Pré-jogo histórico – Santos x Sport

Published On 06/09/2015 | Pré-Jogo Histórico
Por Antônio Felipe
Santos, 06/09/2015
Neste domingo, às 18h30, na Ilha do Retiro, em Recife, o Santos encara a equipe do Sport pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Será o quarto confronto entre as equipe neste ano. Apenas um ponto separa as equipes na tabela de classificação. O Peixe atualmente é o oitavo colocado com 33, enquanto o Sport detém a 10ª posição com 32.
O Peixe vem de uma boa vitória no meio de semana sobre a equipe da Chapecoense pelo placar de 3×1. Dorival Júnior não poderá contar com Geuvânio, que se contundiu na última partida. Lucas Lima, na seleção brasileira, é outro que desfalca o time. Marquinhos Gabriel mais uma vez deve ganhar uma vaga na equipe titular. Gabriel, de fora dos últimos jogos, deve reaparecer na equipe.
Recentemente, o Santos eliminou a equipe do Sport pela Copa do Brasil. A última partida na Ilha do Retiro ocorreu no primeiro confronto da Copa e o Sport venceu pelo placar de 2×1. No jogo de volta, já na Vila Belmiro, o Peixe saiu vitorioso pelo placar de 3×1. A outra partida disputada este ano aconteceu no estádio Urbano Caldeira pelo Campeonato Brasileiro e terminou empatada por 1×1. Naquela ocasião, o Santos tomou o gol de empate no último lance da partida.
Santos e Sport já se enfrentaram 33 vezes pelo Brasileirão. O Peixe leva vantagem com 15 vitórias e dez empates, enquanto a equipe pernambucana triunfou em oito oportunidades.
Quem já esteve do lado de cá
André – O centroavante revelado pelo Peixe subiu à equipe profissional no ano de 2009, mas foi em 2010 que se destacou marcando muitos gols atuando ao lado de Neymar, Paulo Henrique Lima e companhia. Na metade de 2010 foi jogar no futebol europeu onde não se firmou. Ainda em 2010, quando ainda estava no Santos, André teve uma oportunidade na seleção brasileira de Mano Menezes. André retornou ao Santos no meio de 2012 emprestado pelo Atlético e permaneceu na Vila até a metade de 2013, contudo não conseguiu brilhar como da primeira vez.
Éwerton Páscoa – O zagueiro e volante chegou ao Santos após ser vice-campeão paulista pelo Guarani em 2012. No Alvinegro da Vila teve algumas chances e saiu no final do ano. Passagem discreta.
Durval – Ídolo no Sport Recife, Durval foi trazido ao Peixe no início de 2010. A princípio desacreditado, o xerife conseguiu ganhar seu espaço com muita seriedade e personalidade. Ao lado de Edu Dracena formou a dupla de zaga tricampeã paulista, campeã da Libertadores e Copa do Brasil, além da Recopa Sulamericana. O zagueiro deixou a equipe santista no final de 2013.
Matheus Ferraz – Revelado na base do Santos, Matheus subiu aos profissionais no atrapalhado ano de 2005. O zagueiro disputou algumas partidas pelo Brasileirão daquele ano, mas não deixou saudades.
Wendel – Mais um que chegou ao Peixe em 2005. O curinga jogou em praticamente todas as posições no Santos, inclusive de goleiro numa partida contra o Rio Branco na Vila Belmiro na campanha vitoriosa no Paulistão de 2006. Após deixar o Santos foi atuar no futebol eurpeu.
Rodrigo Mancha – Veio do Coritiba na metade de 2009. O volante começou até bem sua passagem pela Vila Belmiro e manteve um nível bom no começo de 2010. Até que dois lances bisonhos numa partida de Copa do Brasil contra o Grêmio no Olímpico o fez cair em desgraça. Após essa partida, Mancha teve vida curta no Santos.
Maikon Leite – O atacante chegou ao Peixe muito jovem após se destacar pela equipe do Santo André em 2008. Logo que chegou mostrou muito potencial, mas teve sua grande fase interrompida após romper todos os ligamentos do joelho. Maikon teve pela frente outras várias lesões. Em 2010 foi emprestado ao Atlético-PR. No começo de 2011 retornou ao Peixe e reviveu boa fase. Contudo, assinou pré-contrato com o rival Palmeiras e deixou o Santos no meio daquele ano.
 Uma bela vitória em Recife
O Santos foi até a capital do estado de Pernambuco enfrentar a equipe do Sport na Ilha do Retiro e saiu de lá com uma bela vitória pelo placar de 2×0. Ambos os gols foram marcados por Mazinho.
11/08/1971 – Sport 0 x 2 Santos
Gols: Mazinho aos 44min do primeiro tempo; Mazinho aos 38min do segundo tempo.
Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco.
Público pagante: 28.570 pessoas
Árbitro: Arnaldo César Coelho
Sport: Peres; Fraga, Nilton, Altair, Neves; Milton, Nenê, Copeu; Cesar (Vanderlei), Duda e Gijo (Telê). Técnico: Pinheiro.
Santos: Cejas; Orlando, Marçal, Ramos Delgado, Turcão; Léo Oliveira, Dicá, Jader; Mazinho, Pelé e Edu. Técnico: Mauro Ramos de Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *