma vitoria do Peixe e um empate, ambas as partidas aconteceram na Vila Belmiro.
O Peixe segue em busca do reencontro com o bom futebol. Agora é a vez de enfrentar um adversário que tem trazido boas recordações recentes ao Alvinegro da Vila. Neste ano, o Santos eliminou o Tricolor na semifinal do Paulista após vencer por 2×1. Na primeira fase do campeonato estadual deu empate por 0x0 graças a uma belíssima atuação do arqueiro Rogério Ceni.
A equipe do Santos irá desfalcada de seu ídolo maior, já que o atacante Robinho servirá a Seleção Brasileira na Copa América. Mais uma vez a equipe alvinegra será prejudicada pelo calendário esdrúxulo das competições no Brasil. Outro atleta que estará de fora será o volante Valencia, que defenderá a Colômbia.
Pela história do Campeonato Brasileiro será o 61º jogo entre Santos e São Paulo. O Peixe venceu 21 partidas, com 14 empates e 26 vitórias do São Paulo. O embate de hoje pode ser o último San-São do ídolo são paulino Rogério Ceni, já que o próprio atleta confirmou que não atuará mais após o término de seu contrato em agosto. Seja qual for o resultado, Rogério terá números desfavoráveis diante do Peixe. Até agora foram 62 partidas, o Peixe venceu 24 vezes, com 17 empates e 21 triunfos do rival com o arqueiro em campo.
Quem já esteve do lado de cá:
Hudson – Revelado na base santista, o volante e lateral direito subiu aos profissionais em 2007 e permaneceu no clube até 2008. Contudo, atuou em pouquíssimas partidas e teve uma passagem esquecida por grande parte da torcida do Peixe.
Carlinhos – Lateral esquerdo revelado pelo Peixe, Carlinhos subiu aos profissionais no ano de 2005 e logo de cara mostrou qualidade. O jogador ficou no Peixe até 2008, mas sempre teve uma participação ofuscada, já que tinha a concorrência do consagrado Kléber. Mesmo como reserva chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira do técnico Dunga.
Paulo Henrique Lima – Revelado no Santos e um dos mais controversos nomes para os torcedores do Peixe, PH Ganso teve suas primeiras chances em 2008, após se destacar nos juniores. O meia paraense chegou ao clube com apenas 15 anos de idade com indicação do craque e ídolo Giovanni. Ganso defendeu o Santos até 2012, ano de sua conturbada saída para o São Paulo, onde até agora luta para se firmar de vez e voltar a defender a Seleção Brasileira.
Alan Kardec – Chegou desacreditado ao Peixe no meio de 2011 e aos poucos foi conquistando a torcida com gols e boas atuações. Porém, veio do Benfica por empréstimo curto e deixou o Santos na metade de 2012, sem tempo de ganhar mais notoriedade pelo Alvinegro da Vila. Depois do Peixe, teve ótima passagem pelo Palmeiras e hoje está no São Paulo. Como está lesionado, fica de fora do clássico de hoje.
Wesley – Mais um revelado pelo Peixe, o meia iniciou sua passagem pelo profissional do Santos em 2007. No começo, Wesley atuava como atacante e não conseguiu se firmar nessa posição. Em 2009 foi emprestado ao Atlético-PR, onde jogou no meio-campo e também na lateral direita. Na equipe do Paraná, o Menino da Vila teve uma participação destacada. Em seu retorno à Vila no ano de 2010 conseguiu deslanchar atuando ao lado de Neymar, Robinho, Paulo Henrique Lima, Arouca, entre outros. Wesley chegou inclusive à Seleção Brasileira, convocado por Mano Menezes.
Uma partida para recordar:
No primeiro turno do Brasileirão de 2006, o São Paulo recebeu o Santos no estádio do Morumbi. À época, o Tricolor tinha a melhor equipe do Brasil, tanto que se sagrou campeão do certame daquele ano. Contudo, nesta partida, o Santos deu a bola e goleou o rival por 4×0 com dois gols de Fabiano, um de Denis e outro de Rodrigo Tiuí.
30/07/2006 – São Paulo 0 x 4 Santos
Horário: 16h (horário de Brasília).
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi (São Paulo/SP).
Público: 10.855 (pagantes).
Renda: R$ 102.858,00.
Arbitragem: Leonardo Gaciba da Silva (ARB – Rio Grande do Sul).
Cartões Amarelos: Alex e Richarlyson (SPFC); Kleber (SFC).
Cartão Vermelho: Alex, 38’/2T (SPFC).
Gols: Fabiano, 41’/1T e 43’/1T, Dênis, 9’/2T, e Rodrigo Tiuí, 27’/2T (SFC).
São Paulo: Rogério Ceni; Alex Silva, Alex e Edcarlos; Ilsinho, Ramalho, Richarlyson, Lenílson e Lúcio; Alex Dias e Thiago Ribeiro (Lima). Técnico: Muricy Ramalho.
Santos: Fábio Costa; Manzur, Ronaldo Guiaro e Luiz Alberto; Dênis, Maldonado, Wendel, Rodrigo Tabata (Rodrigo Tiuí) e Kleber (Heleno); Reinaldo e Fabiano (André). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Crédito dos números de Rogério Ceni contra o Santos: Wesley Miranda (ASSOPHIS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *