Recopa Sul-Americana – 1968

Published On 15/03/2014 | Recopa Sul-Americana, Títulos
Por Gabriel Santana
Santos, 15/03/2014
Atualizado, 19/04/2017

A Recopa Sul-Americana foi criada com o intuito de qualificar um representante Sul-Americano Campeão Mundial, para a disputa da Recopa Mundial.
O Santos conquistou o Título diante de seus rivais Sul-Americanos Campeões do Mundo, e classificou-se para enfrentar a Internazionale de Milão na Recopa Mundial de 1968.

1º TURNO
13/11/1968 – Peñarol-URU 3 x 0 Racing-ARG
19/11/1968 – Santos 2 x 0 Racing-ARG – Gols: Pelé e Edu; Palestra Itália
21/11/1968 – Santos 1 x 0 Peñarol-URU – Gol: Clodoaldo; Maracanã
2º TURNO
16/04/1969 – Racing-ARG 2 x 3 Santos – Gols: Toninho [2] e Negreiros; Presidente Perón
19/04/1969 – Peñarol-URU 3 x 0 Santos; Centenário
22/05/1969 – Racing-ARG 1 x 1 Peñarol-URU
Classificação:
1 – Santos; 06 PG
2 – Peñarol; 05 PG
3 – Racing; 01 PG
Campanha:
CAMPEÃO – 04 jogos – 03 vitórias – 01 derrota – 06 GP – 05 GC

Artilheiros:
02 Gols: Toninho
01 Gol: Pelé, Edu, Clodoaldo e Negreiros
Fichas Técnicas:
19/11/1968 – Santos 2 x 0 Racing-ARG
Gols: Pelé aos 35min do primeiro tempo; Edu aos 12min do segundo tempo.
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo.
Árbitro: Esteban Marino (Uruguai)
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Negreiros e Clodoaldo; Edu (Manoel Maria), Toninho, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
Racing Club: Cejas; Chabay, Perfumo, Basile, Rubén Díaz; Marcos Cominelli (Mori), Rulli, Maschio (Wolff); Chaldú, Cárdenas, Salomone. Técnico Juan José Pizzuti.
21/11/1968 – Santos 1 x 0 Peñarol-URU
Gols: Clodoaldo aos 23min do segundo tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 20.858
Árbitro: Aurelio Bossolino (Argentina)
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Negreiros (Lima) e Clodoaldo; Edu, Toninho, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
Peñarol: Mazurkiewicz; Forlán, Figueroa, Varela, Caetano; Gonçalves, Rocha, Abbadie (Tabaré González), Polo Carrera; Spencer, Joya. Técnico: Rafael Milans.
16/04/1969 – Racing-ARG 2 x 3 Santos
Gols: Machado da Silva aos 10min do primeiro tempo; Toninho aos 2min e aos 7min, Machado da Silva aos 42min e Negreiros aos 43min do segundo tempo.
Local: Estádio Presidente Perón, em Avellaneda, Argentina.
Árbitro: Armando Pena Rocha (Uruguai)
Expulsos: Rulli e Negreiros
Racing Club: Cejas; Raúl Cardozo, Perfumo, Basile, Cabay; Cominelli (Wolff), Rulli; Cárdenas (Juan C. Lamelza), Walter Machado da Silva, Salomone, Miguel A. Adorno. Técnico: Juan José Pizzuti.
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel, Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Manoel Maria, Toninho, Douglas, Edu. Técnico: Antoninho.
19/04/1969 – Peñarol-URU 3 x 0 Santos
Gols: Ramos Delgado (c) no primeiro tempo; Rocha aos 11min e aos 25min do segundo tempo.
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Público: 13.382
Árbitro: Guillermo Nimo (Argentina)
Peñarol: Mazurkiewicz; Figueroa, Roberto Matosas (Varela); Forlán, Milton Viera, Caetano, Spencer, Rocha, Héctor Silva (Corté), Ermindo Onega, Joya. Técnico: Ernesto Ledesma.
Santos: Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Clodoaldo (Mengálvio) e Manoel Maria; Negreiros (Marçal), Toninho, Douglas e Edu. Técnico: Antoninho.

One Response to Recopa Sul-Americana – 1968

  1. carlos lopez says:

    vergonha deve ter algum curintiano infiltrado na nossa diretoria que nao deixa nossa terceira estrela
    brilhar em nossa camisa
    titulo que faz parte da nossa historia
    me ajuda ai po

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *