Recopa Sul-Americana – 1969

Published On 18/05/2014 | Recopa Sul-Americana
Em relação a edição passada, de 1968, o Estudiantes foi adicionado a competição, pois foi o Campeão Mundial de 1968.
1º TURNO
13/11/1969 – Racing 0 x 0 Peñarol
20/11/1969 – Estudiantes 0 x 1 Racing
26/11/1969 – Peñarol 3 x 1 Estudiantes
29/11/1969 – Racing 2 x 1 Santos – Gol: Edu
02/12/1969 – Peñarol 2 x 1 Santos – Gol: Pelé
04/12/1969 – Estudiantes 3 x 1 Santos – Gol: Manoel Maria

2º TURNO
09/12/1969 – Santos 0 x 2 Racing
11/12/1969 – Santos 2 x 0 Peñarol – Gols: Pelé e Manoel Maria
20/12/1969 – Racing 0 x 0 Estudiantes
23/12/1969 – Peñarol 4 x 1 Racing
30/12/1969 – Estudiantes 1 x 2 Peñarol
08/01/1970 – Santos x Estudiantes; As equipes abdicaram-se da partida, pois já não tinham mais chances de conquistar o título.

Classificação:
1 – Peñarol; 09 PG
2 – Racing; 08 PG
3 – Estudiantes; 03 PG
4 – Santos; 02 PG
Campanha:
4º Colocado; 05 Jogos; 01 Vitória; 04 Derrotas; 05 GP; 09 GC; -04 SG
Artilheiros:
02 Gols: Pelé e Manoel Maria
01 Gol: Edu
Fichas Técnicas:
29/11/1969 – Racing 2 x 1 Santos
Gols: Machado da Silva a 1min do primeiro tempo; Edu aos 9min e Machado da Silva aos 11min do segundo tempo.
Local: Estádio General San Martin, na Argentina.
Árbitro: Pablo Varga (Uruguai)
Racing: Cejas; Chabay, Paolino, Basile, Díaz; Rulli, Aguirre, Wolff (Cominelli); Cárdenas, Machado da Silva, Salomone (Adorno). Técnico: Juan José Pizzuti.
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Clodoaldo e Negreiros (Lima); Manoel Maria, Edu, Pelé e Abel (Luiz Carlos). Técnico: Antoninho.
02/12/1969 – Peñarol 2 x 1 Santos
Gols: Pelé aos 18min e Spencer aos 35min do primeiro tempo; Onega, aos 28min do segundo tempo.
Local: Estádio Centenário, no Uruguai.
Árbitro: Rafael Hormazábal (Chile)
Público: 63.230
Peñarol: Mazurkiewicz; Forlán, Figueroa, Matosas, Caetano; Rocha, Gonçalves; Acuña (Joya), Spencer, Onega, Losada. Técnico: Oswaldo Brandão.
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Clodoaldo (Marçal) e Negreiros; Manoel Maria, Luiz Carlos, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho.
04/12/1969 – Estudiantes 3 x 1 Santos
Gols: Verón aos 11min, Manoel Maria aos 25min e Conigliaro aos 27min do primeiro tempo; Verón aos 44 do segundo tempo.
Local: Estádio Luiz Jorge Hirsch, na Argentina.
Árbitro: Roberto Barreiro (Argentina)
Estudiantes: Flores; Pagnanini, Hugo Spadaro, Madero, Malbernat; Bilardo (Echecopar), Togneri (Medina), Romeo; Conigliaro, Camilo Aguilar, Verón. Técnico: Osvaldo Zubeldía.
Santos: Aguinaldo; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Manoel Maria, Luiz Carlos, Pelé e Edu (Abel). Técnico: Antoninho.
09/12/1969 – Santos 0 x 2 Racing
Gols: Adorno aos 11min e Cárdenas aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Arthur Coelho Filho (Brasil)
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Lima (Nenê) e Clodoaldo; Edu, Luiz Carlos, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho.
Racing: Cejas; Paolino, Perfumo, Basile, Chabay; Rulli, Aguirre, Cominelli; Adorno, Machado da Silva, Cárdenas. Tecnico: Juan José Pizzuti.
11/12/1969 – Santos 2 x 0 Peñarol
Gols: Pelé aos 20min e Manoel Maria aos 44min do segundo tempo.
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo.
Árbitro: Ángel Pazos (Uruguai)
Público: 4.000 pagantes aproximadamente
Santos: Jair; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Nenê e Clodoaldo; Manoel Maria, Luiz Carlos, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho.
Peñarol: Mazurkiewicz; Forlán, Figueroa, Matosas, Caetano; Rocha, Gonçalves (Viera); Acuña, Spencer (Joya), E. Onega, Losada. Técnico: Oswaldo Brandão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *